Aliados fazem coro por Wagner na articulação política

Segundo um deputado da base, "é unânime o desejo para que Wagner assuma essa linha de frente"


Tribuna da Bahia, Salvador
12/08/2017 07:25 | Atualizado há 11 dias, 7 horas e 35 minutos

   

O movimento ‘volta Wagner’ tem ainda outro pano de fundo: o clamor de boa parte de petistas e aliados para que o ex-governador assuma oficialmente a articulação política de Rui Costa. “O traquejo político e as habilidades de negociar que Jaques Wagner tem são incomparáveis com qualquer outro político baiano da atualidade. Entendemos que o jogo já começou. ACM Neto já se movimenta com suas lideranças no interior, e a gente precisa botar o time na rua também. É unânime dentro da base hoje o desejo para que Wagner assuma essa linha de frente. Isso tem que ser logo. A eleição já está na porta”, confidenciou à Tribuna um deputado da base do governo.

Exatamente por causa dessa liderança que é atribuída a Jaques Wagner já surge a incerteza sobre ele ser candidato a senador ou a deputado federal. Aliados começam a ponderar que o secretário seria um ‘puxador de votos’ nas eleições parlamentares de 2018, elegendo ‘pelo menos mais dois deputados’, além de si próprio. 


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas