Prazo do Pestana apresentar seu projeto está terminando

A Secult está em contato com os empresários do grupo e mantém a expectativa de que as obras se iniciem ainda no primeiro semestre deste ano


Tribuna da Bahia, Salvador
28/02/2020 10:52 | Atualizado há 7 horas e 24 minutos

   
Foto: Divulgação

Por: Licio Ferreira


A Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) confirma que o projeto executivo para reforma e reabertura do Hotel Pestana Rio Vermelho ainda não foi oficialmente apresentado e esclarece que o prazo previsto pelo Grupo Pestana é até o final deste mês de fevereiro. A Secult está em contato com os empresários do grupo e mantém a expectativa de que as obras se iniciem ainda no primeiro semestre deste ano.

A nota enviada a Tribuna da Bahia foi secretário municipal Claudio Tinoco após ser questionado sobre o posicionamento do grupo português, que esteve por aqui, em novembro passado, acertando detalhes da reabertura do equipamento fechado desde o Carnaval de 2017.

Do encontro, realizado no Palácio Thomé de Souza, participaram o presidente do grupo Gustavo Jarussi e o diretor José Macedo que apresentaram ao prefeito ACM Neto, que estava ao lado do secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco, e dos arquitetos Francisco Mota e André Sá, o projeto de reabertura e ampliação do hotel.

“Esse projeto vai envolver, além da manutenção do centro de convenções do Pestana, a implantação de empreendimento residencial e comercial”, anunciaram os gestores do grupo privado.

PROCESSO

Na oportunidade, o prefeito ACM Neto declarou: "Até fevereiro, os detalhes do projeto serão apresentados. E a Prefeitura vai atuar, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), para acelerar todo o processo de liberação de licenças e alvarás, já que trata-se de um investimento importantíssimo para movimentar a economia e o turismo na cidade".

Em seguida informou : "Eles [diretores do Hotel Pestana] também vão se enquadrar no programa de incentivo fiscais que a prefeitura lançou há pouco tempo. Vão gozar de 40% de desconto no pagamento do IPTU daquele terreno, que é um item importante para o fechamento da conta".

CONFIANTE

Na época, o presidente do grupo Gustavo Jarussi se justificou: "Decidimos reabrir o hotel porque confiamos nesse trabalho de recuperação da cidade e dos estímulos dados à economia e ao turismo por essa gestão municipal. Além disso, o novo Centro de Convenções de Salvador vai ajudar a impulsionar o turismo e isso também foi um fator primordial para nós".

Em seguida reforçou: "Em termos de negócios, o hotel gera pelo menos 100 empregos diretos, cada emprego de turismo gera outros 800, então estamos falando de 900 empregos e cada família composta por quatro pessoas, nós estamos falando de 400 núcleos familiares", explicou o diretor-presidente do grupo Pestana Brasil, Gustavo Jarussi.

Para o secretário municipal de Cultura e Turismo Cláudio Tinoco, o anúncio da reabertura do Pestana vai alavancar o turismo na cidade, gerando emprego e renda. Na oportunidade declarou: "Este anúncio vem coroar o trabalho de requalificação e promoção que a Prefeitura tem executado nos últimos anos, além de projetar um futuro ainda mais promissor para o turismo de Salvador".

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas