Ferry boat não levará ônibus e caminhões no feriadão

A medida tem validade no período entre 5h de quinta-feira (18) até às 12h da próxima segunda-feira (22)


Tribuna da Bahia, Salvador
19/04/2019 08:15 | Atualizado há 1 dia, 18 horas e 29 minutos

   
Foto: Romildo de Jesus

Por Poliana Antunes

Durante os feriados em geral, o movimento de carros e pedestres fica intenso no Terminal de ferry- boat de São Joaquim, em Salvador. Para garantir um melhor atendimento aos usuários, durante este Feriado de Semana Santa, a Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia, Transportes e Comunicações da Bahia (Agerba), publicou uma resolução, nesta quarta-feira (17), suspendendo, temporariamente, a travessia de ônibus, microônibus e caminhões entre Salvador e a Ilha de Itaparica. 

“A partir desta quinta-feira (18) até o meio-dia da próxima segunda-feira (22), ficam suspensas as travessias de veículos de grande porte entre as duas cidades, exceto para caminhões que transportem perecíveis e outros alimentos”, explica a Agerba. “Esta resolução não influenciou na rotina dos caminhoneiros porque eles estão habituados a realizar o percurso pelas estradas, em razão das altas taxas, que são cobradas pela concessionária do sistema”, informa o sindicato das Empresas de Transportes de Cargas do Estado da Bahia. 

Cindo ferries

De acordo com informações da Assessoria de Comunicação do ferry-boat, a operação preparada pela Internacional Travessias Salvador (ITS), entre os dias 17 e 22, contará com cinco embarcações, devido à saída dos ferries Zumbi dos Palmares e Rio Paraguaçu para docagem (reforma) “Estarão disponíveis os barcos: Ivete Sangalo, Pinheiro, Maria Bethânia, Dorival Caymmi e Anna Nery”. 

A Assessoria da Intermarítima diz, ainda, que o ferry Rio Paraguaçu apresentou necessidade de uma reforma em dique seco e permanece aguardando uma disponibilidade de vaga na Base Naval de Aratu. Por sua vez, a Zumbi dos Palmares já se encontra no procedimento de manutenção.

Explicação

“Os procedimentos realizados nas embarcações são determinados pela classificadora  Registro Brasileiro de Navios e Aeronaves e pela Capitania dos Portos”, explica a Assessoria. 

Sobre as saídas das embarcações durante o Feriadão elas irão ocorrer nos horários regulares, ou seja, de hora em hora, com poucas viagens extras. “O tempo de espera para embarque pode ser superior a quatro horas. Estima-se que mais de 12 mil veículos e 88 mil pessoas utilizem a ligação marítima durante os dias de operação especial”, afirma. 

Utilidade

Também, em razão da demanda do número de embarcações, o volume autorizado das vagas do serviço de Hora Marcada foi reduzido de 30 para 20 vagas nos horários oficiais. 

“A empresa abriu 160 vagas extras distribuídas na madrugada (1h e 4h) dos dias 19 (sexta-feira) com saída de São Joaquim e dia 22 (segunda-feira) com saída de Bom Despacho. Foi uma forma de minimizar o impacto da baixa disponibilidade de embarcações durante o período”, garante a Intermarítima. 

Ao todo, serão 4.855 vagas de Hora Marcada. E para o interessado em verificar a atual disponibilidade, é necessário acessar o site de compra das passagens www.internacionaltravessias.com.br que fica no sistema sempre com 30 dias de antecedência.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas