Vitória tem sexto pior aproveitamento entre os times que disputarão a Série B

Leão aparece à frente apenas do Guarani (33,3%), Botafogo SP (30,9%), Brasil de Pelotas (30,7%), Bragantino (26,1%) e São Bento-SP (19,4%)


Tribuna da Bahia, Salvador
15/04/2019 17:15 | Atualizado há 5 dias, 8 horas e 57 minutos

   
Foto: Maurícia da Mata / EC Vitória

As eliminações precoces na Copa do Brasil, Campeonato Baiano e Nordestão ligaram o alerta no CT Manoel Pontes Tanajura, o Barradão, e resultaram na troca do comando técnico. Saiu Marcelo Chamusca e chegou Claudio Tencati. Entretanto, será necessário fazer mais que isso para atingir o principal objetivo da temporada: conquistar o acesso à Série A.

O Leão da Barra tem o pior rendimento entre as 20 equipes que disputarão o Campeonato Brasileiro da Série B em 2019. Foram somente 3 triunfos, 11 empates e 5 derrotas, números que resultam no aproveitamento de 35%, ficando à frente apenas do Guarani (33,3%), Botafogo SP (30,9%), Brasil de Pelotas (30,7%), Bragantino (26,1%) e São Bento-SP (19,4%).

As únicas vitórias nesta temporada foram conquistadas diante do Conquista, Jacobina e Jequié, que ocorreu no dia 6 de fevereiro – há mais de dois meses. Com as férias forçada, o Rubro-Negro vai chegar a marca de 81 dias sem ganhar.

Para salvar a temporada, o Vitória precisa dar a volta por cima e melhorar o rendimento em pelo menos 20% no quadro geral. Isso porque avaliando as últimas cinco edições do torneio, o Varela Notícias analisou que o Leão precisa conquistar 55% dos pontos disputado para retornar à elite do futebol nacional, número superior ao aproveitamento do Goiás, quarto colocado em 2018.

A missão do Vitória começa contra o Botafogo de Ribeirão Preto, fora de casa, no Estádio Santa Cruz, no dia 27 de abril, às 11 horas.

Confira o aproveitamento dos clubes da Série B de 2019: 

América de Natal 54,1%

Atlético Goianiense: 76,1

Botafogo SP: 30,9%

Bragantino: 26,1%

Brasil de Pelotas: 30,7%

CRB: 55,5%

Coritiba: 57,7%

Criciuma: 46,3%

Cuiabá: 85,4%

Figueirense: 55,5%

Guarani: 33,3%

Londrina: 56,2%

Oeste: 37,0%

Operário: 50%

Paraná: 48,7%

Ponte Preta: 52,9%

Sport: 76,9

São Bento 19,4%

Vila Nova: 46,2%

Vitória: 35%

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas