Raio Laser - edição do dia - 10/05

Frase


Tribuna da Bahia, Salvador
09/05/2021 23:32

   

Ainda tem muita água para rolar até 2022, tanto sobre as eleições nacionais quanto sobre as alianças regionais

Ministro da Cidadania, João Roma, sobre os rumores de que pode sair candidato a governador da Bahia, em 2022

Ataque especulativo (ACM Neto)


O presidente do DEM, ACM Neto, afirmou ontem à imprensa nacional que o partido é alvo de um ataque especulativo de políticos que estão antecipando — inadequadamente, em sua opinião, dado o cenário pandêmico — os debates eleitorais de 2022. “Agora não é hora de ficar falando de mudança de partido, de pré-candidatura, em disputa de 2022. O momento é de superação da pandemia, de salvar vidas e recuperar a economia”, afirma. ACM diz que a posição relevante da legenda na política nacional “desperta inveja e interesse de diversos setores de gerar desgaste no partido”. Para ele, “só quem é grande e forte incomoda. E está muito claro que o DEM está incomodando.”

Sem acirrar (João Roma)

Em entrevista na qual falou ontem sobre os planos para sua atuação no comando do ministério da Cidadania, João Roma deixou claro que não aposta no acirramento dos desentendimentos com ACM Neto provocados por sua decisão de aceitar o convite do Republicanos e do presidente Jair Bolsonaro para assumir a pasta mais importante da área social do governo.


Parceira

Aliás, chamou a atenção os elogios rasgados que fez à mulher, Roberta Roma, que muitos acreditam que pode sair candidata a deputada federal no caso de o ministro decidir concorrer ao governo do Estado, em 2022. Ele fez questão de destacar que Roberta, além de qualificada para qualquer missão que lhe deleguem, tem sido um apoio inestimável à sua trajetória.

Me ajuda aí

Quem andou tentando pedir a bênção ao ministro João Roma, da Cidadania, foi o vereador Alexandre Aleluia, em mais uma demonstraçaõ de que, ao contrário do que alega, não está com esta bola toda para ser o candidato de Jair Bolsonaro ao governo da Bahia, em 2022. Ontem, ele se reuniu com o deputado federal Eduardo Bolsonaro, mas seu prestígio no clã, pelo visto, se resume a ele.

Em desgraça

Depois da bombástica revista à Veja, em que detonou o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, o ex-secretário de Comunicação da Presidência, Fabio Wajngarten, virou persona non grata no Palácio do Planalto, informa o blog de Lauro Jardim, do jornal "O Globo". A avaliação é que ele falou demais sobre suas estranhas tratativas para comprar vacinas. Segundo a publicação, nas duas últimas semanas, andou procurando alguns ministros, mas foi ignorado.

Responsabilizados

Tem chamado a atenção de organizações do movimento social o que chamam de tentativa de proteger os donos do Atakarejo no episódio de dois homens negros mortos depois de terem sido entregues a traficantes por seguranças de uma das lojas da rede baiana. Seus representantes lembram que, em casos semelhantes ocorridos em outras redes, os donos foram logo responsabilizados.


Afronta

O Coronel Jorge Ubirajara Pedreira criticou publicamente a decisão do governador da Bahia, Rui Costa (PT), de exonerá-lo do Comando de Policiamento Especializado da Polícia Militar da Bahia. Em um vídeo, ele afirma que a medida veio do “fruto da vaidade de uma pessoa que não sabe ser o que é policial”. No governo, a posição do militar foi considerada afrontosa.

Sob a mira (Sidninho)

As declarações do vereador Sidninho anunciando sua saída do Podemos assanharam os suplentes da legenda, todos de olho na possibilidade de a legislação permitir que seu mandato seja requerido para o partido. O interesse maior é de um candidato chamado Sullivan, o primeiro na linha de suplência, mas já se fala numa ação coletiva que seria assinada por outros que ficaram abaixo da votação dele.

Visitas (Carlos de Souza Andrade)

O presidente do Conselho Estadual do Sebrae e da Fecomércio-BA, Carlos de Souza Andrade, cumpriu agenda de visitas nesta quinta-feira e sexta-feira (6 e 7/05) a três municípios: Juazeiro, Senhor do Bonfim e Jacobina. O objetivo foi proporcionar maior sinergia entre os sindicatos empresariais do comércio e as unidades Sebrae dessas cidades, buscando parcerias.  Nas três cidades, ao norte do Estado, o líder empresarial conheceu as unidades do Sebrae, responsáveis pelo apoio às micro e pequenas empresas, além das sedes dos sindicatos filiados: Sindilojas Juazeiro, Sindicom Senhor do Bonfim e Sindpat. A comitiva também contou com a presença do diretor da Federação, Ruy Andrade.

Expansão

Em Juazeiro, em uma reunião com a prefeita Suzana Ramos e o presidente do Sindilojas local, Paulo Henrique Andrade, foi discutida a possibilidade de implantação de unidade Sesc e Senac, com o apoio da Prefeitura. Em Senhor do Bonfim, o prefeito Laércio Júnior, também manifestou interesse em viabilizar uma unidade do Sistema, em encontro com a presença de Felisberto da Silva, presidente do sindicato.

Leitos

Diante do colapso dos sistemas de saúde em diversas cidades na pandemia, a área técnica do Tribunal de Contas da União (TCU) sugeriu que o Ministério da Saúde seja obrigado a requisitar leitos ociosos em hospitais militares para atender pacientes civis com coronavírus. "Não haveria óbices ao atendimento em caráter emergencial, temporário e excepcional de civis pelas organizações militares de saúde, por meio de convênios, nos casos em que os sistemas de saúde das localidades se encontrarem em colapso", diz um trecho do documento elaborado pela Secretaria-Geral de Controle Externo da Defesa do TCU.

RLAM

Proposta pelo deputado estadual Robinson Almeida (PT), a Assembleia Legislativa da Bahia realiza, nesta segunda-feira (10), às 10h, uma audiência pública contra privatização da Refinaria Landhulpo Alves, em São Francisco do Conde. O evento, na Comissão de Desenvolvimento Urbano, será realizado de forma virtual pela plataforma Zoom e deve avaliar os impactos econômicos e sociais de sua venda na Bahia.  

Dia das Mães (Ireuda Silva)

Mãe e vereadora de Salvador pelo Republicanos, Ireuda Silva acredita que o Dia das Mães é mais uma chance que temos ao longo do ano para refletir sobre os desafios, os anseios e as necessidades da mulher. Segundo ela, esses desafios foram potencializados pela pandemia do novo coronavírus. "Em grande parte das famílias, a mulher assume o protagonismo na criação dos filhos e cuida de afazeres domésticos, abrindo mão ou interrompendo, em muitos casos, uma carreira profissional ou acadêmica. Muitos maridos resistem em dividir as funções com suas esposas porque os papéis ainda são vistos dessa forma, escalonados por gênero”, diz a republicana, que enfrentou o desafio de conciliar a busca pela independência financeira e cuidar da família.

Casos

A Bahia registrou ontem 2.156 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.539 recuperados (+0,3%). O boletim epidemiológico deste domingo (9) também registra 74 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 930.593 casos confirmados desde o início da pandemia, 895.260 já são considerados recuperados, 16.094 encontram-se ativos e 19.239 tiveram óbito confirmado. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.221.937 casos descartados e 202.308 em investigação.

Óbitos

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 19.239, representando uma letalidade de 2,07%. Dentre os óbitos, 55,63% ocorreram no sexo masculino e 44,37% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,74% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,02%, preta com 15,33%, amarela com 0,44%, indígena com 0,12% e não há informação em 7,34% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 63,92%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,49%).

Vacinação

Com 2.706.140 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 1.254.237 receberam também a segunda dose, até as 15 horas deste domingo, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Brasil


O Brasil registra, até o momento, 422.340 mortes por covid-19. Em 24 horas, foram confirmados 1.024 óbitos e 38.911 novos casos. No total, 15.184.790 casos foram diagnosticados no país.  O número de pessoas recuperadas totalizou 13.714.135 - 90,3% do total de infectados pelo novo coronavírus. Existem 3.722 mortes em investigação por equipes de saúde, dados relativos a ontem, porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa só sai após o óbito do paciente. Os dados estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado no fim da tarde de ontem. O balanço é elaborado a partir dos dados sobre casos e mortes levantados pelas autoridades locais de saúde.

Compartilhe