Bahia fecha com lateral-direito Nino Paraíba

O jogador, que passou pelo Vitória e tinha acertado ida para o Jequié deve mesmo vestir a camisa do Bahia em 2018


Tribuna da Bahia, Salvador
04/12/2017 13:19 | Atualizado há 13 dias, 3 horas e 14 minutos

   
Foto: Divulgação/Ascom/Ponte Preta

O primeiro contratado pelo Bahia para 2018 deve ser mesmo o lateral-direito Nino Paraíba, rebaixado com a Ponte Preta à Série B e que tinha um acordo verbal com o Jequié. O contrato do jogador vai até o final desse mês e o anúncio só deve acontecer após as eleições onde Guilherme Bellintani, que chega como franco favorito.

Até o dia 9 de dezembro, datas das eleições do Bahia, não deve haver qualquer desfecho sobre transferências de jogadores do clube. Em recente entrevista, o presidente Marcelo Sant’Anna descartou qualquer venda até o término do seu mandato e afirmou que esse assunto será tratado pela nova diretoria que assumir o clube.

O jogo de ontem contra o São Paulo pode marcar a despedida de alguns atletas (titulares e suplentes) com situações indefinidas para 2018. Dos 11 que entram em campo no Morumbi, cinco têm contrato encerrando no dia 31 de dezembro. O zagueiro Thiago Martins, os volantes Renê Júnior e Edson, os meias Régis e Allione e o atacante Mendoza, todos emprestados e ainda com permanência incerta. Renê é o caso mais complicado, já que está em negociações avançadas com o Corinthians.

Outros dois relacionados para o duelo que podem dar adeus neste domingo é o volante Matheus Sales, do Palmeiras, e o meia Gustavo Ferrareis, do Internacional. Ambos não devem ficar. Também com situação indefinida estão os laterais Eduardo, Wellington Silva e Matheus Reis. O volante Yuri, que pertence ao Bahia, será emprestado ao CSA em 2018. Com vínculo com o tricolor, porém cobiçados, estão o goleiro Jean (próximo de acerto com o São Paulo) e o meia Zé Rafael (na mira do Corinthians).


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas