Raio Laser - edição do dia - 15/01

Frase


Tribuna da Bahia, Salvador
14/01/2021 23:47

   

Ele deve ir. Ele é um perigo claro e presente para a Nação que todos nós amamos. Não me dá prazer dizer isso – parte meu coração

Nancy Pelosi, democrata, presidente da Câmara dos Estados Unidos, depois da aprovação do pedido de impeachment contra o presidente Donald Trump

Ataque (João Leão)

Considerada uma tacada de mestre do governador Rui Costa (PT), que trouxe para mais perto dele o vice-governador João Leão, a escolha do cacique do PP para a Casa Civil causou, além de surpresa, reações positivas e negativas. Quem não conseguiu conter a revolta, por exemplo, foi o deputado federal Marcelo Nilo (PSB), que usou sua conta no Twitter, ontem à noite, para atacar a opção de Rui, observando que Rui premiava um aliado que, quando podia, o atacava, preterindo os mais leais, como ele próprio. "Leão aprendeu lidar c Rui Costa.  Bate, bate,bate. Aí é promovido com o seu grupo. Reconheço q sou incompetente. Fui e sou muito leal. Não sou ouvido. E estou aliado há 31 anos", disse Nilo.

Irritação (Otto Alencar)

Além de Marcelo Nilo, haveria outros que, além de surpresos, ficaram também irritados com a decisão de Rui Costa, apesar de não terem passado recebido com o descontentamento como fez o líder do PSB. Deputados listavam ontem na Assembleia os senadores Otto Alencar (PSD) e Jaques Wagner (PT), nos quais viram o desejo de afastar Rui de Leão o tempo todo.

Descontentamento

No PP, também teriam sido identificados focos de descontentamento em relação à escolha do cacique do partido. Nada, no entanto, que empanasse o brilho da escolha do vice-governador do Estado que, na negociação em que aceitou a escolha, por acordo, de Adolfo Menezes (PSD), para presidente da Assembleia, conseguiu ainda emplacar o presidente da Casa, Nelson Leal, na secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico.

Bilhete premiado (Nelson Leal)

Com a ida do deputado Nelson Leal para a secretaria de Desenvolvimento Econômico, quem assume seu lugar na Assembleia é o ex-deputado Luiz Augusto (PP), por acaso, sobrinho do ex-governador Nilo Coelho (DEM), atual prefeito de Guanambi.

Fora da UTI (Herzem Gusmão)

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão (MDB), deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Sírio Libanês, onde deu entrada no dia 1º de janeiro. Em processo de franca recuperação, o gestor do município foi transferido para uma unidade de tratamento semi-intensivo e sem prazo para deixar o hospital. Na última sexta-feira (8), ainda internado na UTI, Herzem Gusmão tomou posse como prefeito de Vitória da Conquista.

Responsável

Apesar de não estar mais no comando da Procuradoria Geral da República, a procuradora Raquel Dodge tem buscado acompanhar de perto os desdobramentos da Operação Faroeste, que investiga um amplo esquema de grilagens na Bahia por meio de vendas de sentenças judiciais. Foi a ex-chefe do Ministério Público Federal que abriu, durante a sua gestão, o inquérito da Faroeste, considerada a maior operação contra a corrupção já realizada no Judiciário brasileiro.

Alternativa

Após a Ford anunciar o fim da produção de veículos no Brasil, o governador Rui Costa (PT) declarou, em uma publicação feita nas redes sociais ontem, que irá até Brasília para participar de reuniões nas embaixadas da Índia, do Japão e da Coreia do Sul "com o objetivo de apresentar oportunidades de investimento na Bahia". "Também continuaremos em diálogo com a embaixada da China para ampliarmos a parceria que já rendeu resultados, como o VLT do Subúrbio e a Ponte Salvador-Itaparica. Não vou medir esforços para recuperar os empregos perdidos com o encerramento das atividades da Ford no Brasil", ressaltou o chefe do Executivo baiano, no Twitter.

Falta

Líder da oposição na Câmara Municipal de Salvador, a vereadora Marta Rodrigues (PT) disse ontem que a ausência da Lavagem do Bonfim por conta da pandemia afeta todos os baianos, devido à força e representatividade que ela exerce na nossa sociedade, por meio da religiosidade, dos anseios de cada um e das necessidades da população, marcada pela pobreza, pelas dificuldades e pela resistência no enfrentamento do cotidiano.

BB (Jair Bolsonaro)

O presidente Jair Bolsonaro suspendeu a demissão do presidente do Banco do Brasil, André Brandão. O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, conseguiram, no mínimo, adiar a saída de Brandão que o próprio presidente já havia sinalizado a seus interlocutores.

O principal argumento de ambos ao presidente foi o de que a demissão traria um impacto muito negativo no mercado porque demonstraria uma interferência política do Palácio do Planalto no banco, que tem capital aberto  e com ações negociadas nos mercados do Brasil e dos EUA. Ontem, com notícia da saída, o BB perdeu R$ 6 bilhões em valor de mercado. Hoje, as ações abriram em queda, mas conforme a demissão não se concretizava, os papéis foram voltando ao terreno positivo.

Protesto

Funcionários do Hospital Salvador, no bairro da Federação, na capital baiana, iniciaram um protesto ontem em frente à unidade. Eles contam que estão com salários atrasados e reivindicam também melhores condições de trabalho. No local, o grupo exibiu cartazes e gritou palavras de ordem. 

Decreto emergencial (Janio Natal)

O prefeito de Porto Seguro, cidade do sul da Bahia, Jânio Natal, decretou situação de emergência administrativa no município. O decreto vale por 60 dias, podendo ser prorrogado por mais 60. Com isso, a administração vai poder contratar, sem licitação, serviços de urgência de atendimento ou que possam causar prejuízos ou comprometer a segurança das pessoas. Jânio Natal alegou que a situação de emergência foi decretada por causa das condições de trabalho nos diversos órgãos públicos, que segundo ele, estão caóticas.

Saída da Ford

Cerca de 70 caminhoneiros estão há mais de três dias na porta da fábrica da Ford em Camaçari, região metropolitana de Salvador, aguardando para descarregar materiais na empresa. Segundo os caminhoneiros, o número deve crescer, porque outras carretas continuam chegando ao local. Na última segunda-feira, a Ford anunciou que encerrará a produção de veículos em suas fábricas no Brasil.

Ford

Em nome da Câmara Municipal de Salvador, o presidente Geraldo Júnior (MDB) manifesta apoio incondicional de todos os vereadores aos trabalhadores e trabalhadoras da fábrica da montadora de veículos Ford pelo “ato unilateral e desrespeitoso da referida empresa de fechar repentinamente suas fábricas no Brasil, especialmente no município de Camaçari, o que causará prejuízos incalculáveis a nossa economia, com efeitos graves diretos na empregabilidade da população baiana e reflexos no setor social”.  

Inauguração

A região do Subúrbio de Salvador foi beneficiada com mais uma obra de infraestrutura promovida pela Prefeitura. A Rua 1° de Maio, em Alto de Coutos, foi requalificada após receber diversas melhorias que proporcionaram mudanças significativas na rotina e na mobilidade dos pedestres e motoristas. A inauguração da intervenção acontece nesta sexta-feira (15), às 9h, com a presença do prefeito Bruno Reis, que estará à disposição para falar da campanha de vacinação contra a Covid-19, que deve começar na próxima quarta (20). A 1° de Maio está situada em uma localidade marcada por um grande número de imóveis residenciais e possuía pavimentação irregular. Ou seja, a via não oferecia condições adequadas para o deslocamento dos moradores, bem diferente da atual realidade. Para a requalificação, foi feita a contenção em alvenaria de pedra e aplicado asfalto em 1.200 m² de área, além de assentamento de meio-fio. Uma escadaria também foi revitalizada.

Doenças respiratórias

A pandemia causada pelo novo coronavírus, que atingiu em cheio o Brasil e já causou a morte de mais de 200 mil pessoas, aumentou em 34,6% o número de óbitos por doenças respiratórias no estado da Bahia, que passaram de 20.862 para 28.096, na comparação entre 2019 e 2020. Entre as doenças deste tipo, a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) explodiu, registrando crescimento de 386%, seguida pelas de Causas Indeterminadas, que registraram aumento de 19,6%. Os dados do Portal da Transparência https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio, plataforma administrada pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), mostram que as mortes registradas pelos Cartórios da Bahia em 2020 totalizaram 89.756.

Casos

A Bahia registrou ontem 4.113 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,8%) e 3.710 recuperados (+0,7%). Dos 523.068 casos confirmados desde o início da pandemia, 505.398 já são considerados recuperados e 8.127 encontram-se ativos. Os casos confirmados ocorreram em 417 municípios baianos, com maior proporção em Salvador (22,35%). Os municípios com os maiores coeficientes de incidência por 100.000 habitantes foram: Ibirataia (10.586,47), Muniz Ferreira (8.690,38), Conceição do Coité (8.569,03), Itabuna (8.234,10) e Jucuruçu (8.174,45). O boletim epidemiológico contabiliza ainda 927.920 casos descartados e 130.682 em investigação. 

Brasil

O número de pessoas infectadas com o novo coronavírus desde o início da pandemia chegou a 8.324.294 no Brasil. Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde registraram 67.758 novos diagnósticos positivos de covid-19. Foi a segunda maior marca do ano, atrás apenas do recorde batido no dia 7 de janeiro, quando foram acrescidas às estatísticas 87.843 confirmações de pessoas infectadas. O total de vidas perdidas para a pandemia subiu para 207.095.


Compartilhe