Raio Laser - 12/9 - Resultado

O prefeito ACM Neto lamentou, ontem, o encerramento das atividades da Petrobras em Salvador e na Bahia


Tribuna da Bahia, Salvador
12/09/2019 09:31 | Atualizado há 10 dias, 12 horas e 39 minutos

   
Foto: Reprodução

O prefeito ACM Neto lamentou, ontem, o encerramento das atividades da Petrobras em Salvador e na Bahia. Na última sexta (6), a estatal anunciou que vai desocupar o edifício Torre Pituba (Ediba), na capital baiana. O presidente nacional do DEM afirmou que espera que a estatal possa rever sua decisão, mas subiu o tom nas críticas ao PT, ao lembrar que a “construção desse prédio foi e é objeto de uma das operações da Lava Jato”. “Eu avalio com preocupação, lamento que a Petrobras tenha tomado essa decisão. (...) Existem sérias apurações de possibilidade de corrupção, de desvios e dinheiro público envolvendo a construção desse prédio que, na minha opinião, foi algo de ‘megalomania” mesmo.

Iorubá imaterial 

O vereador Edvaldo Brito (PSD) conseguiu que o seu projeto tornando a língua Iorubá patrimônio imaterial de Salvador fosse reapresentado ontem, no plenário, e votado em regime de urgência-urgentíssima. Segundo o vereador, foi feita apenas “uma pequena alteração no texto”, com menção a uma lei municipal, e a aprovação foi por unanimidade. Esse foi um dos frutos do acordo feito entre o Legislativo e o Executivo municipal, que esteve representado na Câmara pela procuradora Luciana Hart, para resolver alternativas aos vetos do prefeito a projeto dos vereadores. Brito comemorou, destacando que “tudo isso foi possível graças à democracia e ao respeito entre os representantes do povo e os poderes que constituem o nosso país, tendo à frente o presidente da Casa Geraldo Junior, que coordenou todo o processo”. Edvaldo Brito disse ainda que “agora é aguardar a promulgação da lei para que seja marcada uma grande festa”.

Autoritário

Surpreendeu até aos políticos mais chegados do clã Bolsonaro o discurso, que muitos consideraram fraquíssimo tanto do ponto de vista do conteúdo quanto da forma, feito pelo candidato a embaixador nos EUA em defesa do irmão mais novo e incendiário Carlos Bolsonaro, a propósito de suas declarações contra a democracia como regime que permite a solução de conflitos.

Lembrança

A operação da Polícia Federal que investiu ontem na Bahia contra o Tribunal Regional do Trabalho, surpreendendo muita gente boa da política e dos meios jurídicos, fez advogados recordarem imediatamente de procedimento semelhante que ocorreu em um dos gabinetes importantes do TJ Bahia no ano de 2017, na chamada Operação Vortigem que ainda hoje repercute.

Na mira

Aliás, entre os chamados operadores do Direito, tudo indica que a partir de agora o Judiciário, que sempre foi considerado um poder intocável da República, também terá papel de destaque nas futuras operações da Lava Jato, o que significa que Tribunais de Justiça, além de advogados e magistrados podem entrar na mira dos investigadores do MP.

Discriminação e...

Com a pauta desobstruída, a Câmara de Salvador apreciou ontem projetos de autoria de vereadores. Dentre os aprovados, estão dois classificados polêmicos: um projeto que estabelece multa (que varia entre R$ 10 mil e R$ 100 mil) e possibilidade de cassação do alvará de estabelecimentos em caso de discriminação por orientação sexual e o que prevê proibição do tradicional arrastão realizado na Quarta-feira de Cinzas.


Leia a Coluna completa na edição impressa do jornal ou na Tribuna Virtual.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas