Lauro de Freitas vai ser a capital do esporte universitário baiano

Além de abrigar jogos da competição, é no Centro Pan-Americano de Judô, na Praia de Ipitanga, que ficarão abrigados mais de 600 atletas vindos do interior


Tribuna da Bahia, Salvador
10/08/2019 14:20 | Atualizado há 11 dias, 7 horas e 26 minutos

   
Foto: Divulgação


De 14 e 18 de agosto, o Centro Pan-Americano de Judô, na praia de Ipitanga, município de Lauro de Freitas, irá se transformar numa grande vila de atletas do esporte universitário baiano. Durante este período, além de competições dos Jogos Universitários Baianos (JUBA), o equipamento vai ser a “casa” de mais de 600 estudantes vindos de 19 cidades do interior. É no CPJ que também acontecerá a cerimônia de abertura, marcada para as 15h do dia 15 (quarta-feira).
Para receber os estudantes e comissão técnica, além de toda a estrutura que já dispõe o prédio do CPJ, a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia, autarquia da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte,  e  a Federação Universitária da Bahia (Fube), organizadora do evento com apoio do Governo do Estado, estão preparando uma grande área para camping, espaço para refeições, segurança, iluminação, além de oferecer mesa de ping-pong e pebolim (conhecido por muitos como totó).

Inscrições

Para a disputa das 14 modalidades esportivas previstas paraos quatro dias dos Jogos Universitários da Bahia, são esperados 1.300 atletas de 42 instituições de ensino superior da Bahia. Com 33 equipes (20 masculinas e 13 femininas), o futsal é a modalidade com maior número de inscritos. Basquete 3 x3, handebol,  jogos eletrônicos, JUBA acadêmico, basquete, vôlei, ciclismo, judô, natação, natação paradesportiva, vôlei de praia, skate, karatê são as demais modalidades que completam a lista.
O JUBA será realizado como evento teste da fase final dos Jogos Universitários Brasileiros (JUB’s), que depois de 51 anos voltam a acontecer na Bahia (21 a 28 de outubro). A etapa estadual agora em agosto – com provas também na piscina olímpica da Bonocô, Ginásio Poliesportivo de Cajazeiras, clube da Adelba, ginásios do IFBA (Barbalho) e Unirb (Patamares), Centro de Treinamento da Ribeira, Ginásio Municipal de Lauro de Freitas – irá contribuir para avaliar e testar parte importante da operação e logística que serão implantadas para atender ao JUB’s.
Na etapa nacional, são esperados na Bahia, mais de três mil atletas de todo o Brasil que disputarão jogos em equipamentos esportivos públicos e privadosde Salvador e de Lauro de Freitas.
Organizados pela Federação Universitária da Bahia (Fube), o JUBA e os JUBs têm o apoio do Governo do Estado, por meio da Setre e da Sudesb.


Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas