Raio Laser - 19/11 - Lula livre

Num duro pronunciamento sobre a candidatura do PT, o cientista social Ademário Costa, empossado ontem presidente da legenda em Salvador, disse que não pretende fazer um convite ao presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, para que ele entre


Tribuna da Bahia, Salvador
19/11/2019 06:00 | Atualizado há 22 dias, 12 horas e 12 minutos

   
Foto: Reprodução / Google fotos

Num duro pronunciamento sobre a candidatura do PT, o cientista social Ademário Costa, empossado ontem presidente da legenda em Salvador, disse que não pretende fazer um convite ao presidente do Esporte Clube Bahia, Guilherme Bellintani, para que ele entre no partido e possa concorrer à Prefeitura de Salvador. Segundo ele, as pessoas têm que pedir para entrar nos partidos políticos. "Fico muito feliz de ver que o PT está no centro do debate político da cidade, mas todo cidadão que quiser incorporar a bandeira do Lula Livre, que quiser incorporar a bandeira da luta de classes e do desprivatizar a cidade do Salvador pode pedir filiação ao PT. Não cabe a gente fazer este debate", afirmou, ao chegar na solenidade de sua posse, no Sindae.

Rede... (Heloísa Helena)

A ex-senadora Heloísa Helena (Rede) disse ontem, logo após desembarcar em Salvador, que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o ex-presidente Lula fomentam e sobrevivem da farsa da polarização, porque o modelo político que representam, com nuances diferenciadas, são muito parecidos. "Para nós que não aceitamos o servilismo a estas duas personalidades, é difícil buscar um caminho, mas necessário", disse a senadora, que veio a Salvador participar do lançamento da pré-candidatura do sindicalista Magno Lavigne, à Prefeitura de Salvador.

Em Salvador

Heloisa Helena se referiu ao fato de tanto Bolsonaro quanto Lula terem privatizado estatais e aprovado a reformas na Previdência para dar exemplo de como são adversários que, aparentemente em campos opostos, agem de maneira parecida. "Quem acompanha a recente história vê quem privatiza, quem fez a reforma da Previdência, os dois fizeram", afirmou Heloísa, defendendo a pré-candidatura de Magno como uma liderança jovem que se encaixa perfeitamente no perfil da Rede de apresentar à sociedade figuras como perfil ágil e eficiente para enfrentar problemas da cidade.

Hora certa (ACM Neto)

O prefeito ACM Neto (DEM) disse ontem, ao participar da inauguração da decoração natalina, na Praça do Campo Grande, que vai fazer as conversas sobre a sucessão municipal do próximo ano na hora certa, nunca antes do dia 10 ou 15 de dezembro. Ele afirmou que pretende aproveitar principalmente as duas últimas semanas de dezembro para conversar com os aliados e parceiros a fim de mostrar o que pensa e o que pretende para o próximo ano, principalmente com relação à definição do candidato do grupo à sua sucessão.

Absurdo

No mesmo evento, no qual chegou contente, o prefeito ACM Neto (DEM) classificou como um absurdo a proposta de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, discutida no Congresso depois que manifestantes foram às ruas no domingo pedir o seu afastamento e do presidente do STF, Dias Toffoli. Neto deu as declarações ao chegar para a festa de inauguração da decoração natalina da cidade, no Campo Grande. O prefeito também minimizou a tese de que a soltura do ex-presidente Lula provoque um aumento da polarização com candidatos dos dois grupos na cidade.

Demissões

Mais de 500 agentes de portaria que trabalham para a prefeitura de Salvador receberam a notícia, nontem, de que serão substituídos por um sistema de monitoramento de câmeras. A denúncia foi feita ao deputado federal Bacelar (Podemos) pelos próprios agentes de empresas terceirizadas. Segundo a categoria, o prefeito ACM Neto deve anunciar mais 500 demissões até a semana que vem.

Desdobramentos (Otto Alencar)

Para o senador Otto Alencar (PSD) haverá desdobramentos no Senado com a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, que lembrou ser inédita, de avocar para si dados fiscais de 600 mil pessoas, jurídicas e físicas. “Há uma ebulição em instituições garantidoras do regime democrático, um desentendimento completo entre o executivo, o Ministério Público e o Supremo”, afirmou Otto, observando ser a primeira vez na história do país que o presidente do STF toma a medida.

Com Bruno (Dayane Pimentel)

Presente em posição de destaque, pela primeira vez depois do rompimento com Jair Bolsonaro, num ato da Prefeitura de Salvador, a deputada federal Dayane Pimentel (PSL) renovou ontem seu apoio ao nome do vice-prefeito Bruno Reis (DEM) para a sucessão municipal, lembrando que seu posicionamento é este desde que firmou uma aliança de apoio ao governo do prefeito ACM Neto (DEM), no princípio do ano. Ela acompanhou a inauguração da decoração natalina em Salvador, no Campo Grande.

Provocação

O deputado federal Paulo Azi, presidente do DEM na Bahia, voltou a alfinetar o governador Rui Costa (PT) devido à nova viagem do petista à Europa. “Enquanto o governador dá as costas para Salvador, em inacabáveis férias pela Europa que ele escandalosamente chama de missão, a Bahia perdeu posição para Santa Catarina e agora é a sétima economia nacional”, ressalta. Segundo Azi, o governador tem viajado muito para a Europa, já foi à Alemanha, Espanha, França, mas o resultado dessas viagens nunca foi apresentado à sociedade baiana. "É gasto do dinheiro público em viagens turísticas. Até para a China sua comitiva já foi e nada de bom para o estado foi efetivado", cutucou.

Pibinho

Com base em indicadores disponíveis até dia 14 de novembro, o Centro de Macroeconomia Aplicada (EMAP) da FGV EESP estima que o crescimento do PIB do terceiro trimestre de 2019 em comparação com o segundo trimestre, já ajustado sazonalmente, deve ser de 0,4%. Se este resultado se confirmar, a economia brasileira apresentará o segundo trimestre de crescimento positivo, mas ainda sem grande aceleração do ritmo de expansão. A aceleração deve ficar para o último trimestre de 2019 garantindo uma taxa anual próxima a 1%. 

Consórcios públicos

Visando compartilhar informações e fortalecer a Política de Consórcios Públicos no Estado, a Assembléia Legislativa da Bahia promove no dia 27, às 9h, no Auditório Jornalista Jorge Calmon, audiência pública para debater a política de consórcios. “Esses arranjos públicos intermunicipais vem ganhando musculatura na Bahia e tem demonstrado bom nível de organização e grande mobilização política”, diz o deputado estadual Zé Cocá (PP), autor da proposta de audiência pública, juntamente com o deputado Osni Cardoso (PT). A Confederação Nacional dos Municípios (CNM), com sede em Brasília, foi convidada para participar do evento.

Contaminação

A Assembleia Legislativa realizará audiência pública hoje, às 10h, para discutir sobre os impactos do vazamento de óleo na saúde de pescadores, marisqueiras e voluntários. Por iniciativa da deputada estadual Fabíola Mansur (PSB), a audiência vai prestar orientações para os grupos populacionais que estão mais expostos aos riscos de contaminação, seja pela inalação, pelo contato com a pele ou pela ingestão de alimentos contaminados. “Estima-se que mais de 150 mil pescadores e marisqueiras atuem no litoral do Nordeste brasileiro. E um percentual significativo pode estar afetado com o derramamento do petróleo”.


Leia a Coluna completa na edição impressa do jornal ou na Tribuna Virtual.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas