Coluna Boa Terra (Por Valdemir Santana) - Edição do dia 11/9

Verão de luxo na Bahia tem curadoria de mansão e o Real de gringo


Tribuna da Bahia, Salvador
11/09/2017 12:30 | Atualizado há 14 dias, 12 horas e 15 minutos

   
Foto: Reprodução

O turismo de luxo no Sul da Bahia quebrou os limites de preços para as hospedagens que recebem estrelas do Jet set internacional, e agora também derruba o conceito de se fazer uma viagem apenas com guias de hotéis. Não basta ter uma lista de pousadas cheia de charme e ou de resorts esbanjando conforto. A novidade é a curadoria de endereços chiques oferecido pela empresária Julia Lemos.

A novidade lançada por Julia Lemos é a empresa “Uma Stays” que atua exclusivamente em Trancoso, São Paulo e na ”Fazenda Boa Vista” um condomínio a uma hora de São Paulo. Pertence à holding “JHSF”, comandada pelo magnata Zeco Auriemo, o dono do ”Shopping Bela Vista” em Salvador. Julia Lemos faz a curadoria de hotéis butiques e casas podres de chiques para alugar aos seus clientes.

Na divulgação das opções, a “Uma Stays” cita que uma das casas tem projeto de David Bastos. É o arquiteto baiano listado entre os mais exclusivos do país. Outra casa disponível para aluguel em Trancoso é a mansão de Anderson Cooper, jornalista âncora da rede norte-americana “CNN”. Como Boa Terra informou com exclusividade, a casa foi capa da revista “Architectural Digest”.

Um aviso para os marinheiros de primeira viagem é que a tabela de preços usa a sigla “BRL”, ou “Brazilian Real” para falar das diárias com preços que chegam a 25 mil BRL, e reserva mínina de três dias. Para o réveillon uma das mansões custa 200 mil BRL. Quase todos os contratos incluem equipe de serviços, com cozinheiro, camareiro e segurança.

Na contramão da era Trump, arte baiana invade a Califórnia

A arte latino americana nunca esbanjou tanto prestigio nos Estados Unidos, como neste mês de setembro em que setenta galerias do poderoso e rico estado da Califórnia exibem seus trabalhos em museus galerias e outras instituições. Os baianos Caetano Dias, Ayrson Heráclito estão entre os artistas da exposição "Axé Bahia: O Poder da Arte na Metrópoles Afro-Brasileira" que abre ao público dia 24 no “Fowler Museum” de Los Angeles.

Não é uma simples exposição de arte baiana em pleno período do Go Home Latinos da era Donald Trump, o presidente dos Estados Unidos. É uma gigante mostra com mais de cem trabalhos que celebra principalmente o precioso e internacional acervo deixado por semideuses da cultura baiana, já falecidos, como o espetacular fotografo baiano Mario Cravo Neto; o francês Pierre Verger, e o também baiano Rubem Valentin.

O “Fowler Museum” que pertence à prestigiada Universidade da Califórnia, é um instigante centro de vanguarda internacional que mostra ao mundo preciosidades das Américas e do povo africano. Entre os curadores da exposição baiana está o brasileiro Roberto Luís Torres Conduru, diretor do Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Fausto, o sábio que vendeu a alma, com top tenor no “TCA”

Um dos personagens mais instigante da cultura universal, o sábio Fausto, que causou suspense no conservador período romântico europeu ao ser criado há mais de dois séculos pelo escritor alemão Johann Wolfgang von Goethe, chega a Salvador em noite de musica erudita. E apresentado no “Teatro Castro Alves”, dia 14, pelo tenor Paulo Mandarino para abrir a comemoração pelos trinta e cinco anos da “Orquestra Sinfônica da Bahia”. É a versão de Fausto para a Ópera, a partir da sinfonia, considerada genial do húngaro Franz Liszt. O concerto tem regência da "OSBA" pelo maestro Carlos Prazeres, e participação do “Coral Ecumênico da Bahia”, com quarenta vozes.

Bodas de Ouro com requinte da gastronomia veneziana 

A alta gastronomia italiana foi a opção para o economista e ex-prefeito de Salvador Manoel Figueiredo de Castro, e a mulher Neuza Lapa Berenger Castro festejarem o inicio da programação pelas Bodas de Ouro do Casal. Os dois escolheram o singular “Di Liana’’, em Ondina, que tem cardápio inspirado na cozinha dos doges de Veneza, para o almoço comemorando cinqüenta nãos de casados.

Como primeira Ana de salvador, por duas vezes, Neuza Castro comandou a programação de ações sociais, um movimentado bunker de trabalho instalado no Parque da Cidade.  Manoel Castro foi também deputado federal e iniciou a ação profissional na vida publica como presidente da “Bahiatursa".

Banda baiana agita cena indie, a ovelha negra do show business

A cena indie da musica brasileira anda coberta de gloria, desde o ano passado, quando muita coisa mudou para no prestígio da turma rebelde,considerada quase sempre como ovelha negra do show business.  Na esteira da gloria brilha cada vez mais a banda de Salvador “Baiana System”, confirmadíssima para a abertura da quarta edição do “Festival Timbre”, dia seis de outubro, em Uberlândia.

O festival pode ser considerado iradamente indie, mas é a cara da riqueza da poderosa Uberlândia, a cidade mineira que é destaque no trade do agronegócio, e no sistema de distribuição de cargas no país. Sem falar que o festival acontece no “Teatro Municipal Oscar Niemayer, o palácio das artes que teve o projeto criado pelo lendário arquiteto carioca Oscar Niemayer Soares Filho. 


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas