Raio Laser - 12/6 - Reivindicações

Seis pontos foram reivindicados ontem no Fórum de Governadores, em Brasília, durante discussão sobre a reforma da Previdência


Tribuna da Bahia, Salvador
12/06/2019 09:54 | Atualizado há 10 dias, 12 horas e 17 minutos

   
Foto: Divulgação

Seis pontos foram reivindicados ontem no Fórum de Governadores,  em Brasília, durante discussão sobre a reforma da Previdência. Apesar de ter demonstrado boa vontade e comprometimento com o pleito, o relator da matéria, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), não garantiu que as pautas serão contempladas. Assegurou que levaria os pleitos para discussão com os líderes dos partidos, na Câmara, para só após saber se os pedidos dos governadores serão verdadeiramente acatados. Por enquanto, estão todos na torcida. Dos pontos solicitados pelos governadores, está a retirada do texto o regime de capitalização; a manutenção das regras atuais de aposentaria rural e do BPC - Benefício de Prestação Continuada; a não retirada da previdência da Constituição; redução de 60 para 55 da idade mínima para aposentadoria de professoras; e a eliminação das distorções na aposentadoria dos policiais militares, que é considerada privilégio por outras categorias.

De mudança? 

Circulou, ontem, nos bastidores da Praça Municipal, a informação de que o prefeito ACM Neto (DEM) estaria querendo mudar novamente a própria equipe. A ideia era que o deputado estadual licenciado Leo Prates (DEM) assumisse a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), em lugar do atual titular, Luiz Galvão. A Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), que hoje está com Prates, ficaria com Ana Paula Mattos, que é chefe das prefeituras-bairros. A expectativa é que o prefeito se pronuncie hoje. Se confirmada a mudança, há quem diga que fortaleceria Prates, que veria turbinada sua chance de ser candidato de ACM Neto para a sucessão. O ainda titular da Sempre tem sonhado ocupa o espaço que hoje é apontado naturalmente como do vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM).

Em Salvador 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, desembarca, na próxima sexta-feira, em Salvador, para uma palestra na Faculdade de Direito da Universidade Federal da Bahia (Ufba). O magistrado vai falar sobre “A ideia de democracia na atualidade” na conferência, que está prevista para acontecer às 18h30.

PDDU de Camaçari

A prefeitura de Camaçari começou o processo de elaboração do novo Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano (PDDU) do município.  Para tanto, estão sendo preparadas as audiências públicas que marcarão o lançamento do novo plano já a partir do próximo mês. A ideia é que o texto seja para a Câmara de Vereadores em 2020.

Investigação

O deputado estadual Marcelo Veiga (PSB), vice-líder do governo Rui Costa (PT) na Assembleia Legislativa da Bahia, foi mais um dos políticos que questionou a atuação do ex-juiz federal Sérgio Moro e do procurador Deltan Dallagnol e cobrou investigação plena do caso. Ontem, o parlamentar que é formado em Direito, avaliou o vazamento dos diálogos divulgado em série de matéria do site The Intercept Brasil e considerou o caso como “estarrecedor” e de “escândalo político”, pois os editores do site disseram que há muito material que fundamenta a participação de ambos os juristas para direcionar a operação Lava Jato contra o ex-presidente  Lula e contra o PT, para que não conseguissem eleger o presidente da República.

Acolhimento

As pessoas em situação de rua passarão a ser abrigadas com os seus animais de estimação na Unidade de Acolhimento Institucional (UAI) de Amaralina. Autorizada pelo vice-prefeito Bruno Reis, na manhã de ontem, a obra para a requalificação e adequação do equipamento social será concluída em quatro meses e receberá investimento de cerca de R$ 300 mil. Coordenado pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre), o programa facilitará o processo de convencimento e a aceitação do auxílio oferecido pela Prefeitura às pessoas em situação de rua, conforme destacou Bruno Reis, que já foi titular da pasta, atualmente chefiada por Leo Prates.


Leia a Coluna completa na edição impressa do jornal ou na Tribuna Virtual.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas