Coluna Boa Terra (Por Valdemir Santana) - Edição do dia 14/9

Mito da economia criativa em Londres, Patrick Towell encantou a “Unesco” e agora desembarca em Salvador


Tribuna da Bahia, Salvador
14/09/2019 11:04 | Atualizado há 9 dias, 14 horas e 43 minutos

   
Foto: Reprodução

O inglês Patrick Towell mudou de vez aquela historia de que nos países civilizados o governo faz e acontece para investir em arte e cultura. Foi quando colocou em ação a sua poderosa agencia “Golant Media Ventures” uma caixa de surpresa e ousadia quando se fala em inovação e criatividade. Segundo a agencia de divulgação “Texto & Cia”, ele chega a Salvador para palestra na quarta feira, 18, na “Unijorge”. A recomendação é sentar para escutar, porque lá vêm novidades.

Ou seja, Patrick mudou para melhor a intensa participação de governos na cena artsy, por exemplo. Suas ações que não ficam apenas em projetozinhos de fundo de quintal, chegaram até a entidades poderosas da cultura mundial, como a “Royal Opera House”. de Londres. É uma das casas de ópera de maior destaque do mundo. Podemos descrever a “Golant”, como uma agência de inovação para setores criativos, culturais, digitais e público.

A mídia mundial cita que a agencia faz proposta de assessorar e criar novos produtos, serviços e principalmente experiências. Pode ser que não esteja ainda ao alcance dos criadores de plantão, mas com certeza os mandachuvas da “Unesco” já o conhecem muito bem. E mandaram ver nos projetos que ele ajudou a criar.

A surpresa do réveillon fica para Caetano Veloso e “Os Mutantes” na festa “Universo Paralello” 

Caetano Veloso viveu o inicio da carreira em plena era hippie que incendiou Arembepe, no final dos anos 1960, mas não pisou na área badalada que chamou a atenção da contracultura mundial para os arredores de Salvador. Agora o cantor acaba de ser anunciado como atração da festa de vinte anos do “Universo Paralello”, os sete dias de musica eletrônica em Pratigi, a duzentos quilômetros de Salvador.

O anúncio da participação de Caetano Veloso foi feito ontem à noite, nas paginas sociais da organização da festa. Caetano canta no “Palco Paralello”, abrindo a programação do dia. “Um dos maiores mestres da música popular brasileira, o grande Caetano Veloso, e seguido de Os Mutantes Benzina aka Scandurra, Ponto de Equilíbrio, Djonga e 3030. Isso é só o começo, pois toda semana vamos anunciar mais um nova atração do Palco Paralello”, promete a organização.

Nas versões anteriores da festa na Bahia, foram contabilizadas mais de 15 mil pessoas participando da festa. É avaliado como uma das maiores festas alternativas de todo mundo. Um dos participantes mais famosos é o californiano Goa Gil, ícone do trance music, que mora na Índia.

Natureba chique também bebe, e aprende com o prestigio do grupo “D.O.M.”

Beber vinho é podre de chique. E fica mais elegante e saudável quando a escolha é por fermentado orgânico, como os vinhos que estão na agenda da sommellier Gabriela Monteleone que participa do “Organic Festival de Ttrancoso”, até amanhã, no exclusivo “Uxua Casa Hotel” do Sul da Bahia.  

Gabriela atua na profissão há quinze anos, e usa como referência a produção da grife “Vinha Unna", da vigneronne Marina Santos. Mais requinte ainda quando se sabe que Gabriela é a Wine Director & Head Somm da holding “D.O.M. Group” comanda pelo internacional chef e restaurateur Alex Atala. Traduzindo, ela é diretora de vinhos e chefe sommelier de uma das mais prestigiadas grifes de gastronomia do mundo.

Coalhado de musas indies, o “Radioca” se reforça com a “Melhor Cantora do Ano”

A produção do gigante “Festival Radioca” que começa a sua quinta edição em Salvador na quarta feira, 6 de novembro, foi rápida no gatilho e num piscar de olhos confirmou o lançamento do álbum “APKÁ!” da paulistana Maria do Céu Whitaker Poças para o evento. E olha que o álbum chegou ontem, sexta feira, apenas às plataformas digitais. Não é tiro no escuro, Ceu como ficou famosa, é oficialmente a “Cantora do Ano”.

A artista que canta bossa nova e world music, ganhou dois cobiçados prêmios “Grammy Latino” e foi eleita como a “cantora do Ano, pela “Associação Paulista de Críticos de Arte”, a APC. Em resumo, o “Festival Radioca" reforça a pegada de apresentar a musica que vai ser sucesso, para não dizer vanguarda. Duas divas baianas da musica indie, estão confirmadissimas. São Josyara e Lívia Nery. 

O show de Céu tem um quesito a mais para destaque. Ele acontece dia 10 de novembro no singular espaço de eventos “Chácara Baluarte”, no bairro neoclássico Santo Antônio. É uma casa típica da burguesia baiana no século XIX, numa transição de estilo suburbano para urbano. 

A poderosa “Animale” continua com pegada baiana após Vitorino Campos 

No mundo da moda tudo se reinventa e tudo se renova. Principalmente quando se trata do luxo e exclusividade da marca “Animale Brasil” que encerrou a parceria com o estilista baiano Vitorino Campos, o diretor criativo das coleções durante cinco anos, mas não dispensa a pegada baiana. A novidade é o lançamento da coleção “New Classic” com releitura da prestigiada alfaiataria.

O que também chama atenção no lançamento é que a top baiana Samile Bermannelli, aquela que saiu de Salvador para brilhar no desfile da “Victoria’s Secret” está em destaque no editorial com fotos publicadas na “Harper's Bazaar Brasil”. Ou seja, mantém a pegada baiana. Outra historia é que coincidência pouca é bobagem. “New classic” lembra a “New Look” de Christian Dion, que incendiou a moda a partir da Avenue Montaigne, de Paris, nos anos 1940. E o lançamento ganhou este nome, batizado por Carmel Snow, o todo poderoso editor da “Harper’s Bazaar”.


Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas