Planalto quer reduzir gastos com ex-presidente Lula

Como ex-presidente, o petista tem à disposição oito servidores que custam R$ 1,1 milhão por ano – só com salários


Tribuna da Bahia, Salvador
13/05/2018 11:44 | Atualizado há 13 dias, 14 horas e 25 minutos

   
Foto: Reprodução

Alternativas para reduzir gastos com Lula (PT) têm sido analisadas pelo Planalto, de acordo com a Coluna do Estadão. Como ex-presidente, o petista tem à disposição oito servidores que custam R$ 1,1 milhão por ano – só com salários.

Segundo a publicação, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Joaquim de Lima, tem duas opções: deixar quatro funcionários ou somente dois para atender o petista. Hoje, a Presidência tem 40 assessores de José Sarney, Fernando Collor de Mello, Fernando Henrique Cardoso e Dilma Rousseff.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas