Valdemir Santana - Edição do dia 12/9

Com piano e talento, Stefano combina New Orleans e Pasargada no Vale do Capão


Tribuna da Bahia, Salvador
12/09/2018 10:49 | Atualizado há 8 dias, 14 horas e 49 minutos

   
Foto: Reprodução

O reduto mais singular do turismo rural e de aventuras da Bahia, a badalada Chapada Diamantina, prepara o seu icônico “Festival de Jazz do Capão”, para os dias 21 e 22, sexta e sábado. Acontece no meio de vales e penhascos de tirar o fôlego, mas que ninguém se engane. Tudo parece rústico, reservado e cheio de novidades, mas a alma hippie está de fora. Nada de cabanas sem mesas nem camas, com sugestão de comer arroz integral sentado em almofadas. 

Ou seja, o pianista italiano Stefano Cortese ( foto) faz o show de abertura sem usar exatamente cítaras e tambores, como no século vinte, quando os “Beatles” John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Star iam ao ashram indiano de Rishikesh procurar paz e inspiração sem qualquer conforto. Stefano é cosmopolita, faz apresentações em Salvador e cidades da Europa, e no Vale do Capão ele é considerado um manager de estilo. Toca piano na sala e o os turistas deliram com o charme da “Casa do Piano”. Claro que a fila é encabeçada pelo Jet set baiano que freqüenta a “Bahia Marina”.

São oito atrações brasileiras e do exterior nos dois dias do “Festival de Jazz do Capão”. O acesso aos locais de show é sem pagar ingresso. Na agenda o guitarrista Paulo Mutti; o baixista Filipe Moreno; a banda “Conexão Berlin”, liderada pelo percussionista Andreas Weiser; a guitarrista Jessica Kaline e um momento especial quando o músico baiano Erick Assmar, que já levou o blues de Salvador até para apresentações no Manhattan nova-iorquino, faz o encerramento com o “Tributo a Álvaro Assmar”. É em homenagem ao pai dele que morreu no ano passado como um ícone do jazz na Bahia. 

Glória de Reinaldo Lourenço entre o chique, o punk e o cinematográfico 

Quando o paulista Reinaldo Lourenço não faz uma reviravolta e tanto na moda brasileira pode apostar que alguma coisa anda errada. Ele sabe o talento que tem, se gaba em dizer que já nasceu estilista, e para variar sempre impressiona. Seja quando se inspira no cinema ou nos punks de plantão. Sem falar no berço na elite da moda, Esta semana ele circula pelas praias da região com a dona de uma das mansões de praia mais bonitas da Bahia, a poderosa publicitária Bia Aydar e o Publisher Adilton Amaral, mas a nova coleção da marca autoral já tem agenda dia 14, em Salvador.

São as roupas da “Primavera Verão, 2019” que Reinaldo Lourenço mostra na “Paradoxus” de Regina Weckerle, depois de manhã, à partir das 5h da tarde, com manobristas para as chiques na badalada Afonso Celso. Antes de chegar a Salvador as peças foram mostradas na loja da Bela Cintra, em São Paulo, com apoteose de tricolines estampados, calças de sarja e o estilo singular do algodão bordado.

Danilo Miranda e Ravel Andrade cantam juntos

Antes de ser ator de sucesso em novelas de televisão, o baiano Danilo Mesquita foi jogador de futebol. Mas esbanjou elegância ao fazer peneira nos arqui-rivais “Esporte Clube Bahia” e “Esporte Clube Vitória”, ou seja, não deixou margem para brigas. Amanhã ele mostra mais talento extra com o show do “Duo Beraderos” no requintado espaço de arte, gastronomia e moda “Casa de Arte e Cultura de Julieta Serpa”, no Flamengo, no Rio de Janeiro.

O show é ao lado do parceiro gaucho Ravel Andrade, que ele conheceu há dois anos durante as gravações da novela “Rock Cury”. Atualmente os dois estão na novela “Segundo Sol’ da “TV Globo’. 

SPA de cabelos no resort chique, com ioga e Ayurveda

Além da formação cientifica para lidar com cosméticos, a badalada hair stylist Cris Dios, investe no tratamento dos cabelos com aquela pegada filosófica que enriquece também a Yoga e a ayurveda. Pelo menos na programação da vivencia “Encanto da Lua Cheia” que ela comanda na Bahia a partir da quinta feira, dia 20. O resto fica por conta da escolha de um dos resorts mais chiques e cheios de estilo do Brasil, o “Txai Resorts” de Itacaré, famoso no mundo inteiro por hospedar o então casal presidencial da França Carla Bruni-Sarkozi e Nicolas Bocsa Sarközy.

Poetas e ciganas nas escadarias do Passo

A pulsante cultura urbana de Salvador tem agenda especial nas escadarias da Igreja dos Passos, nesta quinta feira. Até uma cigana do Chile, a quiromante Débora Ayelen Vallejos faz parte da “Miau” que é a “Mostra Internacional de Artes Urbanas" com a segunda edição programada para começar às 5h da tarde. Além da Cigana Avelen também o “Sarau do Miau” com as poesias de Taíssa Cazumbá, Roberto Leal, Walter Cesar, Açucena de Lírio, Rafael Mc, Tiago Gato Preto e Valdeck Almeida de Jesus.


Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas