Raio Laser - edição do dia - 22/02

Frase


Tribuna da Bahia, Salvador
21/02/2021 23:59

   

Pena que discorda! Mas prova que o Partido Novo não tem dono, mas valores! Defender princípios liberais e a Constituição, mesmo que 1 dos 181 fundadores não os defenda mais, dá orgulho da bancada do Novo. Nem fanáticos a favor nem fanáticos contra: somos independentes!

Do deputado Marcel Van Hattem (Novo-RS) rebatendo a fala do colega João Amoedo.

Quadro grave (Rui Costa)

O fato de o governador Rui Costa (PT) ter anunciado que recuará o horário do toque de recolher em duas horas, para as 20hs, a partir de hoje, fez políticos acreditarem que, de fato, o Estado tem enfrentado um quadro drástico de contaminação, capaz de comprometer todo o seu serviço de atendimento de saúde e não apenas 80%, percentual utilizado pelo petista para justificar a ampliação do regime de reclusão. Para a maioria, se um político de perfil cauteloso como Rui Costa decidiu tomar a medida drástica, e ainda enrijecê-la, é porque, de fato, as informações que têm chegado ao governador não são nada animadoras, mas demandam sua máxima atenção no sentido de evitar o pior para o Estado.

Quem avisa...

Aliás, não se pode dizer que Rui Costa (PT) não avisou que, se a situação não melhorasse e a população não se conscientizasse de que é preciso adotar cuidados mínimos, como usar máscaras e álcool em gel e evitar aglomerações para não permitir que a doença se alastre, o Estado seria obrigado a tomar medidas drásticas que repercutiriam na vida de todos.

Apoio certeiro (Adolfo Menezes)

Quem tem demonstrado igual preocupação à do governador com o aumento dos casos de Covid 19 e o comprometimento da capacidade de atendimento da rede de saúde no Estado é o presidente da Assembleia Legislativa, Adolfo Menezes (PSD), em quem Rui Costa (PT) tem encontrado um ombro amigo para ajustar as medidas que precisam ser adotadas para não levar o Estado ao caos.

Posse (João Roma)

A procura pela lista de prefeitos que irão à posse do ministro da Cidadania, João Roma, em Brasília, no próximo dia 24, só tem aumentado. Na semana passada, a estimativa era de que pelo menos 100 gestores do interior estariam presentes à solenidade, mas, se o movimento permanecer como está, seguramente será das posses mais prestigiadas dos últimos tempos na capital federal.

Apreensão

As últimas notícias envolvendo o toque de recolher no Estado e mesmo a perspectiva de lockdowns em alguns municípios jogou um balde de água fria em donos de escolas e pais de alunos que apostavam no retorno às aulas a qualquer custo sob as mais variadas e legítimas justificativas. O problema é que dados os índices de transmissão da Covid 19 no Estado não há como fazer frente à realidade e às medidas que o Estado está adotando para enfrentar a guerra contra o novo coronavírus.

Sem pressão

O problema é que, ao invés de cobrar do governo a aplicação das vacinas, muitos setores acham que podem vencer a Covid 19 apenas com protocolos corretos de convivência, esquecendo-se de que todo cuidado é pouco diante de uma doença traiçoeira que pode tanto parecer um resfriado como levar à morte pessoas que nem precisam ter comorbidades.

Sem educação

Quem também resolveu se insurgir com a inação do secretário estadual de Educação, Jerônimo Rodrigues, em plena pandemia que parece que não dará trégua tão cedo, foi o presidente da OAB na Bahia, Fabrício Castro, para quem nada justifica o fato de até o momento a secretaria não ter adotado nenhuma medida para amenizar a falta de aulas na rede pública estadual.

Falta (Fábio Vilas-Boas)

O governador Rui Costa (PT) tem lamentado a ausência imprevista do secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas Boas, acometido pela Covid 19 depois de 11 meses de linha de frente contra a expansão da doença no Estado. Considerado um dos melhores secretários do Estado, Fábio era, além de fonte de orientação precisa para Rui, apoio e incentivo em todas as horas.

Codeba

O vice-Almirante Carlos Autran foi reeleito, por unanimidade, presidente da Cia. Docas da Bahia. O seu desempenho à frente da Codeba foi bem avaliado pelo Conselho de Administração, durante a Assembleia Geral da empresa.

Pisou em falso!

"Ocorreu com Daniel Silveira algo muito comum em política”, diz o colunista Josias de Souza. “No início da semana, o deputado achava que era uma coisa. Descobriu em poucos dias que sua reputação já o havia transformado em outra coisa. Imaginava ser amigo de Jair Bolsonaro. E achava que o corporativismo do Congresso não permitiria que nada lhe acontecesse. Bolsonaro fingiu-se de morto. E os sacerdotes da corporação legislativa concluíram que não faria sentido acionar o espírito de corpo para defender um corpo estranho.”

Bandeira branca (Alan Sanches)

Após acusar João Roma (Republicanos) de "deslealdade", o deputado estadual Alan Sanches (Democratas) baixou o tom e disse que o novo ministro do governo Bolsonaro continuará sendo seu amigo. Em entrevista a uma rádio de Santo Antônio de Jesus, o democrata não poupou elogios a Roma: "É um grande quadro, um grande amigo, uma pessoa extremamente capaz", disse. "Agora, o rompimento não é pessoal, é político. Continua e continuará sendo meu amigo, mas nesse momento não poderemos caminhar juntos", complementou Sanches.

Recordar é viver

Alan Sanches declarou rompimento após a nomeação de Roma para o Ministério da Cidadania. Em tom bastante duro, acusou o republicano de "deslealdade" com ACM Neto, que tentava convencer o deputado federal a não integrar a equipe de Bolsonaro. "Ele (Roma) passou por cima da ideologia de Neto e de todo grupo e aceitou o convite do governo federal, ao qual não somos, nunca fomos aliados, demonstrando total deslealdade a ACM Neto e a nós seus aliados", afirmou à época.

Interdição

As praias de Camaçari, na região metropolitana de Salvador, foram interditadas ontem.  A medida valerá por 15 dias e tem como objetivo reduzir o avanço do número casos do novo coronavírus na região, além de evitar o colapso no sistema de saúde do município. Entre elas, estão as principais praias do Litoral Norte, como Guarajuba, Barra do Jacuípe, Itacimirim, Jauá e Arembepe.

Decreto

O governador Rui Costa (PT) reconheceu situação de emergência decretada pela prefeitura de Maracás, no Vale do Jiquiriçá, em decorrência da estiagem que atinge o município.  A medida foi decretada pela prefeitura do município no dia 12 de janeiro e é válida por 180 dias a partir desta data.

Alerta

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), voltou a usar as redes sociais para fazer um alerta. "O toque de recolher é de 22h às 5h e já está valendo, mas tem proibições que valem para qualquer hora do dia. Não pode festa, aglomeração, show ou paredão hora nenhuma. O uso da máscara continua obrigatório. A situação é grave e essas medidas visam salvar vidas humanas. Cuide-se!", disse. 

Casos

A Bahia registrou ontem 1.851 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,3%) e 2.372 recuperados (+0,4%). Dos 653.335 casos confirmados desde o início da pandemia, 625.441 já são considerados recuperados e 16.703 encontram-se ativos. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.018.766 casos descartados e 150.783 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde da Bahia (Cievs-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas deste domingo (21). Na Bahia, 41.937 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

Óbitos

Ontem foram registradas 63 mortes e o número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 11.191, representando uma letalidade de 1,71%. Dentre os óbitos, 56,64% ocorreram no sexo masculino e 43,36% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 55,17% corresponderam a parda, seguidos por branca com 20,34%, preta com 14,54%, amarela com 0,58%, indígena com 0,15% e não há informação em 9,22% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 70,46%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (74,38).

Vacinados

Com 414.372 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 49.428 receberam também a segunda dose, até as 15 horas deste domingo, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.


Compartilhe