Coluna Boa Terra (Por Valdemir Santana) - Edição do dia 21/9

Metaleiros, de joelhos! O endosser de bateria Amilcar Christófaro toca em Salvador


Tribuna da Bahia, Salvador
21/09/2019 12:00 | Atualizado há 1 dia, 10 horas e 14 minutos

   
Foto: Reprodução

Uma das lendas vivas do rock pesado brasileiro, o baterista paulistano Amilcar Christófaro (foto) tem agenda em Salvador para 12 de outubro, na primeira edição do “Rock Impact Festival”. E deve deixar em êxtase a pulsante e singular cena heavy metal que incendeia a região underground da cidade. Não é exagero, o musico que faz parte da prestigiada banda “Torture Squad”, convidada do evento, é mais do que o melhor baterista do Brasil.

Ou seja, Amilcar Christófaro é Endosser de bateria. É o tipo de especialista com desempenho tão excepcional na execução do instrumento que passa a ser contratado pelas poderosas multinacionais fabricantes para dar o aval. E uma vez avaliado, recebe o chamado endorsement tipo um patrocínio especial.

Mas quanto ao surpreendente “Rock Impact Festival” vale dizer que esbanja estilo. Acontece distante dos apertados porões do underground e ocupa a reluzente “Villa Eco Ato do Andu”, na Avenida Paralela, um dos espaços mais amplos e mais disputados para a agenda do poderoso mainstream musical da Bahia.

CEO da “Lacoste”, Rachel Maia esbanja estilo e usa duas blusas na mesma festa 

Quem esbanjou estilo e sutileza na concorrida festa de inauguração da nova loja da grife francesa “Lacoste” em Salvador, anteontem, foi a poderosa Rachel Maia. A contabilista paulistana que virou sensação do world business no país, levou a serio a elegância da noite e, no meio da festa, trocou de roupa, sem alarde. Isto é, vestiu uma blusa volumosas, de mangas cumpridas, para começar a receber os convidados ao lado do casal de representantes local, Katia e Tony Tawil e de repente, lá estava ela com uma icônica pólo da marca. 

Vestiu o modelo clássico, daqueles que encantam o Jet set internacional, depois de celebrizada pelos esportistas europeus. A noite teve pocket show de Amanda Maria e line up da baiana Ana Clara Cady, conhecida internacionalmente como a DJ Miss Cady.Vale elogios para o competente material distribuído pela agencia de divulgação “MktMix”, de São Paulo que sempre faz a diferença em cobertura de eventos de alto nível.

Os ídolos da latino-América se abraçam em Buenos Aires 

Dois ícones do poderoso show business da América católica tiveram encontro afetuoso e elegante anteontem em Buenos Aires. O baiano Caetano Veloso que faz apresentação  esta semana em cidades argentinas, se emocionou e distribuiu elogios para o jantar ao lado do argentino Charly Garcia, considerado um dos maiores astros internacionais do rock.

Caetano está na cidade para nova apresentações da turnê “Ofertório”, no fabuloso, “Grand Rex”, ao lado dos filhos Moreno, Zeca e Tom Veloso. Se algum brasileiro não achar muito conhecido o nome de Charly Garcia, é bom saber que um dos fãs dele é o inglês Mick Jagger. Além disso, é conhecido como o Mozart Argentino. É campeão de vendas não apenas na país onde nasceu, mas também no México, Colômbia e arredores. E tem mais, no primeiro semestre de 2020 estréia em São Paulo um musical sobre a vida de Charly, que muitos chamam de louco.

Caco Marinho leva conceito baiano ao gigante festival “Mesa São Paulo” 

Os dias que abalam o mundo sugerindo novas posturas na produção e no consumo pegam em cheio setores como a moda e a gastronomia. E é uma pauta e tanto para Bahia levar para o maior congresso de gastronomia da América Latina. O “Mesa São Paulo” acontece de 24 a 27 de outubro, no “Memorial da América Latina” e tem como tema a “Cozinha de Transição”.

Quem leva o conceito da Bahia para a programação é o chef vanguardista Caco Marinho, criador do “Instituto Ori”. Segundo o site do congresso, a instituição busca formas de garantir o alimento de qualidade para todos. Caco é paulistano. “Mas se considera um baiano por opção”, indica a publicação. Desde a década passada é o dono do  restaurante “DOQ American BBQ”, em Salvador. A casa se destaca pelo preparo na brasa ou no forno a lenha, além da charcutaria, que é a arte francesa de fazer lingüiças, e dos defumados.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas