Neto admite conversa para fusão do DEM e PSB

Prefeito de Salvador diz que estão conversando com parlamentares, deputados, senadores e lideranças de diversos estados sobre a possibilidade de ampliar os quadros do DEM


Tribuna da Bahia, Salvador
17/07/2017 06:30 | Atualizado há 8 dias, 18 horas e 1 minuto

   

Por Henrique Brinco

Com a possibilidade cada vez mais iminente de aprovação da Reforma Política no Congresso Nacional, restringindo as possibilidades de coligações, os partidos já começam a se articular no sentido de agregar legendas. Na semana passada, circulou a informação de que o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e o prefeito ACM Neto (DEM), queriam criar um novo partido, mais robusto, para as eleições de 2018. A estratégia seria unir o DEM a partidos menores e abrir, assim, uma janela partidária para que os parlamentares pudessem deixar as legendas originais sem risco de problemas com a Justiça Eleitoral. Parlamentares ouvidos pela Tribuna confirmam que as conversas já existem e estão bem avançadas. O PSB é uma das legendas com maior número de nomes envolvidos nas negociações - incluindo o líder na Câmara, Tereza Cristina, e o ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Coelho Filho. Na sexta, a coluna Raio Laser noticiou que o PSD também estaria envolvido em conversas para a criação de uma nova janela partidária.

Leia mais na edição impressa do jornal ou no Tribuna Virtual.


Compartilhe       

 


TRIBUNA VIRTUAL



 

Notícias Relacionadas