Raio Laser - 3/12 - Rodoviária

O governador Rui Costa assinará hoje o contrato para a construção da nova Estação Rodoviária de Salvador, no bairro de Águas Claras


Tribuna da Bahia, Salvador
03/12/2019 09:40 | Atualizado há 7 dias, 52 minutos

   
Foto: Manu Dias/Gov-BA

O governador Rui Costa assinará hoje o contrato para a construção da nova Estação Rodoviária de Salvador, no bairro de Águas Claras. A cerimônia será realizada às 15 horas, no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), com a presença do secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, e dos representantes do Consórcio Terminal Rodoviário de Salvador. A ser implantada às margens da BR-324, a nova rodoviária abriu um imbróglio com a Prefeitura de Salvador, que alega que parte do terreno (35%) pertence ao município. Devido ao impasse, o governo do Estado entrou com uma ação na Justiça para solicitar a desapropriação. No último dia 22, o juiz Ruy Eduardo Almeida Britto, da 6ª Vara da Fazenda Pública de Salvador, expediu, provisoriamente, a transferência da posse do terreno ao Estado. No entanto, a prefeitura pode recorrer ainda da decisão.

Investimento

O governador Rui Costa inaugurou um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS III) e uma Unidade Básica de Saúde (UBS) Tipo II, nesta segunda-feira (2), em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Os equipamentos somam um investimento de R$ 4,6 milhões, realizado pelo Governo do Estado através da Secretaria de Saúde (Sesab). “O Governo do Estado tem, aproximadamente, meio bilhão de reais investidos na cidade, com obras de esgotamento sanitário, abastecimento de água e nas áreas da educação e da saúde, a exemplo dessas duas unidades que entregamos hoje. Vamos continuar investindo em novas obras. Em janeiro, voltaremos para inaugurar mais uma Unidade Básica de Saúde”, declarou Rui.

Na linha (Jair Bolsonaro)

A declaração do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) de que ligaria para o colega Donald Trump para pedir que revisse a decisão de aumentar as tarifas do aço e do alumínio foi motivo de piada entre deputados ontem no Congresso, em especial de baianos, todos descrentes de que o norte-americano fosse, de fato, sair dos seus cuidados para atendê-lo.

Sem impacto

Pouca gente acredita que a polarização nacional, hoje entre o PT e o presidente Jair Bolsonaro, vá influir na sucessão do próximo ano nos municípios. Portanto, quem alimentou em algum momento a expectativa de que a associação à imagem de Bolsonaro ou à de Lula possa impactar na campanha ou no resultado da eleição pode ir se retirando de cena.

R$ 17 mi

As últimas informações sobre o caso da desembargadora Maria do Socorro, presa sob o argumento de que participara de um suposto esquema de venda de sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia, dão conta de que movimentou mais de R$ 17 milhões no período de seis anos, segundo os investigadores, valores incompatíveis com seus vencimentos no TJ.

Muito dinheiro

Os valores movimentados por Socorrinho, como é conhecida pelos mais íntimos no TJ, são inferiores, no entanto, conforme as mesmas investigações, ao dinheiro que passou pelas contas do presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Gesivaldo Brito, que teria movimentado, segundo a Faroeste, o equivalente a R$ 24 milhões, também incompatível com seus vencimentos no TJ.

Na estrada (Alan Sanches)

Em entrevista ontem ao programa "Política na Mesa", o deputado estadual Alan Sanches (DEM) disse que o prefeito ACM Neto (DEM) tem deixado o governador Rui Costa (PT) na estrada quando o assunto é capacidade de iniciativa e realização. Referia-se ao Centro de Convenções que, apesar de prometido pelo governo, será entregue pelo prefeito na Boca do Rio, cuja inauguração deve ser em janeiro.

Injusto (Jorge Solla)

No PT, têm sido frequentes as críticas à decisão dos deputados Jorge Solla e Robinson Almeida, que insistem em afirmar que serão pré-candidatos a prefeito no partido. A maioria acha que, no fundo, eles estão apenas utilizando-se da sucessão de 2020 para tentar fortalecer seus nomes para 2022, quando deverão disputar a reeleição, o que consideram injusto.

Críticas

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) avaliou ontem o transporte público em Feira de Santana. O parlamentar participou da audiência pública "Transporte Coletivo: dificuldades e desafios dos feirenses", ao lado  do deputado federal Zé Neto e do vereador Alberto Nery, na Associação Comercial do município. Robinson também disse que teme que o BRT da Princesa do Sertão vire "uma lenda urbana" e sugeriu que o governo do estado pudesse assumir as obras iniciadas em 2015 pela prefeitura municipal.

Garantia (Eden Valadares)

Quem toma posse neste sábado no comando estadual do PT é o assessor do senador Jaques Wagner, Eden Valadares. Éden foi eleito com uma plataforma de renovação do partido na Bahia, de democratização da sua gestão, de aproximação com os movimentos sociais e fortalecimento do PT para as eleições 2020 e 2022. Com isso, sua vitória significa a garantia de que o partido vai escolher Wagner para candidato a governador, em 2022.

Prêmio Jânio Lopo

O vereador Téo Senna (PHS) comemora mais um ano do Prêmio Jânio Lopo de Jornalismo, que chega à 6ª edição em 2019. A solenidade de premiação será no dia 17 de dezembro, às 9h, no Plenário Cosme de Farias. O parlamentar é o autor do Projeto de Resolução nº 14/2010 que instituiu o Prêmio Jânio Lopo na Câmara Municipal de Salvador. O prêmio tem como objetivo homenagear o jornalista Jânio Lopo, da Tribuna da Bahia, falecido em 5 de março de 2010, e os profissionais de imprensa que fazem a cobertura jornalística das atividades legislativas da Câmara. O jornal será representado pela terceira vez consecutiva pelo repórter de política, Henrique Brinco, que está entre os indicados escolhidos pela organização da cerimônia.


Leia a Coluna completa na edição impressa do jornal ou na Tribuna Virtual.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas