Otto diz que Rui Costa só vai tratar de eleição em 2020

O senador Otto Alencar disse, ontem, que o governador Rui Costa (PT) só vai tratar de eleição no próximo ano


Tribuna da Bahia, Salvador
12/11/2019 10:30 | Atualizado há 10 dias, 7 horas e 7 minutos

   
Foto: Estadão

Por: Rodrigo Daniel Silva


Presidente do PSD na Bahia, o senador Otto Alencar disse, ontem, que o governador Rui Costa (PT) só vai tratar de eleição no próximo ano. “A última vez que eu tive com ele, ele disse que vai deixar (a discussão sobre o pleito) para o próximo ano até porque esse ano é ano de gestão. Ele tem razão”, declarou o senador, em entrevista à rádio Metrópole. O senador afirmou que seu partido ainda não definiu se terá postulante ao Palácio Thomé de Souza em 2020. Segundo ele, a sigla tem hoje dois nomes: o deputado federal Antonio Brito e o ex-deputado Manassés.

“O governador ainda não se manifestou a respeito de que candidato que ele vai apoiar. Nós estamos aguardando. Vamos aguardar a decisão do governador. Estamos na base do governador e vamos procurar fazer as coisas sintonizadas dentro da base. Sempre procuro a manifestação de bom juízo dentro da base. Não vou ser o elemento desagregador. E ele não conversou conosco”, pontuou. Otto Alencar criticou a antecipação do debate eleitoral e defendeu a unificação de pleitos. “É um absurdo. O Brasil não vai suportar isso. Não se fala de outra coisa depois da reeleição de Rui Costa do que na sucessão municipal em todos os municípios da Bahia. Não é só na capital. É uma coisa que o Congresso deveria mudar”, ressaltou. O senador criticou a situação política da Bolívia após Evo Morales renunciar a Presidência. Para ele, o ex-presidente boliviano queria se “perpetuar no poder”. "Dizem que era bom presidente, mas eram 12 anos. [Queria] mais quatro anos, 16 anos. Ai a população se insurge quanto a isso", ressaltou.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas