Raio Laser - 10/9 - Fim de mês

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou ontem que a indicação de Augusto Aras para a PGR pode ser apreciada pela Casa entre os dias 23 e 27 de setembro, considerando um cenário otimista


Tribuna da Bahia, Salvador
10/09/2019 10:10 | Atualizado há 8 dias, 14 horas e 20 minutos

   
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou ontem que a indicação de Augusto Aras para a Procuradoria-Geral da República pode ser apreciada pela Casa entre os dias 23 e 27 de setembro, considerando um cenário otimista. "Essa indicação (do presidente da República para o novo PGR) pode chegar amanhã no Senado, junto com outras indicações de outras autoridades. E, chegando no Senado, a gente vai fazer a leitura e encaminhar para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ)", disse. Alcolumbre falou com jornalistas ao chegar para reunião com o presidente da República em exercício, Hamilton Mourão, no Palácio do Planalto. Ele afirmou que, pelo prazo regimental, é esperado que parlamentares façam um pedido de vista coletiva (mais tempo para análise) após o nome de Aras chegar ao plenário e antes da sabatina na CCJ, o que inviabilizaria a avaliação da indicação antes do dia 17 de setembro.

Liderança

O Brasil, por meio do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, assumiu ontem a liderança da estratégia de luta global contra a tuberculose, ao ser escolhido o presidente do conselho da Stop TB, organização internacional vinculada ao Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS/ONU), que atua para eliminar a tuberculose no mundo. No Brasil, a organização conta com o apoio da Frente Parlamentar pela Luta contra a Tuberculose, presidida desde 2012 pelo deputado federal Antonio Brito, que também integra, desde 2016, a Frente das Américas.

Participação

O anúncio ocorreu durante a cerimônia - realizada com a presença da diretora-executiva do Stop TB, Lucica Ditiu, e da representante da Organização Pan Americana da Saúde (OPAS) no Brasil, Socorro Gross - em que o Ministério da Saúde incorporou ao Sistema Único de Saúde (SUS) uma nova formulação, simplificada e com mesma eficácia, para o tratamento de crianças menores de 10 anos com tuberculose. No Brasil, foram registrados em 2018 mais de 72 mil novos casos da doença. O deputado baiano Antonio Britto disse que a participação do ministro da Saúde será fundamental na luta contra a doença.

Concessão

A empresa francesa G.L. Events assinará hoje o contrato de concessão do Centro de Convenções de Salvador (CCS) com a Prefeitura. A assinatura ocorrerá às 9h, no local onde acontecem as obras de construção do equipamento, na orla da Boca do Rio, em evento com a presença do prefeito ACM Neto e do secretário de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco. Na mesma ocasião, representantes do trade turístico baiano, a exemplo da ABAV, ABIH, FeBHA, irão vistoriar as obras, que estão 65% concluídas, com previsão de entrega em dezembro próximo.

Ponte

A licitação para a construção da ponte Salvador-Itaparica será publicada no próximo dia 16 de setembro. A informação foi confirmada pelo governador Rui Costa (PT), durante o Fórum Exame 2019, realizado nesta segunda-feira (9), em São Paulo. “E agora, no próximo dia 16, se tudo der certo, nós estaremos publicando licitação de um grande investimento, uma parceria público-privada, da Ponte Salvador-Itaparica, um investimento de R$ 6 bilhões. (...) E, em novembro, nós vamos abrir na Bolsa de Valores de São Paulo o leilão, temos quatro grandes consórcio internacionais participando e buscando parcerias internacionais”, informou o petista.

Podcast

A deputada federal baiana Lídice da Mata (PSB) estreou, ontem, no Podcast. Disponível no Spotify, o “Lídice no Podcast” é uma plataforma na qual a parlamentar baiana faz comentários semanais sobre os temas da política nacional e regional. No primeiro episódio da série, Lídice comenta os trabalhos que serão realizados como relatora na CPI das Fake News, os atos de censura do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella e os índices de violência contra a mulher divulgados pelo jornal Folha de S.Paulo.


Leia a Coluna completa na edição impressa do jornal ou na Tribuna Virtual.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas