Raio Laser - edição do dia - 02/01

Frase


Tribuna da Bahia, Salvador
02/01/2021 00:13

   

(..) os dois primeiros anos da gestão de Bolsonaro servem de parâmetro para o que nos aguarda na segunda parte do mandato, o Brasil nada pode esperar senão mais obscurantismo, truculência e incapacidade administrativa, pois essa é a natureza de um governo cujo presidente não se elegeu para governar, e sim para destruir

Estadão, em editorial ontem

Vacinação 

O prefeito Bruno Reis (DEM) defendeu ontem, durante discurso de posse, o legado do antecessor ACM Neto (DEM) do ponto de vista administrativo e político e principalmente no combate à Covid 19, prometendo assumir a linha de frente da vacinação contra a doença. "Salvador estará na linha de frente da vacinação como esteve na linha de frente do enfrentamento à Covid 19", prometeu Bruno, que lembrou de sua história de luta, de quem perdeu os pais cedo e foi criado pela avó, falecida recentemente, e do primeiro emprego, na Câmara. Ele chegou a tirar do bolso do paletó o contracheque, momento em que foi aplaudido. No discurso Bruno fez questão de agradecer nominalmente a duas pessoas - ao antecessor ACM Neto (DEM), a quem chamou de amigo-irmão, e à sua vice, Ana Paula (PDT), que também tratou como uma irmã.

Amizades

Ele lembrou que ele e Ana Paula são amigos há 25 anos, que cursaram a mesma faculdade e tomaram parte na militância política estudantil, chegando a questioná-la quando os dois poderiam imaginar que chegariam juntos ao comando da Prefeitura de Salvador. Em outro trecho do discurso, Bruno disse que brincava ao afirmar que não se achava o mais inteligente, mas aquele que tinha foco e disciplina para estudar e enfrentar os problemas, como sua trajetória demonstrou até o momento de ser eleito prefeito da primeira capital do Brasil.

Ausência 

O comentário ontem na posse do prefeito Bruno Reis (DEM) e, mais ainda, na solenidade que se seguiu de posse do seu secretariado, foi a ausência do secretário municipal de Saúde, Leonardo Prates, dos dois eventos. Prates alegou que teve contato com uma pessoa que contraiu Covid. Mas, em se tratando de um secretário, algo praticamente de sua rotina.

Legado

A vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos (PDT), declarou, após tomar posse do cargo ontemm, que terá como missão "defender o legado deixado por ACM Neto" que, segundo ela, "resgatou a autoestima da cidade". "Muito emocionante assumir oficialmente a vice-prefeitura e trabalhar ao lado do prefeito Bruno Reis, com a missão de defender o enorme legado deixado por ACM Neto, que transformou e resgatou a autoestima de nossa cidade", disse a pedetista.

Decisão certa

Ao se despedir do cargo ontem, o prefeito ACM Neto lembrou que por pouco abandonou o cargo de prefeito para disputar o Governo do Estado em 2018. "Fui aconselhado a disputar o Governo da Bahia, mas algo me dizia que eu deveria completar o trabalho. Resolvi seguir o que a minha consciência ditava", contou. "Foi a decisão mais certa que tomei na vida. Quando a pandemia chegou eu estava onde devia estar: no comando da Prefeitura", acrescentou.

Força oculta

Em discurso longo e lido com rapidez que antecedeu a solenidade de posse do prefeito eleito Bruno Reis (DEM), o presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Jr. (MDB), prometeu apoio incondicional à futura gestão. Ele fez questão de chamar o prefeito ACM Neto (DEM), que se despede do cargo, de melhor gestor que a capital já teve, e de tratá-lo como amigo e confidente, relembrando que "forças ocultas" tentaram estragar a relação dos dois, mas não conseguiram.

Proporcionalidade

Por falar em Geraldo Jr., ele deve se eleger hoje para mais um termo à frente da Câmara de Salvador. A sessão em que a eleição deve ocorrer começará às 9h. Serão eleitos também os demais membros da mesa diretora da Casa, seguindo a proporcionalidade das bancadas.

Risco novo

O diretor médico do laboratório Dasa, Gustavo Campana, alertou para o potencial de infecção da nova variante do coronavírus e pediu que a população brasileira mantenha os protocolos de saúde contra a doença. Após a confirmação de dois casos dessa nova linhagem em São Paulo, ele afirmou que a tendência é que aconteça uma aceleração do número de casos da doença no País.

Sem posse 

Internado em São Paulo por estar com coronavírus, o prefeito reeleito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), não foi empossado ontem para o segundo mandato. Sendo assim, Ana Sheila Lemos Andrade, do DEM, começa o mandato não como vice, mas como prefeita de Conquista. Ela foi empossada ontem na Câmara de Vereadores. 

Inauguração 

Na primeira atividade de rua como prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM) vai entregar a requalificação da Estrada das Barreiras, localizada entre os bairros de Cassange e Nova Esperança. Segundo a prefeitura, a intervenção teve investimento de R$ 5.644.896,50, provenientes de recursos municipais. A obra foi concluída em sete meses e abrangeu 3,9 km de extensão.

Resistência

Presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) estaria relutante em assumir um ministério no governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). O senador democrata tem colocado como prioridade ter o controle de sua sucessão no comando do Poder Legislativo, que ocorrerá em fevereiro. Alcolumbre quer um nome da sua confiança, justamente para que possa, daqui a dois anos, voltar à presidência da Casa.

Trabalho unido 

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), desejou sucesso ontem aos novos prefeitos, e disse que quer trabalhar em união. “Torço profundamente para que todos os prefeitos e prefeitas empossados nesta sexta-feira encarem com muita coragem e responsabilidade o desafio que acabaram de assumir. Desejo sucesso aos 417 gestores e me coloco à disposição para que possamos trabalhar juntos pela Bahia”, pontuou.

Sem definição

A oposição da Câmara de Salvador ainda debate quem será o novo líder do grupo. Nos bastidores, fala-se que o PT é o favorito para reiniciar o rodízio e indicar um nome. A vereadora Marta Rodrigues é a mais cotada. 

Liderança 

O democrata Cláudio Tinoco poderá finalmente realizar o desejo de cumprir pelo menos parte do mandato da vereança no Paço Municipal. Vai assumir a liderança do partido na Casa e ainda ficar com a Corregedoria. 

Insatisfeitos 

O Patriotas não gostou nada de ficar com a Ouvidoria da Prefeitura de Salvador. O presidente Jean Sacramento, escolhido para o posto, esperava um espaço maior no primeiro escalão. 

Contemplado 

Ricardo Almeida (PSC) foi quem mais se deu bem neste ano: garantiu um mandato na Câmara Municipal e ainda emplacou a própria mulher na Fundação Cidade Mãe. Já a correligionária Lorena Brandão (PSC), todavia, se deu mal. Não conseguiu se reeleger e ainda não foi contemplada com um mísero cargo seque na gestão Bruno Reis.

Lembrança

Em discurso de despedida, o ex-prefeito ACM Neto (DEM) disse que quer seguir o caminho do seu avô, o ex-senador e ex-governador da Bahia, Antonio Carlos Magalhães. “(Ele) projetou o seu nome para a Bahia e para o Brasil após concluir um mandato revolucionário à frente da Prefeitura de Salvador. Uma prova de que governar a nossa cidade é tão desafiador que, quando o trabalho é bem sucedido, serve de régua e compasso para voos mais altos. Digo isso porque pretendo seguir os passos do meu avô. Me sinto plenamente apto para isso. Fui deputado federal por dez anos, prefeito da terceira maior cidade do Brasil por oito e há dois sou presidente do DEM, um dos principais partidos do país. Nessa trajetória, adquiri a experiência e a projeção que, sem falsa modéstia, tornaram o meu nome nacionalmente conhecido”, pontuou.  

Novo chefe

O ex-deputado federal Fernando Torres (PSD) foi eleito ontem presidente da Câmara de Vereadores de Feira de Santana. O vereador feirense abandonou a carreira em Brasília porque sonha em ser prefeito da cidade. Especula-se que deve ser candidato a sucessão de Colbert Martins (MDB) em 2024.

Retomada

A nova secretária de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Semdec), Mila Paes, disse ontem acreditar que pode retomar projetos do "Salvador 360". "É uma pasta com alguns pontos da Semtel e da Sedur. Eu retomo um pouco quando coordenei o Salvador 360. Retomamos alguns projetos e trazemos uma quantidade de projetos para esse pós-pandemia. É um resgate da época do 360 com novas ideias e novos projetos", contou.

Pandemia

A Bahia registrou 1.284 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com as informações divulgadas pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) ontem.  O boletim ainda registrou 29 óbitos, ocorridos em diversas datas. Desde o início da pandemia, 9.159 pessoas morreram na Bahia por complicações da Covid-19, o que representa uma letalidade de 1,85%. Ainda segundo o boletim, dos 494.684 casos confirmados desde o início da pandemia, 479.717 já são considerados recuperados, 5.808 encontram-se ativos.

Contas de luz

As contas de luz voltam à bandeira amarela neste mês de janeiro de 2021, por determinação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A justificativa é de que a agência identificou melhoria no cenário de produção hidrelétrica, com elevação das vazões dos afluentes dos principais reservatórios. A mudança deve provocar uma redução significativa no valor das contas em relação a dezembro, quando estava em vigor a bandeira vermelha patamar 2, o maior do sistema de bandeiras

Vacinação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) terminou a análise dos documentos já apresentados pela AstraZeneca sobre a vacina da Covid-19 feita em parceria com a Universidade de Oxford. Na prática, a agência "está em dia" com o que foi apresentado até agora. A análise das fases 1, 2 e 3 estão com o status "concluído". A Anvisa esclarece, no entanto, que a empresa ainda pode apresentar mais documentos, se achar necessário.

Caso inusitado

O vereador Rubão (PP) pediu a namorada em casamento ao ser chamado para fazer seu discurso de posse na Câmara Municipal de Belo Horizonte. Após agradecer à família pelo apoio na campanha, ele pediu que Raiane se levantasse para ouvir a posposta. “Minha esposa está grávida de quatro meses e meio. É minha namorada, mas agora estou fazendo o pedido oficial. Casa comigo”, disse o vereador.


Compartilhe