Operação da PF combate fraudes de R$ 7 milhões contra o INSS

Um homem foi levado de um apartamento no bairro da Barra, na capital baiana, mas ainda não foi confirmado se ele foi preso ou conduzido


Tribuna da Bahia, Salvador
09/10/2019 07:28 | Atualizado há 14 dias, 7 horas e 54 minutos

   
Foto: Reprodução

A Polícia Federal deflagrou na manhã de hoje (9) a Operação Caduceu, que visa desarticular uma organização criminosa atuante nos Estados da Bahia, Sergipe, Alagoas e Pernambuco, voltada à prática de fraudes em desfavor do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

São cumpridos 15 mandados judiciais: três de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão, em Salvador e Camaçari, na Bahia, e em Aracaju, Sergipe. Um homem foi levado de um apartamento no bairro da Barra, na capital baiana, mas ainda não foi confirmado se ele foi preso ou conduzido.

O prejuízo estimado aos cofres públicos supera os R$ 7 milhões, relativos a pelo menos 140 benefícios com constatação de fraude. Segundo a PF, com o avançar das investigações, os números ainda podem ser superiores.  

O grupo criminoso é liderado por um dos maiores fraudadores da história do INSS, na área de benefícios. Há registros da conduta criminosa deste estelionatário desde a década de 1980,

Com informações do Metro 1

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas