Após participar de ato no domingo, ministro da Defesa se reúne com Moraes, do STF

Encontro aconteceu na casa do ministro do STF, em São Paulo

Tribuna da Bahia, Salvador
02/06/2020 13:38 | Atualizado há 7 horas e 33 minutos

   
Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, se reuniu nesta segunda-feira (1º), em São Paulo, com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, relator dos inquéritos que apuram a produção de fake news e o financiamento de manifestações antidemocráticas.

O blog da Andréia Sadi, confirmou o encontro com fontes do Ministério da Defesa, segundo as quais Azevedo e Moraes trataram de “assuntos diversos sobre o país”. A reunião entre os dois se deu no final da tarde de segunda, na casa do ministro do STF, na zona sul da capital paulista.

O encontro ocorreu após o ministro da Defesa sobrevoar, com o presidente Jair Bolsonaro, o protesto antidemocrático no domingo (31).

Para fontes do STF, ouvidas pelo blog, os últimos atos do ministro da Defesa, chefe das Forças Armadas, preocupam. Há duas semanas, ele chancelou a nota de Augusto Heleno falando em consequências imprevisíveis se o celular do presidente fosse apreendido por uma decisão do STF.

Depois, houve a participação no protesto de domingo. De acordo com pessoas próximas ao ministro da Defesa, Azevedo fez o sobrevoo das manifestações com Bolsonaro porque se tratava de uma atividade de segurança, e não qualquer ato político.

Para fontes do STF e do Congresso, a participação do ministro da Defesa no ato, além da nota, passam sinais de que as Forças Armadas apoiariam as manifestações e também de endosso aos ataques a ministros do STF, como Alexandre de Moraes -- o que a pasta nega.

Por isso, foi bem-visto o gesto de ontem, de aproximação entre o ministro da Defesa e o ministro do STF.


Por Andréia Sadi e Julia Duailibi

Compartilhe       

 




Notícias Relacionadas

POLÍTICA | 02/06/2020 13:31 - Há 7 horas e 40 minutos
ACM Neto assina expulsão de Sara Winter do Democratas
Aliada e ativista de Bolsonaro era filiada ao Democratas e disputou cargo público pela sigla nas últimas eleições

POLÍTICA | 02/06/2020 13:30 - Há 7 horas e 41 minutos
Ministro pede à PF investigação sobre vazamento de supostos dados de Bolsonaro e filhos
Grupo de hackers vazou também dados de ministros e aliados do presidente. Postagem, feita em uma rede social, foi retirada do ar, e conta do grupo foi banida pela plataforma

POLÍTICA | 02/06/2020 11:36 - Há 9 horas e 35 minutos
Celso de Mello arquiva pedido para apreender celular de Bolsonaro
O procurador-geral da República, Augusto Aras, já havia se manifestado no STF contra a apreensão dos aparelhos

POLÍTICA | 02/06/2020 11:25 - Há 9 horas e 45 minutos
Grupo de hackers vaza em rede social supostos dados pessoais de Bolsonaro, filhos e ministros
Rede social apagou as postagens pouco depois da publicação. Vazamento é ilegal; procurado, Palácio do Planalto ainda não comentou o caso


POLÍTICA | 02/06/2020 09:30 - Há 11 horas e 41 minutos
ACM Neto critica Bolsonaro: "Desrespeito aos milhares de mortos"
ACM Neto repudiou ontem manifestações antidemocráticas que voltaram a acontecer no final de semana

POLÍTICA | 02/06/2020 09:25 - Há 11 horas e 46 minutos
Aras concorda em prorrogar inquérito sobre Bolsonaro na PF
Polícia Federal quer prorrogar inquérito, e STF pediu manifestação da PGR sobre o tema. Inquérito foi aberto em abril e apura se presidente interferiu na instituição; Bolsonaro nega

POLÍTICA | 02/06/2020 09:20 - Há 11 horas e 51 minutos
Maia diz não ver risco de ruptura institucional no Brasil
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou ontem que não vê risco de uma ruptura institucional no Brasil

POLÍTICA | 02/06/2020 06:30 - Há 14 horas e 41 minutos
Polícia Civil investiga fraude na venda de respiradores para o Consórcio Nordeste
A Polícia Civil da Bahia deflagrou ontem a Operação Ragnarok nas primeiras horas do dia

POLÍTICA | 02/06/2020 06:30 - Há 14 horas e 41 minutos
Auxiliares de Bolsonaro propõem pedir suspeição de Celso de Mello
Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), comparou o Brasil à Alemanha de Adolf Hitler

Mais sobre