Ministro de Temer quer inaugurar obras do Metrô em Salvador

O transporte metroviário da capital baiana é alvo de disputa entre os aliados do governador Rui Costa e os do prefeito de Salvador, ACM Neto


Tribuna da Bahia, Salvador
10/03/2018 08:21 | Atualizado há 14 dias, 5 horas e 30 minutos

   
Foto: Divulgação

Por Rodrigo Daniel Silva

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, esteve, ontem, em Salvador, e disse que quer participar das inaugurações das próximas estações do Metrô. O transporte metroviário da capital baiana é alvo de disputa entre os aliados do governador Rui Costa (PT) e os do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). O democrata e o petista devem disputar o pleito deste ano e brigar pela “paternidade” do sistema. “É bom deixar registrado que o governo federal, no ano de 2017, investiu 82% do orçamento da nossa área de mobilidade na construção do metro da capital da Bahia. De todo o investimento que nós tínhamos para realizar no país, foram 82% aqui em Salvador. São mais R$350 milhões investidos no ano passado [na obra], que nós com certeza deveremos participar [da inauguração] para, inclusive, parabenizar o cidadão de Salvador, que contará com um dos mais qualificados equipamentos de meio de transporte”, afirmou, em entrevista coletiva, na cerimônia de entrega de imóveis do Minha Casa, Minha Vida no Jardim das Margaridas ao lado do prefeito ACM Neto. 

O ministro negou que sua eventual presença na inauguração seja para “marcar posição” do governo do presidente Michel Temer (MDB). “Isso não é marcar posição. Isso é valorizar uma obra, um investimento público federal para que nós tenhamos aqui esse exemplo de que foi investimento para melhoria do transporte público municipal”, pontuou. De acordo com a CCR Metrô, concessionária responsável pela construção e operação do sistema metroviário, a Estação Aeroporto do metrô, que faz parte da linha 2, deve ser inaugurada na primeira quinzena de março. As obras estão sendo finalizadas e, ainda de acordo com a CCR, a inauguração depende também da agenda do governador Rui Costa. 

Ainda na entrevista à imprensa, o ministro Alexandre Baldy, que deve se filiar ao PP nos próximos dias, se esquivou quando indagado se o seu partido pode apoiar a eventual candidatura de ACM Neto de ao governo. “Eu ainda estou sem partido. Tenho participado das atividades do Ministério das Cidades. Não tenho acompanhado os eventos políticos, as articulações políticas, em qualquer estado do país. Estou, absolutamente, focado na construção das obras [do governo]”, despistou. Também evitou comentar a possibilidade de apoiar a eventual candidatura à reeleição do presidente Michel Temer.  

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas