Raio Laser - 7/12 - Possibilidades

Pouca gente acredita que o secretário municipal de Saúde, Leo Prates, está indo para o PDT, no próximo dia 4 de janeiro, apenas para se credenciar como primeira opção para a vice na chapa do vice-prefeito Bruno Reis (DEM), candidato do prefeito ACM Neto (


Tribuna da Bahia, Salvador
07/12/2019 07:10 | Atualizado há 14 dias, 4 horas e 42 minutos

   

Pouca gente acredita que o secretário municipal de Saúde, Leo Prates, está indo para o PDT, no próximo dia 4 de janeiro, apenas para se credenciar como primeira opção para a vice na chapa do vice-prefeito Bruno Reis (DEM), candidato do prefeito ACM Neto (DEM) à sucessão municipal. Para a maioria, Prates só se prestaria a pagar o mico de pedir desfiliação do DEM alegando ter sofrido bullying de companheiros antigos da legenda, porque está disposto a brigar, de fato, pela cabeça da chapa, o que pode trazer sérios desafios à administração da pré-campanha para Bruno. Uma ala do Democratas, no entanto, garante que o jogo foi combinado com o vice e o prefeito e que não há risco de que saia do controle. Ou seja, Prates vai para o PDT, deflagra sua pré-campanha, mas, ao final e ao cabo, compõe com Bruno, construindo a chapa mais pur o-sangue do “netismo” da história de Salvador.

Espantados (Heraldo Rocha)

O ex-deputado Heraldo Rocha e o vereador em Salvador Alexandre Aleluia ficaram espantados por terem sido acusados por Léo Prates de praticarem bullying contra ele durante o período em que conviveram no partido. Dificilmente os dois dirão à Justiça Eleitoral algo que justifique o pedido de justa causa da parte de Léo Prates para deixar o DEM.

Pressão...

Foi o suficiente o senador Flávio Bolsonaro (SP) declarar na convenção da Ademi, no Litoral Norte, que José Ronaldo poderia ser um quadro a integrar e eventualmente dirigir o Aliança pelo Brasil na Bahia para a chamada milícia digital do bolsonarismo cair matando sobre o ex-prefeito de Feira de Santana, desaconselhando o filho de Jair Bolsonaro a alimentar qualquer tipo de expectativa com relação a ele. 

... contra

Pelas redes sociais, passaram a circular rapidamente matérias atestando que Ronaldo é contra o armamento civil, uma das bandeiras do bolsonarismo, e que votou pela eleição do presidente em 2018, quando concorreu ao governo, apenas para derrotar o PT nas eleições. "Assim, ficou difícil qualquer o entendimento de José Ronaldo com os Bolsonaro", disse uma fonte do partido do presidente na Bahia.

Centenário

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus celebra hoje o centenário (1919-2019) da congregação na Bahia. A celebração será na Arena Fonte Nova, em Salvador, no dia 07 de dezembro. Os fiéis que comparecem a celebração vão assistir as apresentações musicais de Eliã Oliveira, Canção e Louvor, Clayton Queiroz, Pr. Genival Bento, Obede e Tainá, Walkíria Nunes, Celina Bastos e Gleide Damas. Quem estará presente é o deputado federal Alex Santana (PDT).

Propaganda

Apresentar um balanço das ações realizadas em 2019 pela Federação Nacional das Agências de Propaganda (Fenapro) e pelos Sindicatos das Agências de Propaganda estaduais. Esse é o objetivo da última reunião nacional que a Fenapro realiza este ano. O encontro, que acontece na próxima terça-feira (10), das 15h às 17h30, em São Paulo, reunirá os representantes dos Sinapros de todo país. A presidente do Sinapro-Bahia, Vera Rocha, participará do evento, que irá apresentar o planejamento de atividades para 2020 e a nova diretoria da Fenapro para o próximo triênio. A reunião contará com a parceria da Apple do Brasil e ocorrerá na sede da empresa, localizada na capital paulista.

Justiça

Incrementar o intercâmbio de experiências e ideias implantadas nos tribunais brasileiros em relação à Justiça Restaurativa. Este é o objetivo do evento promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), com apoio do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), por meio da Universidade Corporativa (Unicorp), nesta segunda e terça-feira (9 e 10/12), em Salvador. O Presidente do Conselho e do Supremo Tribunal Federal, Ministro Dias Toffoli, fará a conferência magna do evento.

VIP

Para desespero dos governistas, a secretária estadual de Relações Institucionais, Cibele Carvalho, está dando um tratamento considerado por eles como VIP aos colegas da oposição na Assembleia, conseguindo destravar a liberação de pequenos recursos a que nem a base do governador Rui Costa (PT), nos últimos tempos, tem tido direito.

Trata-se de um feito que nem César Lisboa, no governo Jaques Wagner, nem Josias Gomes, que ocupou a mesma função no governo Rui Costa, conseguiram, admitem alguns deputados da oposição, afirmando que a secretária é transparente, pragmática e não promete o que não pode cumprir, prática, segundo eles, muito diferente da dos seus antecessores.

Esvaziado

Prestes a completar um ano sob a gestão do governo do presidente Jair Bolsonaro, o Ministério do Meio Ambiente é hoje uma pasta esvaziada, com boa parte de seus cargos chaves sem comando, além de uma execução baixa do orçamento destinado aos principais programas que estão sob a responsabilidade do ministro Ricardo Salles. São os dados do próprio ministério que atestam o esvaziamento administrativo do órgão e a paralisia de programas fundamentais para o setor.


Leia a Coluna completa na edição impressa do jornal ou na Tribuna Virtual.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas