Em dia de recorde, TJ-BA baixa 34,8 mil processos e profere 19,9 mil sentenças

Os trabalhos de saneamento impulsionados pela ação, visam a aprimorar a prestação jurisdicional, a partir da diminuição do estoque processual


Tribuna da Bahia, Salvador
07/10/2017 07:59 | Atualizado há 12 dias, 9 horas e 14 minutos

   

Da redação 

Com 34.854 baixas processuais e 19.917 sentenças e decisões, o penúltimo dia, anteontem, da Semana Estadual de Sentenças e Baixas Processuais do Tribunal de Justiça da Bahia representa a melhor performance desde que a ação começou na última segunda-feira (2), abrangendo todas as comarcas do estado. Desses números, só a 1ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Porto Seguro foi responsável por 7.877 processos baixados. O desempenho de ontem superou em cerca de 30% a produtividade dos trabalhos desenvolvidos no primeiro dia que, com 42.137 atos, liderava o ranking estatístico. No acumulado da semana, já são 117.203 baixas processuais e 58.535 sentenças/decisões. Ao todo, os atos chegam a 175.738.

Os trabalhos de saneamento impulsionados pela ação do TJBA, que se encerraram ontem (6), visam a aprimorar a prestação jurisdicional, a partir da diminuição do estoque processual e da redução da taxa de congestionamento. 

Comoção

A mobilização tem momentos de alegria em diversas unidades, como na 6ª Vara de Família que, ontem, conseguiu finalizar um processo de inventário iniciado em 1996. De acordo com a juíza Bárbara Bastos, titular da unidade e que proferiu a sentença, os autos já contavam com mais de dez volumes. "É o sentimento de dever cumprido, pois além de efetivar a prestação jurisdicional, conseguiu solucionar um conflito familiar de longa data", disse a juíza. Houve grande comoção entre as partes e os advogados. 


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas