Herzem quer Imbassahy e Zé Ronaldo no PMDB

Prefeito de Conquista também acredita que o deputado Arthur Maia seja uma boa aquisição


Tribuna da Bahia, Salvador
13/09/2017 09:42 | Atualizado há 12 dias, 14 horas e 53 minutos

   
Foto: Divulgação

Da redação

Aproveitando a oportunidade de estar na capital para a homenagem ao ex-prefeito de Vitória da Conquista, Pedral Sampaio, que virou nome de rua por iniciativa do vereador Edvaldo Brito (PTB), o atual prefeito Herzem Gusmão (PMDB) teceu elogios aos irmãos Vieira Lima. "A liderança de Lúcio é fundamental", declarou ao Bahia Notícias, do jornalista Samuel Celestino, ao sair de uma reunião de emergência com membros da executiva estadual peemedebista. O colegiado somente se reunirá em caráter formal na próxima semana, para tratar da crise deflagrada desde a prisão provisória de Geddel e agravada após a descoberta dos R$ 51 milhões.

Na conversa com o presidente em exercício da sigla na Bahia, deputado estadual Pedro Tavares, Gusmão defendeu ainda a entrada de figuras como o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy (PSDB), o deputado federal Arthur Oliveira Maia (PPS) na sigla e o prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM), na sigla. 

Por outro lado, despistou ao ser questionado sobre a necessidade de fortalecer o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, como nova liderança estadual do PMDB. “Sou defensor de ideia. Eu nunca defendi carlista, pedralista (numa referência a Pedral Sampaio), eu estimulo ideia e pensamento. A ideia permanece, os homens passam, os mandatos passam, até as agremiações passam, mas a ideia permanece”, disse.

Leia mais na edição impressa do jornal ou no Tribuna Virtual.


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas