Garantidos recursos da 2ª etapa do BRT

Licitação será concluída este mês e obras começam em setembro


Tribuna da Bahia, Salvador
01/08/2017 06:44 | Atualizado há 18 dias, 10 horas e 21 minutos

   

O sistema de ônibus na modalidade BRT (Bus Rapid Transit) deverá estar concluído ao final de 2019, integrando a região do Iguatemi à Estação da Lapa por meio de veículos articulados e bi-articulados e corredores exclusivos. Isso se for cumprido o cronograma de 28 meses a partir do início das obras, que deverão começar no início do próximo mês.

O anúncio foi feito ontem pelo prefeito ACM Neto, durante solenidade de assinatura da liberação de recursos para a segunda etapa da obra, no valor de R$ 300 milhões, e cujo processo de licitação deverá estar sendo concluído até o final do ano. A liberação dos recursos foi assinada pelo prefeito, juntamente com os ministros das Cidades, Bruno Araújo, e da Secretaria da Presidência da República, Antonio Imbassahy, no Sheraton Hotel da Bahia.

Antes mesmo do início das obras da primeira etapa de uma das principais intervenções na área de mobilidade da história de Salvador, o BRT  já tem recursos garantidos para a realização da segunda etapa – estimada em R$412 milhões. Do total, R$300 milhões são oriundos do Orçamento Geral da União (OGU), repassados pelo Ministério das Cidades, e os outros R$112 milhões do Programa de Financiamento das Contrapartidas do Programa de Aceleração do Crescimento (CPAC), via Caixa Econômica Federal. A medida vai possibilitar a construção do trecho entre a Lapa e o Parque da Cidade (Itaigara).

Leia mais na edição impressa do jornal ou no Tribuna Virtual.

Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas