Raio Laser - 30/11 -Críticas

O governador Rui Costa (PT) e o deputado federal Nelson Pelegrino (PT) aproveitaram ontem a solenidade de posse do segundo, no comando da secretaria estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), para dirigir críticas ao prefeito ACM Neto (DEM) e ao presiden


Tribuna da Bahia, Salvador
30/11/2019 07:46 | Atualizado há 8 dias, 20 horas e 41 minutos

   
Foto: Reprodução

O governador Rui Costa (PT) e o deputado federal Nelson Pelegrino (PT) aproveitaram ontem a solenidade de posse do segundo, no comando da secretaria estadual de Desenvolvimento Urbano (Sedur), para dirigir críticas ao prefeito ACM Neto (DEM) e ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido). 

Certeza (Otto Alencar)

O senador Otto Alencar (PSD) defendeu ontem o governador Rui Costa (PT) da informação segundo a qual a desembargadora Maria do Socorro, presa por determinação do ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), por envolvimento num suposto esquema de venda de sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia, pudesse ter dirigido um bilhete ao chefe do executivo estadual, pedindo regalias para o trânsito no aeroporto de Salvador de uma aeronave de uso do falso Cônsul acusado de ser o principal operador do esquema. Segundo o senador baiano, ele tinha certeza de que o governador não teria feito nenhum ato que pudesse transgredir a lei. O bilhete foi encontrado pelos investigadores.

Constrangimento

A prisão da desembargadora Maria do Socorro Santiago deixou constrangidos ontem muitos colegas dela, exatamente por causa da liderança que exercia sobre muitos. Especialmente as colegas mulheres, diziam que Socorrinho, como é mais conhecida entre os próximos, "não merecia" passar pelo constrangimento de ser presa em plena manhã de sexta-feira.

Preço alto

Aliás, muitas colegas de Socorro diziam que ela pagou o preço do envolvimento com um genro complicado, como se referem ao advogado Márcio Duarte Miranda, segundo os investigadores da Faroeste, verdadeiro operador do esquema para a desembargadora e cuja prisão foi convertida em preventiva ontem pelo ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça.

Sem eleições?

Desembargadores já avaliavam ontem que dificilmente o Tribunal de Justiça conseguirá realizar eleições para a renovação de seu comando tão cedo, depois da prisão da desembargadora Maria do Socorro Santiago, que pegou a muitos entre eles de surpresa. Um magistrado chegou a sugerir que o atual presidente interino, Augusto Bispo, permaneça na Corte até o ano que vem.

Já pensou

Aliás, muitos dos magistrados diziam ontem não entender o motivo de articulações com vistas à sucessão do desembargador Gesivaldo Brito continuarem à toda, com alguns colegas se colocando à disposição dos colegas para disputar a Presidência do Tribunal. Um dos candidatos, dizia-se ontem na Corte, chegou a despachar no processo alvo da Faroeste.

Verificada

Um desembargador ruminava ontem sobre a operação Faroeste, dizendo que o Superior Tribunal de Justiça deveria empreender também, junto com o Ministério Público Federal e a Polícia Federal, uma operação sobre o Ministério Público Estadual. Sem dar pistas, dizia que, sem querer macular a imagem da instituição, uma "verificada" é sempre necessário em qualquer órgão.

Homenageados (Baltazar Miranda)

Nesta segunda-feira, a Assembléia Legislativa da Bahia concede o título de “Cidadão Baiano” ao desembargador Baltazar Miranda Saraiva, e a “Comenda 2 de Julho” ao ministro do Superior Tribunal Militar, Francisco Joseli Parente Carmelo (ex-comandante da Base Aérea de Salvador). Às 10 horas.

Cidadão 

Por proposição do vereador Marcos Mendes, o jornalista Walmir Damasceno recebe nesta segunda-feira o título de “Cidadão da Cidade do Salvador”. Nascido em Barra do Rocha, foi colaborador da Tribuna da Bahia nos idos dos anos 70, e hoje reside em Itapecerica da Serra (SP).

Feminicídio  (Lídice da Mata)

Mais uma vítima e os números de feminicídio só aumentam na Bahia. O último caso registrado, foi o da jovem quilombola e estudante de Serviço Social, Elitânia de Souza da Hora, de 25 anos, morta a tiros pelo ex-namorado, no município de Cachoeira, recôncavo baiano.  De acordo com o Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (Caodh), até setembro de 2019, 117 mulheres foram mortas. Ainda segundo dados do Caodh, em 2018 o número de mulheres assassinadas em todo o ano, chegou a 134 casos registrados. E em 2017, foi inferior, chegando a 108 ocorrências. Os dados são retirados do Sigip - sistema que registra as operações policiais na Bahia.

Delegacias

Com o aumento expressivo do número, as parlamentares e representantes do Partido Socialista Brasiliero (PSB) na Bahia, se pronunciaram em suas redes sociais: “Fui acionada pela vereadora Cristina que está dando todo o apoio aos familiares da vítima e entrarei em contato com a secretária Fabya (Reis), da SPM. Cheguei a apresentar o projeto de uma emenda, mas o município não tem um núcleo de combate à violência contra a mulher, o que é lamentável. Esperamos que a Justiça aja com rigor e o culpado seja punido”, reforçou a deputada federal Lídice da Mata, que defende o aumento do número de delegacias em todo o estado.

Saúde

A Prefeitura de Salvador, através da Secretaria Municipal da Saúde, lançou uma portaria para as instituições de ensino superior interessadas em firmar convênio para implantação da Residência Médica em Saúde da Família. De acordo com edital, as entidades interessadas terão até o dia 16 de dezembro para entrega dos documentos para viabilizar a parceria. Os Cursos de Residência Médica têm característica de pós-graduação, sob a forma de treinamento em serviço. Implantada esse ano pela gestão municipal, atualmente 33 médicos residentes atuam na rede básica da capital. Para 2020, 38 novas vagas estão asseguradas por meio da incorporação dos convênios com a FTC (14 vagas) e Fundação Estatal Saúde da Família (24 vagas).


Leia a Coluna completa na edição impressa do jornal ou na Tribuna Virtual.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas