Raio Laser - edição do dia - 27/04

Frase


Tribuna da Bahia, Salvador
26/04/2021 22:38

   

Você não tem o que perguntar, não? Deixe de ser idiota

Jair Bolsonaro, ontem, na inauguração de 22 km de duplicação da BR 101, respondendo à repórter Driele Veiga, da TV Aratu, que o questionou sobre o fato de ter aparecido numa foto ao lado de uma placa na qual se lia "CPF Cancelado"

Sputink V (Fábio Vilas-Boas)

O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, utilizou suas redes sociais ontem para comemorar a decisão do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que negou um pedido da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para suspender a contagem do prazo de 30 dias fixado para análise dos requerimentos de importação da vacina russa Sputnik V. “Brilhante decisão de Lewandowski!!! Impôs à ANVISA a inversão do ônus da prova. Ou seja, caberá à agência provar que a Sputnik V não é eficaz ou segura”, escreveu Vilas-Boas no Twitter, ao salientar que a Anvisa não poderá “invocar a falta ou insuficiência de documentos para deixar de analisar o pedido de aprovação de uma vacina já em uso noutros países”.

Aduladores (Jair Bolsonaro)

Um jornalista que acompanhou ontem a inauguração da duplicação de 22 km da BR 101 na Bahia ficou impressionado com o grau de adulação de alguns conhecidos deputados baianos em relação ao presidente da República, Jair Bolsonaro. Segundo ele, um deles quase pedia desculpas ao presidente por causa de uma pergunta que o presidente considerou inconveniente, feita por uma repórter baiana.

Detalhe

Também, depois que o presidente da República fez em relação ao Orçamento da União de 2021, ano qual permitiu que deputados enxertassem emendas individuais impositivas num total de R$ 33 bilhões, em flagrante prejuízo das contas públicas, os deputados de sua base devem estar realmente achando que ele é um Deus. Quanto ao povo, é apenas um detalhe, como já se sabe.

Solidariedade

Aliás, não foram poucos os políticos - nenhum deles presente ao evento - que lamentaram a reação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à pergunta da profissional de imprensa. ACM Neto, Rui Costa, Marta Rodrigues, Félix Jr. foram alguns dos baianos que disseram não ver sentido na resposta que Bolsonaro deu a alguém que estava apenas exercendo o seu dever profissional.

Pena pra todo lado

O ex-prefeito Antonio Imbassahy deu uma espanada geral no ninho tucano ao afirmar, neste final de semana, que olha com bons olhos para a sucessão de 2022 na Bahia como parte do projeto de eleger João Dória, governador tucano de São Paulo, à Presidência da República. Ontem, a agitação no grupo era grande porque, definitivamente, ninguém contava com essa possibilidade na sigla.

Nome

A conturbação foi tamanha entre os tucanos que o presidente estadual da legenda, Adolfo Menezes, anunciou que o nome preferencial do partido para a sucessão estadual é o do prefeito de Mata de São João, João Gualberto, outra alternativa que não estava sendo levada em conta, já que tudo apontava no sentido de o partido apoiar a candidatura de ACM Neto (DEM) ao governo.

Sem aulas (Moema Gramacho)

A prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho (PT), reiterou ontem que o município não irá retomar o início das aulas presenciais na próxima semana. “Devemos ter um pouco mais de compreensão. Não podemos colocar em risco a vida das nossas crianças e de nossos jovens. Nós entendemos o quanto que isso é importante, mas é mais importante manter a vida das nossas crianças”, disse.

Carros (Claudio Cajado)

Os deputados federais Claudio Cajado (PP) e Dayane Pimentel (PSL) são dois dos três parlamentares da Câmara que mais gastaram com a locação de carros junto à empresa Gold Car Brasília. A locadora, com sede no Distrito Federal, pertence à esposa de um servidor da Casa e emitiu ao menos 676 comprovantes de pagamentos feitos por 23 deputados federais, sendo 21 deles da atual legislatura.

Repúdio I

O deputado federal Félix Mendonça Júnior (PDT) lamentou o ataque gratuito feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à jornalista Driele Veiga, da TV Aratu, durante solenidade de inauguração de uma etapa da duplicação da BR-101, na cidade baiana de Conceição do Jacuípe.  "O presidente da República demonstra nervosismo e falta de equilíbrio quando agride a imprensa dessa forma, dessa vez na Bahia. Não foi a primeira vez. Isso nos preocupa muito, porque ele deveria se postar à altura do cargo que ocupa. Quero me solidarizar com a repórter, que estava apenas cumprindo o seu dever", disse o Félix, que é presidente do PDT no estado.

Repúdio II

O Sinjorba (Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia) lamentou ontem o comportamento do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). Em um evento na Bahia, o chefe do Planalto chamou a jornalista Driele Veiga, da TV Aratu, de "idiota".  O xingamento, na opinião do presidente da entidade, Moacy Neves, revela o "traço imaturo e autoritário de Bolsonaro, que não consegue conviver com a crítica, com o contraditório, com a diferença e nem com a obrigação de conceder entrevistas e responder às perguntas dos jornalistas, principalmente se do outro lado estiver uma mulher".

Vende-se

Um projeto de lei a ser enviado pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa da Bahia pede autorização para a venda de imóveis situados na capital e interior. Na lista de imóveis em Salvador estão a rodoviária, o Detran e o Centro de Convenções. O valor adquirido com a venda destes e de outros imóveis será integralmente alocado no Fundo Financeiro da Previdência Social dos Servidores Públicos da Bahia (Funprev). Esta iniciativa visa diminuir o histórico déficit previdenciário do Estado, que vem aumentando, à medida em que o governo tem batido sucessivos recordes de concessão de aposentadoria.

Crise

A pandemia de coronavírus tem causado fortes abalos na economia mundial, afetando a produção, comércio, emprego e renda. Ciente da gravidade do assunto, a Comissão Especial para Avaliação dos Impactos da Pandemia da Covid-19 da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) realiza, na próxima quarta-feira (28), uma audiência pública virtual para debater a sobrevivência das atividades econômicas no cenário da Covid-19. Convidado para a discussão, o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Bahia (Fecomércio-BA), Carlos Andrade, afirma que abordará questões como a reabertura das empresas, linhas de crédito e impostos. “No pós-pandemia, como serão pagos os impostos municipais, estaduais e federais? Temos que saber como faremos esses pagamentos, porque, a depender, o comércio não vai aguentar e se não aguentar, gera desemprego, o que não é bom para ninguém”, ressalta.  

Vacinação (Tiago Correia)

Em audiência no Ministério da Saúde, o deputado Tiago Correia (PSDB) reivindicou, mais uma vez, a inclusão dos médicos veterinários na relação dos profissionais prioritários que deverão ser vacinados contra a Covid-19. Acompanhado do deputado federal Elmar Nascimento, da vice-presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária, Ana Elisa Almeida, e de José Maria Filho, dirigente da entidade, Tiago Correia afirmou que “alguns gestores estaduais estão desconsiderando orientação técnica do Plano Nacional de Imunização, Ministério da Saúde.” De acordo com o parlamentar, o próprio Ministério da Saúde reconhece que 65% das doenças de notificação compulsória, como leishmaniose, leptospirose, tuberculose, raiva, arboviroses, dentre outras, são de domínio do médico-veterinário.

Em falta

Pela quarta vez no mês, falta vacina contra Covid para aplicação da primeira dose em idosos em Feira de Santana. Para retornar a vacinação, o município depende de uma nova remessa ainda que será enviada pelo Governo Federal, sem previsão de chegada.  O município recebeu, na última sexta-feira (23), 4 mil doses do imunizante para vacinar o público desta faixa etária. Somente no sábado, 24, 3.620 idosos - com 60 anos ou mais - foram vacinados nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), e as doses que sobraram foram aplicadas ontem

Casos

A Bahia registrou ontem 1.811 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,2%) e 2.109 recuperados (+0,2%). O boletim epidemiológico desta segunda-feira (26) também registra 84 óbitos. Apesar de as mortes terem ocorrido em diversas datas, a confirmação e registro foram realizados hoje. Dos 885.855 casos confirmados desde o início da pandemia, 852.616 já são considerados recuperados, 15.152 encontram-se ativos e 18.087 tiveram óbito confirmado. O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.188.549casos descartados e 192.223 em investigação. E

Óbitos

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 18.087, representando uma letalidade de 2,04%. Dentre os óbitos, 55,43% ocorreram no sexo masculino e 44,57% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,69% corresponderam a parda, seguidos por branca com 21,86%, preta com 15,40%, amarela com 0,45%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,46% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 65,02%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,62%).

Vacinados

Com 2.245717 vacinados contra o coronavírus (Covid-19), dos quais 888.673 receberam também a segunda dose, até as 15 horas desta segunda, a Bahia é um dos estados do País com o maior número de imunizados. A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realiza o contato diário com as equipes de cada município a fim de aferir o quantitativo de doses aplicadas e disponibiliza as informações detalhadas no painel https://bi.saude.ba.gov.br/vacinacao/.

Brasil

O Brasil registrou hoje 1.139 óbitos causados pela covid-19, de acordo com dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) divulgados ontem. Com os registros, 391.936 vidas foram perdidas para a doença. O levantamento do Conass, que compila dados de secretarias de Saúde dos 26 Estados e do Distrito Federal apontou ainda 28.636 novos casos de covid-19 em 24 horas, com um total de 14.369.423 registros desde o início da pandemia.


Compartilhe