Identificado bando envolvido em ação no Rio Vermelho

Os bandidos invadiram um condomínio de luxo, no bairro do Rio Vermelho, onde um traficante foi preso, dois feridos, e outro não resistiu e morreu no local


Tribuna da Bahia, Salvador
08/03/2018 12:50 | Atualizado há 16 dias, 1 hora e 0 minutos

   
Foto: Divulgação

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já identificou os envolvidos na ação, ocorrida na tarde de quarta-feira (6), num condomínio de luxo, no bairro do Rio Vermelho, onde um traficante foi preso e dois feridos.

Luis Cláudio dos Santos Oliveira, de 20 anos, foi autuado por receptação, dano ao patrimônio e posse de droga. Ele estava no veículo Onix, de cor prata, placa clonada OZU-3167, com restrição de roubo. O carro foi roubado em março do ano passado, na localidade do Buracão, no Nordeste de Amaralina e a placa original é PJN 1885. Um comparsa, identificado como Will, está foragido.

Edvaldo Ferreira de Cerqueira, 21 anos, atingido no ombro, foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE), onde permanece internado. Ele já tem passagem por tráfico e homicídio. Paulo César Santos da Silva, 19, que também estava no veículo e tem passagem por roubo, não resistiu aos ferimentos e morreu.

O autor dos disparos, um policial militar, lotado na 40ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), se apresentou no DHPP acompanhado do advogado. Ele informou que o quarteto estava armado e tentou roubar a sua motocicleta. Após a conclusão do inquérito, o DHPP enviará cópias do procedimento para a Corregedoria da Polícia Militar. O soldado foi ouvido e liberado.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas