Operação Verão da Marinha inicia dia 22 de dezembro

A Operação Verão acontece em conjunto com a campanha “Legal no Mar – Navegue com Segurança”, que este ano aborda o tema “Amazônia Azul - Mar limpo é vida”


Tribuna da Bahia, Salvador
13/12/2019 06:40 | Atualizado há 8 dias, 4 horas e 3 minutos

   
Foto: Divulgação

Por: Cleusa Duarte


A Operação Verão da Marinha do Brasil, através da Capitania dos Portos (CPBA) inicia no próximo domingo (22) e encerra em 8 de março de 2020. Durante esse período cerca de 300 militares irão intensificar as ações de Inspeção Naval na Baia de Todos-os-Santos, no Litoral Norte e Baixo Sul da Bahia, com ênfase na segurança da navegação e na prevenção de acidentes com banhistas, atuando na orientação dos condutores e fiscalização de embarcações e motos aquáticas.

A Operação Verão acontece em conjunto com a campanha “Legal no Mar – Navegue com Segurança”, que este ano aborda o tema “Amazônia Azul - Mar limpo é vida”. A campanha, criada em 1996, consiste em um conjunto de ações educativas, relativas à segurança da navegação, à salvaguarda da vida humana no mar e à prevenção da poluição do meio ambiente hídrico causado por embarcação.

“Temos casa na Ilha de Itaparica e costumamos passar a passagem do ano lá na praia da Penha. É uma segurança saber que neste período a região estará com a segurança redobrada. Temos adolescentes e crianças e sem dúvida nos deixa mais tranquilos”, comenta a odontóloga Patrícia Cacalcanti.

A engenheira Heloisa Pimenta também tem casa na Ilha e costuma fazer a travessia neste período, “meus pais ficam lá e retornamos para trabalhar em Salvador. Sempre é bom saber desse apoio na fiscalização através da Marinha co ma Capitania dos Portos. Não temos embarcações, mas vizinhos do nosso condomínio possuem e essa intensificação só tem a acrescentar positivamente.”

Passageiros que são usuários da travessia acreditam que a Operação deixa a população com mais tranquilidade, “muitos turistas invadem a cidade e não conhecem direito a Baia. È bom fiscalizar, pois algumas vezes alugam equipamentos e conduzem pela região. Com a fiscalização fica mais fácil a orientação e evita acidentes,”, comenta Hamilton Conceição.

Em nota enviada a Redação da Tribuna da Bahia, a Capitania dos Portos enfatiza, “ incentivamos que a população colabore com a fiscalização. Ao observar irregularidade no mar, denuncie imediatamente à CPBA, informando, se possível, o nome da embarcação e seu número de inscrição (ambos visíveis no casco), o dia, a hora e o local. A CPBA disponibiliza o telefone (71) 3507-3777 para atendimento de denúncias e o whatsapp (71) 99968-7934 para envio de imagens que contribuam para o registro da infração e identificação da embarcação. As emergências marítimas são atendidas pelo telefone 185. Estes serviços encontram-se disponíveis 24 horas por dia.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas