PRF: número de óbitos nas estradas baianas caiu pela metade no feriadão

Até as 23h59 de domingo, foram fiscalizados 10.329 veículos e 11.090 pessoas durante toda a operação, resultando em flagrantes e autuações de 3.679 condutores cometendo infrações diversas


Tribuna da Bahia, Salvador
19/11/2019 08:20 | Atualizado há 22 dias, 10 horas e 2 minutos

   
Foto: Reprodução / Google fotos

Por: Rayllanna Lima


A prudência prevaleceu nas estradas federais e estaduais que cortam a Bahia, durante o feriadão de Proclamação da República (15 de novembro). De acordo com dados divulgados nessa segunda-feira (18) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), o número de óbitos caiu pela metade, na comparação com o mesmo período do ano passado.

A operação ocorreu entre quinta (14) e domingo (17), quando foi intensificada a fiscalização e o policiamento orientado, com foco na prevenção dos acidentes e o combate à criminalidade. De acordo com o balanço, houve ainda queda de 15% no número de feridos, além de um grande índice de veículos recuperados, pessoas detidas e testes de alcoolemia realizados.

Até as 23h59 de domingo, foram fiscalizados 10.329 veículos e 11.090 pessoas durante toda a operação, resultando em flagrantes e autuações de 3.679 condutores cometendo infrações diversas. Uma das infrações mais constatada, a ultrapassagem proibida, foram 708 autos extraídos. “Nunca é demais enfatizar que a colisão frontal, quase sempre causada pelas ultrapassagens indevidas, é o tipo de acidente que mais fere gravemente e mata pessoas em rodovias do país inteiro”, destaca a PRF, em nota.

A mistura entre bebida alcoólica e direção foi uma das maiores preocupações da PRF. Durante as abordagens, foram realizados 5.655 testes com etilômetro (bafômetro), que flagraram 119 condutores dirigindo sob efeito do álcool, infração gravíssima, com multa de R$ 2.934,70. A operação também resultou na emissão de 58 autos de infração para motociclistas ou passageiro sem capacete e 6 motoristas foram flagrados trafegando manuseando o aparelho celular. Sem o cinto de segurança foram 253 autuações.

No balanço referente aos acidentes, foram registrados 37 ao longo dos quatro dias de operação. Destes, 10 foram graves, com pelo menos um morto ou ferido gravemente. No geral, duas pessoas morreram e 40 ficaram feridas.

Combate à criminalidade

Durante os quatro dias da operação, a PRF na Bahia recuperou 9 veículos e 40 pessoas foram detidas por diversos crimes. Também foi responsável pela apreensão de 100kg de maconha. As abordagens resultaram ainda na apreensão de 1 arma de fogo.

A respeito droga apreendida, a PRF informou que a ocorrência foi registrada na noite de domingo (17), no Km 677 da BR 116, trecho do município de Jequié, durante abordagem a ônibus que seguia de São Paulo (SP) com destino a cidade alagoana de Arapiraca. No compartimento externo de bagagens foi encontrado em duas malas 183 tabletes contendo a substância entorpecente.

A droga estava em posse de uma mulher de 34 anos. Ela informou que recebeu o entorpecente na região do Brás em São Paulo (SP) e pretendia levá-la até a capital sergipana de Aracaju. Disse ainda que receberia R$ 6 mil pelo transporte da droga. A mulher foi presa em flagrante e responderá pelo crime previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas