Rui Costa retoma os trabalhos após período de repouso

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), retomou, ontem, os trabalhos após um período de repouso


Tribuna da Bahia, Salvador
22/01/2020 06:40 | Atualizado há 30 dias, 14 horas e 11 minutos

   
Foto: Camila Souza/GOVBA

Por: Rodrigo Daniel Silva


O governador da Bahia, Rui Costa (PT), retomou, ontem, os trabalhos após um período de repouso por causa da cirurgia para a retirada de nódulos na mama no dia 5 de janeiro. Segundo a Secretaria de Comunicação (Secom), Rui chegou à Governadoria, no Centro Administrativa da Bahia (CAB), em Salvador, por volta das 11 horas.

Nos primeiros dias, o chefe do Palácio de Ondina terá um "trabalho de leve" e deixará a Governadoria mais cedo. A Secom informou ainda que não há prazo para o governador retomar a agenda externa. A expectativa, no entanto, é que Rui Costa volte a ter agenda fora do gabinete antes do carnaval. Antes, o petista, porém, vai passar por uma avaliação médica, que recomendou 30 dias de repouso.

Por causa da cirurgia, Rui decidiu não participar da Lavagem do Bonfim na semana passada. Foi a segunda vez que o chefe do Palácio de Ondina não esteve celebração religiosa desde que assumiu o mandato em 2015. Naquele ano, Rui não foi à festa após ser diagnosticado com traqueobronquite.

“Como eu queria ir para a Lavagem do Bonfim... Insisti muito, mas não teve jeito: depois de passar por uma nova avaliação agora pela manhã, não consegui liberação médica. Mas tudo bem, vou acompanhar tudo de casa e assim que puder, irei ao Bonfim fazer minhas orações e agradecer. Pela saúde, pela família, pela vida e mais uma vez, por todo o carinho que tenho recebido de vocês. O importante é a fé que não falta nunca! Boa Lavagem pra quem vai a pé e pra quem, como eu, também vai estar lá em pensamento!”, escreveu Rui Costa, em suas redes sociais.

Processos

Três novos tipos de processos administrativos do Estado passam a tramitar exclusivamente pelo Sistema Eletrônico da Informação (SEI Bahia). Com isso, a quantidade de tipos de processos sistêmicos residuais tramitando eletronicamente subiu para um total de 288. A implantação do SEI Bahia no estado avança para extinguir o uso de papel na tramitação de processos, gerando economia, ganho ambiental e agilidade.

O advento dos três novos tipos de processos eletrônicos foi instituído pela Instrução Normativa número 004/2020, publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), no último dia 18 de janeiro. Passam a tramitar eletronicamente os processos para resolução, portaria e instrução normativa; anteprojeto de lei; e decreto. Todos no campo de Ato Normativo: Elaboração.

Os processos sistêmicos são aqueles adotados por todo Estado, comuns a todos os órgãos e entidades públicas estaduais. Também já estão tramitando via SEI Bahia 473 processos finalísticos, aqueles que são específicos de determinado órgãos. Em 2019, o SEI Bahia apresentou números consideráveis. Foram gerados 914.229 processos e 9.962.145 documentos. No mesmo período o sistema registrou 40.871 usuários e 7.284 fornecedores. Além disso, foram cadastrados 11.008 usuários de 70 órgãos diferentes.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas