Motoristas infringem regras provocando acidentes na Região da Sete Portas

A ideia é para poupar tempo, caminho ou simplesmente ter a sensação de vencer o proibid


Tribuna da Bahia, Salvador
12/11/2019 08:20 | Atualizado há 22 horas e 38 minutos

   
Foto: Romildo de Jesus / Tribuna da Bahia

Por: Cleusa Duarte


Enquanto as obras de requalificação por parte da prefeitura de Salvador não ficam prontas no trecho do Aquidabã aos Dois Leões, motoristas aproveitam as intervenções provisórias e cometem todos os tipos de infrações. A ideia é para poupar tempo, caminho ou simplesmente ter a sensação de vencer o proibido. Falta de conscientização e educação. Em apenas 30 minutos, a reportagem da Tribuna da Bahia identificou algumas delas, ontem pela manhã.

Observamos que em segundos que o agente da Transalvador virava para chamar a atenção de algum motorista ou ajudar a passagem de algum pedestre mais abaixo alguns carros davam a famosa “roubadinha”, infração gravíssima, com penalidade prevista de (sete pontos na carteira e multa de R$ 293,47), “mas dificilmente em uma rua grande o agente consegue ver que estamos cometendo a infração”, diz o motorista de um Fiat branco, Juarez, que virava do sentido Aquidabã para Dois Leões em frente ao mercado da sete Portas, onde estão instalados cones provisórios da Transalvador .

O vendedor Giliardo Santos, 25, de uma loja de fogões argumenta, que os motoristas estão infringindo muito as leis e vários acidentes estão ocorrendo na região, “andam em alta velocidade, às vezes retornam na contramão e passam por cima dos cones. Aqui já vi, por esses dias uma adolescente de muletas cair por conta de um motorista raspar o carro na sua muleta.”

Caio Figueiredo também vendedor na região afirma que desde a retirada do passeio e colocação dos cones, “os motoristas enlouqueceram. Acham que a pista é livre. Ciclista já caiu da bicicleta, porque quando o carro quer passar passa mesmo e vira no sentido oposto sem aviso. Os agentes ficam apitando o tempo todo e não resolve.”

Para o pedestre Everaldo Ferreira virou um perigo atravessar de um lado para o outro na região “sem o passeio os motoristas transitam em alta velocidade, na contramão, retornam em qualquer sentido e atropelam pedestres. Ciclistas e motoqueiros também são imprudentes com pedestres.”

Indagado sobre por que não ia mais adiante para contornar o motorista de um Ford vermelho disse sem espanto algum, que “ o caminho era maior e fica mais rápido passar por aqui.”

As obras de requalificação entre Aquidabã até o Dois Leões começaram em fevereiro e estão sendo executadas pela Prefeitura. O investimento na intervenção foi orçado em R$ 16 milhões. Todos os pontos de ônibus estão sendo ampliados e contarão com baias para os passageiros. Anteriormente, os ônibus paravam na própria pista de rolagem para embarque e desembarque, causando engarrafamentos e lentidão no trânsito. As intervenções envolvem também pavimentação asfáltica, com a troca do asfalto velho por um novo, melhorando a mobilidade; microdrenagem e macrodrenagem, resolvendo problemas de alagamento entre a antiga rodoviária e o Dois Leões; colocação de passeio em concreto dentro dos padrões modernos de acessibilidade; implantação de ciclovia; e meio-fio em granito. Todo o trecho também está sendo arborizado e a iluminação será em LED, contribuindo para melhorar a segurança de quem circula pela região. No total, a requalificação envolve um trecho de três quilômetros.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas