Divisão dos dividendos do FGTS beneficiará 88 milhões de trabalhadores

Segundo a Caixa, a liberação dos valores ocorrerá até o dia 31 de agosto


Tribuna da Bahia, Salvador
10/08/2017 16:07 | Atualizado há 11 dias, 16 horas e 40 minutos

   

O presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, afirmou nesta quinta-feira, 10, que a distribuição dos dividendos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) injetará R$ 7,280 bilhões na economia. A liberação dos valores ocorrerá até o dia 31 de agosto. 

"A medida é inédita nesses 50 anos do Fundo de Garantia e uma grande vitória dos trabalhadores. São 88 milhões de trabalhadores que serão beneficiados", afirmou, durante o anúncio, no Palácio do Planalto.

O índice de rentabilidade das 245,7 milhões de contas do FGTS contempladas chegará a 7,14% ao ano e a liberação para os trabalhadores equivale à metade do lucro de R$ 14,55 bilhões do fundo no ano passado. 

Os repasses serão proporcionais aos valores de cada conta, e o montante médio dos depósitos será de R$ 29,62. "São medidas como essa que fortalecem e trazem benefícios a toda a sociedade", completou Occhi. 

Segundo ele, a medida não onera os empregadores. Occhi lembrou ainda que os saques das contas inativas do FGTS superaram R$ 44 bilhões.


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas