Raio Laser - edição do dia - 06/04

Frase


Tribuna da Bahia, Salvador
05/04/2021 21:26

   

Os próximos 15 dias serão muito dramáticos. Cruzamos a casa dos 2 mil [mortos por dia], já passamos da casa dos 3 mil, estamos indo para os 4 mil e vamos chegar a 5 mil mortes por dia

Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan

Não abre mão (Otto Alencar)

O senador Otto Alencar (PSD) já avisou a correligionários que não há quem o faça abrir mão de concorrer de novo ao Senado na chapa com que o colega Jaques Wagner (PT) pretende disputar o governo baiano, em 2022. A postura de Otto exclui de pronto a participação de João Leão (PP) da chapa porque, como ele já se reelegeu vice-governador, pela lei não pode pleitear de novo a vaga nem indicar seu filho, Cacá Leão (PP), para ela na disputa. A única forma, portanto, de Leão poder participar da chapa de Wagner é se Otto abrir uma concessão para ele e aceitar concorrer à vice-governadoria, o que não há sinais, do lado do PSD, de que possa ocorrer.

Tríduo (João Leão)

Respondem pelos nomes de Cícero Monteiro, Carlos Melo e Elisa Pelegrini a tropa de choque que trabalha no governo contra qualquer possibilidade de o vice-governador da Bahia, João Leão, ocupar a Casa Civil do governo. Nos corredores do CAB, o que se diz é que o trio, aliado a um secretário cujo nome a coluna dará em tempo oportuno, não cansam de operar para que a indicação não dê certo.

Balão de ensaio

Os oito deputados da oposição andam ansiosos pela próxima reunião com o prefeito ACM Neto (DEM). Pretendem lher perguntar quem são os nomes que já começa a avaliar para indicar à chapa com que concorrerá à próxima sucessão estadual, de 2022, contra o senador Jaques Wagner. A maioria acha, por exemplo, que o nome de Guilherme Bellintani, presidente do Esporte Clube Bahia, começou como um balão de ensaio.

Templos

Em manifestação enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF) na tarde de ontem, após a decisão do ministro Gilmar Mendes que manteve a validade do decreto do governador paulista João Doria (PSDB) que vetou atividades religiosas coletivas presenciais em São Paulo durante as fases mais restritivas do plano de combate ao coronavírus, o procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu a redistribuição da ação do PSD ao ministro Kassio Nunes Marques.

Rodoviários (Bruno Reis)

A Prefeitura de Salvador estuda vacinar os rodoviários acima de 50 anos contra o coronavírus. De acordo com o vereador Hélio Ferreira (PCdoB), presidente do Sindicato dos Rodoviários, o prefeito Bruno Reis (DEM) pediu um levantamento do quantitativo de trabalhadores com esta faixa etária. "Fizemos o levantamento. São 3.509. No total, somos mais de 12 mil rodoviários, então isso seria um terço. Vamos aguardar, acho que isso tem que passar pela Câmara", afirmou.

Despacho... (Dra. Raíssa)

O prefeito de Porto Seguro, Jânio Natal, vem enfrentando sérios problemas com a Dra. Raíssa Soares, a quem deve boa parte dos votos que obteve na sua eleição na esteira da cloroquina do presidente Jair Bolsonaro. Primeiro, a acusação de um vereador da sua base, sobre a presença de “fantasmas e funcionários desqualificados até para a função de gari atuando na secretaria de saúde de Porto Seguro”. Agora, Dra. Raíssa, já trabalhando como candidata à governadora da Bahia, sonhando com o apoio do Presidente, grava vídeo com instruções sobre vacinação de pessoas que já contraíram a Covid - instruções que foram contestadas de forma veemente pelo secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, afirmando que a orientação está completamente equivocada. 

...na encruzilhada 

Afirma um alto integrante do governo de Jânio, que atua na área de Turismo e pediu sigilo, que o prefeito planeja lançar Dra. Raíssa como candidata a deputada federal com dois objetivos claros: o primeiro, afirma a fonte, é se livrar dela, que afunda a gestão da secretaria de Saúde do município dia após dia; a segunda intenção é impulsionar a candidatura de Jânio Júnior a deputado estadual. Ele foi candidato a vereador e teve votação pouco expressiva, em torno de 300 votos.

Sem resposta

Não tem um deputado da base do governo que consiga explicar porque motivo o governo do Estado mantém o ex-chefe da Casa Civil, Bruno Dauster, como conselheiro de uma empresa do Estado, apesar de ter desligado ele da pasta momentos antes de estourar o caso dos respiradores adquiridos pelo governo a uma empresa que não tinha expertise na área e que nunca foram entregues.

Verão passado

Tem ex-secretário municipal com a mão na cabeça por causa de um zum-zum-zum que começou a circular em torno do antigo Aeroclube. Amigos que cruzaram com o rapaz nos últimos dias dizem que ele, apesar do carrão com que desfila na cidade, está andando de cabeça baixa e com um semblante extremamente preocupado, como se intuisse que sua situação vai piorar.

Atencioso

Quem tem sido alvo de muitos elogios tanto da oposição quanto de governistas é o ministro da Cidadania, João Roma. A opinião geral é de que poucos ministros se dedicaram a tratar com tanta cortezia os parlamentares. Talvez exatamente porque Roma seja deputado federal e saiba, como todos eles, o quanto a atenção de um ministro contenta a todos.

Homenagem

A Câmara Municipal de Salvador vai realizar de forma remota hoje, às 10h, uma sessão especial em homenagem ao artista baiano Clementino Rodrigues, o Riachão. A iniciativa do vereador Sílvio Humberto (PSB), que vai presidir a sessão, é uma forma de celebrar a contribuição do sambista para a Bahia e para o Brasil.

Falecimento

Morreu ontem, no Hospital do Subúrbio, em Salvador, o professor Agnaldo Silva, ex-presidente da Associação Afoxé Filhos de Gandhy. Ele estava internado há dois meses na unidade de saúde, após ter sofrido um AVC. Através de nota, o Afoxé Filhos de Gandhy lamentou a morte de Agnaldo. "É com imensa tristeza e pesar que a Associação Afoxé Filhos de Gandhy informa a todos os associados, adeptos do candomblé e ao povo da Bahia, o falecimento do ex-presidente dessa instituição, Professor Agnaldo Silva", diz a nota.

Pesar

Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Democracia Makota Valdina, da Câmara Municipal de Salvador, a vereadora Marta Rodrigues (PT) lamentou a morte do ex-presidente da Associação Afoxé Filhos de Gandhy, Agnaldo Silva. "O professor, como ele era conhecido, teve um papel fundamental à frente da associação para a conquista de espaço e respeito aos blocos de afoxés e afros no Carnaval de Salvador. Foi um grande defensor de nossa cultura. Uma perda para a Bahia", disse.

Vacinação (Fábio Vilas-Boas)

O secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, disse ontem que as primeiras doses da Sputnik V, vacina russa contra a Covid-19, devem chegar no Brasil, uma semana após a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O pedido de importação dos imunizantes já foi feito por nove governadores ao órgão regulador. "Os governadores do Nordeste enviaram para a Anvisa uma carta solicitando autorização para importação. Esse documento legal, é preciso ser emitido a autorização pela Anvisa. O diretor-presidente da Anvisa, Almirante Barra Torres, solicitou uma reunião para amanhã com os governadores para alinhar esse processo", revelou Fábio Vilas-Boas.

Retomada

A Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) retomou gradualmente os trabalhos presenciais ontem. Segundo a assessoria da Casa, os mesmos “rígidos protocolos”de distanciamento social e proteção aos segmentos mais “vulneráveis” do funcionalismo continuarão sendo adotados. “A decisão do presidente Adolfo Menezes conta com o apoio dos demais integrantes da Mesa Diretora da Alba e possibilitará o retorno dos trabalhos dos gabinetes parlamentares, mas o plenário e as comissões técnicas permanecerão trabalhando de forma virtual”, diz nota enviada à imprensa.

Casos

A Bahia registrou ontem 2.073 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 2.068 recuperados (+0,3%). O boletim epidemiológico desta segunda-feira (5) também registra 86 mortes. Apesar de terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro das mortes foram realizadas hoje. Dos 817.722 casos confirmados desde o início da pandemia, 787.720 já são considerados recuperados, 14.206 encontram-se ativos e 15.796 tiveram óbito confirmado. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.135.118 casos descartados e 182.179 em investigação. 

Mortes

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 15.796, representando uma letalidade de 1,93%. Dentre os óbitos, 55,39% ocorreram no sexo masculino e 44,61% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,70% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,61%, preta com 15,27%, amarela com 0,48%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,82% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 66,94%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,94%).

Vacinados

Com 1.735.679 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 336.924 receberam também a segunda dose, até as 15h de ontem, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.


Compartilhe