OSID prepara missa festiva na Arena da Fonte Nova

A visitação às Obras Sociais teve aumento significativo com a canonização


Tribuna da Bahia, Salvador
11/07/2019 10:48 | Atualizado há 12 dias, 10 horas e 48 minutos

   
Foto: Romildo de Jesus

Por Lício Ferreira 

As Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) está em francos preparativos para realizar, no próximo dia 20 de outubro, a missa festiva a ser celebrada pelo Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger. Os detalhes da festa consagrada à Santa Dulce dos Pobres ainda estão nos bastidores da organização. Entretanto, já se sabe que haverá uma apresentação teatral, envolvendo cerca de 500 alunos do Centro Educacional Santo Antonio (Cesa), localizado em Simões filho, município da Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Esta apresentação que vai traduzir a vida de Irmã Dulce entre nós, poderá ter a participação de um artista local ou nacional. Os contatos estão sendo mantidos, em sigilo, assim como com os apoiadores do evento (patrocinadores). Com os administradores da Arena Fonte Nova, já ficou decidido que o evento será lá. Quem desejar participar das festividades deverá ficar atento para a distribuição dos convites, pois a Arena Fonte Nova - maior complexo esportivo e cultural da Bahia - tem capacidade para abrigar 47.907 pessoas em três níveis de arquibancadas.

A missa ‘celebrativa’ em Ação de Graças pela canonização  está prevista para começar às 16 horas. Antes, os meninos do Cesa vão teatralizar a vida da freira baiana. A programação oficial dos eventos da Canonização de Irmã Dulce começa dia 13 de outubro, às 10h, na Praça São Pedro, no Vaticano. Já a primeira missa em honra da Santa Dulce dos Pobres, será dia 14 de outubro, às 10h, na Igreja de Santo Antônio dos Portugueses, em Roma.

Convites

Futuramente a OSID deverá informar ao público onde serão encontrados os convites para a celebração em Salvador. Assim como já fez criando a Secretaria da Canonização, setor responsável por passar informações ao público interessado em participar das solenidades. Entre as funções da Secretaria de Canonização, está em orientar sobre acessos, horários de chegada aos eventos e postos de entrega de convites. O contato com a Secretaria da Canonização pode ser feito por dois canais: WhatsApp (71) 99653-4995 e e-mail canonizacao@irmadulce.org.br. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Na Secretaria da Canonização o público receberá, ainda, informações sobre as agências de turismo parceiras das Obras Sociais Irmã Dulce (OSID), que criaram roteiros específicos para as cerimônias dos dias 13 e 14 de outubro. As opções variam desde roteiros mais básicos a programas mais longos, que incluem destinos clássicos na Itália, como Veneza, Florença e Milão, ou mesmo extensões a Portugal com visitas a Lisboa e ao Santuário de Fátima. Estão previstas ainda operações locais para os interessados em prestigiar o evento festivo na capital baiana.

Cadastro

O novo setor da OSID também já está realizando o cadastro das pessoas que querem assistir à Cerimônia de Canonização no Vaticano, que será presidida pelo Papa Francisco. O cerimonial do Vaticano disponibilizou 15 mil convites para os devotos e admiradores que pretendem participar da celebração dedicada à freira baiana, que se tornará a primeira santa nascida no Brasil e passará a ser chamada de Santa Dulce dos Pobres. As solicitações devem ser feitas pelo e-mail canonizacao@irmadulce.org.br. “Iremos cadastrar todas as solicitações de convite e em breve informaremos sobre os postos de retirada dos tickets”, esclarece Fabiana Barbosa, responsável pela Secretaria da Canonização.  

A Cerimônia de Canonização de Irmã Dulce será no dia 13 de outubro de 2019, no Vaticano, às 10h (horário local), presidida pelo Papa Francisco. Antes do início do evento, a cantora baiana Margareth Menezes e o acordeonista cearense Waldonys - que são também Embaixadores de Irmã Dulce - vão se apresentar para as centenas de milhares de pessoas presentes na Praça São Pedro, uma das maiores e mais bonitas praças do mundo, que já chegou a abrigar mais de 300 mil pessoas. Para a solenidade, o cerimonial do Vaticano disponibilizou 15 mil convites para os brasileiros que quiserem assistir à cerimônia do Anjo Bom da Bahia. 

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas