Raio Laser

Por Equipe de Política


Tribuna da Bahia, Salvador
21/09/2021 21:40

   

“Não entendemos por que muitos países, juntamente com grande parte da mídia, se colocaram contra o tratamento inicial. A história e a ciência saberão responsabilizar a todos”

Bolsonaro, ao defender o tratamento precoce contra a Covid-19, na ONU

Controle (Bruno Reis)

Sempre atento aos números relativos à Covid-19 em Salvador, o prefeito Bruno Reis declarou que fez questão de esclarecer ontem que, até o momento, a variante Delta não tem tido impacto no sistema de saúde de Salvador. “Estamos caminhando para o final de setembro. A vacinação está muito avançada em Salvador. A variante Delta trouxe maiores consequências em países onde uma boa quantidade da população ainda não havia tomado a primeira dose”, defendeu. Segundo ele, 96% dos soteropolitanos já tomaram a 1ª dose do imunizante contra a doença. A capital baiana já alcançou a marca de 55% de segundas doses aplicadas, graças ao esforço liderado pessoalmente pelo prefeito contra a pandemia.

Pitbull (Otto Alencar)

Depois de ter reagido ontem com firmeza aos ataques do ministro Controlador Geral da União (CGU), Wagner Rosário, à sua colega Simone Tebet (MDB-MS), o senador baiano Otto Alencar (PSD) ganhou o apelido de pitbull, dado pelos colegas. Enquanto os demais tentam contemporizar, Otto avança logo na jugular para não deixar a presa fazer qualquer estrago, diziam ontem no Senado depois do encerramento da sessão.

Apoio (Capitão Alden)

Depois de fazer um recuo inexplicável com relação à punição do deputado estadual Capitão Alden (PSL), a oposição apoiou ontem a aprovação, em plenário, da punição do parlamentar bolsonarista, que acusou a bancada oposicionista de receber dinheiro da Prefeitura para atuar na Assembleia Legislativa, especialmente depois que governistas a acusaram de ter feito um pacto para proteger o colega.

Município

Deputados de oposição estão investigando o interesse de uma alta autoridade pública baiana num empreendimento privado em um conhecido município baiano. Têm partido de alguns gabinetes oposicionistas na Assembleia informações de que ela estaria utilizando a estrutura do governo para tentar ajudar, a qualquer custo, um amigo empresário.

Previsões

Advogados que acompanham o desenrolar da disputa pela sucessão de Fabrício Castro na Ordem dos Advogados do Brasil - Seção Bahia acham que a campanha ficará ainda mais pesada à medida que se aproximar a data das eleições, em novembro. Alegam, inclusive, que pelo nível de cada apoiador que as duas principais candidatos têm arregimentado é possível prever o que vai acontecer.

Estratégia (Jaques Wagner)

Pressionado por deputados da base governista a montar uma agenda própria para visitar o interior e avançar com a campanha ao governo, o senador Jaques Wagner (PT) tem sinalizado a apoiadores que fará tudo no tempo certo e sem açodamento. Por enquanto, tem priorizado atividades com o governador Rui Costa (PT) porque sabe que a estratégia dá resultado eleitoral.

Confortáveis (Ricardo Lewandowski)

A sentença do ministro do STF Ricardo Lewandowski dizendo que caberá a Estados e municípios decidir sobre a vacinação dos adolescentes deixou governadores e prefeitos, especialmente aqueles que cuidam desde o princípio de suas regiões para evitar o caos causado por uma doença devastadora, mais aliviados, depois que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, adotou uma outra postura sobre a imunização desse público.

Cegueira

"A paixão cega", é um velho ditado muito utilizado na política. E ontem, na sessão da CPI da Covid, o relator Renan Calheiros foi mais um a incorrer nesta prática nefasta. Primeiro, valeu-se do palanque da CPI para fazer um "contra-ponto" ao pronunciamento do Presidente Bolsonaro na ONU. Em suma, declarou: "Mentiu o tempo todo". E tentando provar o que disse, contestou o número de brasileiros que foram às ruas no último dia 7, citados pelo Presidente: "Não foram milhões, mas uns 30 mil". Aí, fica a critério do leitor conceituar a fala do Renan.

Inscrições

Estão abertas as inscrições gratuitas para o Pedal Solidário da Mobilidade. Promovido pela Prefeitura, por meio do Movimento Salvador Vai de Bike, o evento acontece no próximo domingo, com concentração às 7h, na sede da Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), nos Barris. O passeio marca o encerramento das atividades da Semana Nacional do Trânsito 2021. Ciclistas de todas as idades vão ter a oportunidade de fazer um percurso de 10km, a partir da sede da Transalvador, nos Barris, com destino ao Farol da Barra e o retorno ao ponto de partida. Por ser um passeio, será adotada uma velocidade baixa, para atender às necessidades dos iniciantes.

Leilão 

Veículos e sucatas apreendidos pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-BA), serão levados a leilões no dia 27 de setembro em Salvador, Feira de Santana, a 100 km da capital, e Jequié, no sudoeste do estado. Cerca de 491 lotes serão colocados à venda de forma virtual, com lances a partir de R$ 900. O leilão será realizado exclusivamente através da internet, sem interferência do leiloeiro no cronômetro de disputa, na abertura e no fechamento dos lotes, que ocorrerão de forma programada e automática, de acordo com o órgão.

Fake news

O governador Rui Costa reafirmou a importância de combater a disseminação de notícias falsas em torno da ideia de que os governos estaduais sejam responsáveis pelo aumento dos preços de combustíveis. “A busca pela verdade e a defesa da estabilidade institucional nos levam a, mais uma vez, lutar contra a prática perigosa de distorcer os fatos. Pedimos, novamente, um esforço conjunto e providências urgentes no combate à prática desonesta da disseminação de Fake News, sejam elas relacionadas aos preços dos combustíveis ou a quaisquer outros assuntos da vida nacional”.

ICMS

Junto com 19 governadores, Rui Costa assinou uma carta que contesta a versão de que os preços dos combustíveis estejam elevados em função do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Os governadores afirmam que, nos estados, o ICMS é o mesmo nos últimos 12 meses, período em que a gasolina registrou aumento de 40%, em média. “Essa é a maior prova de que se trata de um problema nacional, e, não somente, de uma unidade federativa”, diz a carta. “Estamos empenhados em mostrar ao povo brasileiro que a política de preços dos combustíveis, adotada pelo Governo Federal e atrelada ao mercado internacional, prejudica o país e sacrifica ainda mais a nossa economia”, afirmou Rui.

"Fé"

Ao comentar o discurso de Bolsonaro na ONU, o deputado estadual Capitão Alden (PSL) destacou que o presidente "enfatizou a sua fé, os valores conservadores, princípios que deveriam estar presentes na vida de qualquer cidadão e empatia com povos de outros países, como o Afeganistão". "Emocionante, verdadeiro e com a certeza que estamos no caminho certo para um Brasil melhor", bradou.

Sustentabilidade

Atividades de distribuição de mudas, exposição de ações sustentáveis e oficinas do projeto Horta em Casa fazem parte da Semana da Sustentabilidade em Salvador. A ação, que acontece até sábado (25), é fruto da parceria entre a Secretaria Municipal de Sustentabilidade e Resiliência (Secis) e o Shopping Center Lapa. As atividades são totalmente gratuitas e abertas ao público, com o objetivo de apresentar algumas soluções de prática sustentável para serem aplicadas, diariamente, e estimular o plantio de árvores na cidade. A exposição ainda terá doação de mudas de árvores nativas da Mata Atlântica, a partir da troca de 1kg de alimento não perecível, que será entregue a instituições de tratamento de pessoas com câncer.

Sem dados

Ontem, uma instabilidade na plataforma e-SUS Notifica, do Ministério da Saúde, que realiza o registro dos casos ambulatoriais da Covid-19 no Brasil, impossibilitou que a Bahia tivesse acesso aos dados das últimas 24 horas. Essa é uma falha recorrente desde o lançamento da nova versão em 8 de setembro de 2021. Diversas tentativas para a extração de dados foram realizadas sem que houvesse sucesso na operação. As equipes de tecnologia da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e da Companhia de Processamento de Dados do Estado da Bahia (Prodeb), bem como da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Divep) contactaram o Ministério da Saúde, mas até o momento não houve reestabelecimento da conexão.

Compartilhe