Centrão deve votar contra reformas no Congresso

O Palácio do Planalto deve retaliar Celso Pansera (RJ), Laura Carneiro (RJ), Veneziano do Rêgo (PB) e Vitor Valim (CE)


Tribuna da Bahia, Salvador
12/08/2017 07:43 | Atualizado há 7 dias, 9 horas e 25 minutos

   

Parlamentares que se mantiveram fiéis ao presidente cobram do Planalto punição a deputados da base aliada que votaram contra Temer. Integrantes do centrão ameaçam, inclusive, votar contra a reforma da Previdência, caso não haja retaliação. Com a pressão de partidos, segundo o jornal Folha de S. Paulo, Michel Temer fará a partir da próxima semana trocas em cargos ocupados por apadrinhados de deputados do PMDB que votaram a favor do prosseguimento da denúncia contra ele. O Palácio do Planalto deve retaliar Celso Pansera (RJ), Laura Carneiro (RJ), Veneziano do Rêgo (PB) e Vitor Valim (CE). De acordo com a publicação, os cargos serão distribuídos regionalmente: parlamentares do centrão que votaram a favor do presidente e foram eleitos nos mesmos estados dos infiéis.


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas