Doação de sangue gera pouco interesse entre os jovens

De acordo com o levantamento feito pelo Hemoba, a posição do estoque de sangue encontra-se, neste momento, em níveis abaixo do normal


Tribuna da Bahia, Salvador
11/09/2019 12:10 | Atualizado há 8 dias, 11 horas e 36 minutos

   
Foto: Reginaldo Ipê

Por Poliana Antunes

A doação de sangue é um gesto solidário de doar uma pequena quantidade do próprio sangue para salvar a vida de pessoas que se submetem a tratamentos e intervenções médicas de grande porte e complexidade, como transfusões, transplantes, procedimentos oncológicos e cirurgias. De acordo com a Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado da Bahia (Hemoba), em 2019, apenas 637 adolescentes entre 16 e 17 anos, estiveram interessados na doação.

A Organização Mundial de Saúde (OMS), estima que para garantir os estoques de sangue e a demanda transfusional, cerca de 3% da população deveria ser doadora regular de sangue. Contudo, a Fundação Hemoba explica que, para a meta ser alcançada,só entre o público de 16 a 20 anos, teríamos que ter ao menos 40 mil candidatos em 2019.

De acordo com o levantamento feito pela Fundação, a posição do estoque de sangue encontra-se, neste momento, em níveis abaixo do normal. Segundo a Hemoba, os tipos A-, B-, O- e O+ estão em situação crítica e precisam ser abastecidos "o mais breve possível". 

Especialistas alertam, ainda, que além de pessoas que submetem a procedimentos e intervenções médicas, o sangue também é indispensável para que pacientes com doenças crônicas graves, como Doença Falciforme e Talassemia, possam viver por mais tempo e com mais qualidade, além de ser de vital importância para tratar feridos em situações de emergência ou calamidades.

Triagem

A Fundação Hemoba explica que, durante a triagem dos candidatos,a instituição obedece às normas legais vigentes como a Portaria do Ministério da Saúde n.º 158 de 2016. “O alto rigor no cumprimento dessas normas visa oferecer segurança e proteção ao doador e ao receptor”, ressalta.

De acordo com o Hemoba, segue alguns requisitos básicos e os principais impedimentos temporários e definitivos para doação de sangue. No entanto, esta lista não esgota os motivos de impedimentos para doação, de forma que outras informações prestadas por você durante a triagem clínica serão consideradas para definir se está apto para doar sangue nesse momento.

Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos e que estejam pesando mais de 50kg. Além disso, é preciso apresentar documento oficial com foto e menores de 18 anos só podem doar com consentimento formal dos responsáveis.Pessoas com febre, gripe ou resfriado, diarreia recente, grávidas e mulheres no pós-parto não podem doar temporariamente.

O procedimento para doação de sangue é simples, rápido e totalmente seguro. Não há riscos para o doador, porque nenhum material usado na coleta do sangue é reutilizado, o que elimina qualquer possibilidade de contaminação.

Procedimentos

De acordo com a Fundação Hemoba, todo sangue doado é separado em diferentes componentes (hemácias, plaquetas, plasmas, etc.), assim poderá beneficiar mais de um paciente com apenas uma doação. Esses componentes são encaminhados aos hospitais públicos do estado da Bahia, a fim de atender casos de emergência, pacientes internados e pessoas com doenças hematológicas.

A Fundação ressalta que, embora tenham sido realizados exames no sangue, tais como: hepatite, sífilis, Doença de Chagas, HIV e outros, há um período chamado “janela imunológica”, que é o espaço de tempo entre a contaminação e a positividade do teste. Isso significa que a pessoa pode ter sido contaminada por um agente infeccioso e este não ser detectado através dos exames realizados. 

“Por isso, é fundamental que a pessoa seja sincera na entrevista, que será mantida em sigilo. Honestidade também salva vidas. Diante de um teste positivo ou inconclusivo, o doador será convocado por meio de carta para a realização de um novo exame”.

Onde doar

As doações de sangue podem ser feitas no Hemocentro Coordenador (UC)– Salvador, que fica na Ladeira do Hospital Geral, s/n, Brotas - Complexo HGE, Hemoba e Cican que funciona de segunda a sexta-feira - 07h30 às 18h30 | Sábado - 07h30 às 12h30.

UC Hemoba - Hospital Santo Antônio/Obras Sociais Irmã Dulce – Salvador, localizado na Avenida Bonfim, 161 – Largo de Roma e funciona de segunda a sexta-feira - 07h10 às 11h30 e 13h às 16h.

UC Hemoba - Hospital do Subúrbio – Salvador, localizado na Rua das Pedrinhas, s/n, Periperie funciona de segunda a sexta-feira - 7h30 às 12h e 13h às 16h30.

UC Hemoba - Sac Cajazeiras – Salvador, localizado na Rua Estrada do Coqueiro Grande, s/n, Fazenda Grande lll e funciona segunda a sexta-feira - 7h30 às 15h.


Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas