Vândalos depredam as bicicletas do Bike Salvador

No mês de agosto, pelo menos duas estações tiveram bicicletas roubadas


Tribuna da Bahia, Salvador
13/09/2017 10:53 | Atualizado há 9 dias, 13 horas e 54 minutos

   
Foto: Romildo de Jesus/Trbn

Por Adriana Planzo

Bases pichadas, danificadas, letreiros rasgados e pouquíssimas bicicletas, quando encontradas. Esse é o cenário das estações do projeto, implantado pela Prefeitura Municipal, Bike Salvador. De acordo com o comerciante, Rafael, as ações dos vândalos podem ser vistas a qualquer hora do dia ou da noite, na estação 01, por exemplo, que fica no Campo Grande. “Eles agem descaradamente. Não podem ver uma bicicleta que, quando não furta, arranca as peças. São bancos, rodas, quadros... eles tiram tudo”, conta o comerciante indignado.

No mês de agosto, pelo menos duas estações tiveram bicicletas roubadas, uma delas foi a estação do Bonfim, na Cidade Baixa. Na estação 06, que fica próximo ao Shopping Barra, o local com vaga para 12 bicicletas, tinha apenas uma, na manhã de ontem (12). “As pessoas querem, mas quando têm não mantém”, pontua o porteiro, Lourival Gomes.

De acordo com a Empresa Salvador Turismo (Saltur), responsável por gerenciar as estações, atualmente apenas uma estação não está funcionando por conta de vandalismo, a Estação 38 (Tainheiro). Porém as rondas diárias feitas pela empresa que gerencia o projeto detectam ainda um alto índice de vandalismo, com altos números diários de bicicletas danificadas que precisam passar por concertos ou serem trocadas. 

Leia mais na edição impressa do jornal ou no Tribunal Virtual

Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas