Lucro das empresas de capital aberto cresceu 10,6% no terceiro trimestre

Dos 26 setores analisados, apenas seis tiveram prejuízo no terceiro trimestre, de acordo com levantamento da Economatica


Tribuna da Bahia, Salvador
19/11/2019 11:00 | Atualizado há 22 dias, 6 horas e 55 minutos

   
Foto: Miguel Schincariol/AFP/Arquivo

As empresas com ações negociadas na bolsa brasileira lucraram, juntas, R$ 59,7 bilhões no terceiro trimestre deste ano, segundo levantamento feito pela Economatica e divulgado nesta segunda-feira (18). O valor representa uma alta de 10,6% em relação ao mesmo trimestre do ano passado, quando o ganho das empresas somado foi de R$ 54 bilhões.

O levantamento foi realizado com 309 empresas e teve como base nos demonstrativos financeiros padronizados entregues à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Dos 26 setores analisados, apenas seis tiveram prejuízo no terceiro trimestre. O setor bancário, com lucro líquido de R$ 21,6 bilhões, teve o melhor desempenho. O pior foi o de celulose - prejuízo de R$ 3,3 bilhões.

Lucro líquido das companhias no terceiro trimestre — Foto: Arte/G1

Lucro líquido das companhias no terceiro trimestre — Foto: Arte/G1

No recorte por empresas, o melhor desempenho foi apurado pela Petrobras, com lucro de R$ 9,087 bilhões. Na sequência, apareceram Vale (R$ 6,542 bilhões), Bradesco (R$ 5,837 bilhões) e Itaú (R$ 5,576 bilhões). Na outra ponta, a maior perda foi registrada pela Suzano (prejuízo de R$ 3,461 bilhões).

Empresas mais lucrativas — Foto: Arte/G1

Empresas mais lucrativas — Foto: Arte/G1

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas