Sono é responsável por 20% dos acidentes de trânsito fatais

De acordo com a Abramet-BA, os motoristas que dormem cerca de cinco horas por noite aumentam em até 4,5x o risco de praticar violência no trânsito


Tribuna da Bahia, Salvador
13/09/2017 10:48 | Atualizado há 9 dias, 13 horas e 58 minutos

   
Foto: Divulgação

Por Rayllanna Lima

O sono é responsável por cerca de 20% dos acidentes de transito fatais, de acordo com levantamento feito pela Academia Brasileira de Neurologia (ABN), que recentemente lançou, junto Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), a campanha “Não dê carona ao sono!”. Para debater o assunto e chamar a atenção da sociedade, será realizado o XII Congresso Brasileiro de Medicina de Tráfego, de 14 a 17 deste mês, no Complexo da Costa do Sauípe.

De acordo com o presidente da Abramet-BA, Antonio Meira, os motoristas que dormem cerca de cinco horas por noite aumentam em até 4,5x o risco de praticar violência no trânsito. “A principal causa é justamente a privação do sono. A gente também destaca que existem muitos distúrbios do sono, que é quando a pessoa dorme bem, mas continua com sono e se sentindo cansado durante o dia. Um dos principais é a síndrome da apneia do sono, que apresenta até 7x mais chances de provocar acidente. A orientação é sempre procurar um médico”, pontua.

Para dirigir bem e manter-se atento, o médico recomenda que medicamentos que contribuem para a sonolência, como antialérgicos e medicamentos controlados, sejam evitados. Também é recomendado evitar dirigir sozinho e por um longo período sem descansar. No caso de uma viagem de 6 horas, por exemplo, a indicação é parar para a cada duas horas.

Leia mais na edição impressa do jornal ou no Tribuna Virtual.


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas