Clarão foi causado por meteoro, diz associação

A rocha explodiu sobre o Oceano Atlântico, a 83 km da praia de Guarajuba e estava a uma altitude de 29 km


Tribuna da Bahia, Salvador
21/02/2018 08:57 | Atualizado há 46 minutos

   
Foto: Divulgação

Na noite de ontem (20) as redes sociais ficaram movimentadas por causa de um suposto clarão visto no céu de Salvador e Região Metropolitana (RMS). Segundo a Rede Brasileira de Monitoramento de Meteoros (Bramon), o clarão foi causado por um meteoro. 

"Esses meteoros são rochas que estão vagando pelo espaço, e às vezes cruzam o caminho da Terra e acabam queimando na atmosfera. Quando isso acontece, a rocha espacial produz um brilho intenso e então chamamos de “meteoro”, quando a rocha ainda não entrou na Terra o nome dado é meteoroide", explica. 

O grupo afirma ainda que o meteoro foi visto em Salvador e Sergipe. A rocha explodiu sobre o Oceano Atlântico, a 83km da praia de Guarajuba e estava a uma altitude de 29 km. Com informações do Metro 1.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas