Salvador recebe os talentos da 34ª edição do Bahia Juniors Cup

João Lucas Reis, campeão de 2017 no masculino do Bahia Juniors Cup será uma das atrações do 34º edição da competição


Tribuna da Bahia, Salvador
10/09/2018 09:02 | Atualizado há 29 dias, 22 horas e 49 minutos

   
Foto: Juarez Mathias/Foto/Divulgação

O Clube Bahiano de Tênis, no bairro da Graça, em Salvador, receberá dois importantes eventos do calendário nacional e mundial do tênis. Entre os dias 29 de setembro e 6 de outubro será disputada a 34ª edição do Bahia Juniors Cup, torneio com pontos para o ranking mundial da Federação Internacional de Tênis e segue como maior torneio do Brasil no segundo semestre entre os juvenis e maior do Nordeste na temporada. A novidade no calendário é o Bahia Pro Cup, evento profissional com premiação de R$ 10 mil e pontos para o ranking da Confederação Brasileira de Tênis.

O Bahia Juniors Cup terá como fase qualificatória os dias 29 e 30 de setembro e a chave principal de segunda-feira, dia 1º de outubro, até 6 de outubro, sábado. A competição tradição de revelar grandes talentos do esporte do país. Pelo evento, que acontece desde 1985, já passaram nomes como Gustavo Kuerten, campeão na categoria 16 anos derrotando no terceiro set o baiano Duda Catharino Gordinho, Fernando Meligeni, Teliana Pereira, campeão de Wimbledon e até pouco tempo número 1 do mundo nas duplas, Marcelo Melo Jaime Oncins, Flavio Saretta, André Sá, entre outros.

Além deles alguns jovens talentos recentes que passaram pelo torneio baiano brilharam mundo afora. Campeão em 2016, Thiago Wild foi semifinalista em Roland Garros este ano na chave júnior perdendo exatamente do argentino Sebastian Baez que ficou com o vice-campeonato em Paris. Baez foi vice-campeão em Salvador contra Wild naquela final. Atual campeão, o pernambucano João Lucas Reis disputou todos os Grand Slams este ano e fez oitavas de final no Aberto da França. Tanto Wild como Reis despontam no profissional somando títulos em eventos pelo Brasil e fora do país. Tricampeã do torneio baiano em 2013, 2015 e 2016, Thaísa Pedretti, com apenas 19 anos, é a quarta melhor do Brasil no profissional no ranking mundial.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas