Ibram: produção de minério em 2019 caiu, mas faturamento cresceu

Os dados foram divulgados hoje pelo Ibram

Tribuna da Bahia, Salvador
13/02/2020 06:40 | Atualizado há 17 dias, 18 horas e 11 minutos

   
Foto: Portal Brasil.gov.br / Ricardo Teles

Apesar dos impactos decorrentes da tragédia de Brumadinho (MG) ocorrida em janeiro de 2019, o faturamento do setor de mineração no Brasil cresceu 39,2% no ano passado. O salto foi de R$ 110,2 bilhões em 2018 para R$ 153,4 bilhões no ano passado. Os dados constam em balanço divulgado hoje (12) pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram), entidade que representa as maiores empresas do setor que atuam no país.

A produção de minério de ferro, no entanto, caiu. Os números oficiais de 2019 só devem ser conhecidos quando a Agência Nacional de Mineração (ANM) divulgar o Sumário Mineral, mas o Ibram estima que a queda foi de 8,8%. Segundo a entidade, a produção saiu de 450 milhões de toneladas em 2018 para cerca de 410 milhões de toneladas em 2019.

Flávio Ottoni Penido, diretor-presidente do Ibram, admitiu que a produção do setor foi impactada pelo rompimento da barragem em Brumadinho. A estrutura pertencia à Vale, uma das associadas ao Ibram. A tragédia, que deixou mais de 200 mortos, teve como consequência um pente-fino nas minas operadas por diversos empreendedores. Como resultado, dezenas delas foram paralisadas por decisões judiciais ou por determinações da Agência Nacional de Mineração (ANM).

"Quando houve o rompimento em Brumadinho, logo em seguida várias minas da Vale foram paralisadas. Algumas delas, até por decisão espontânea da mineradora. Embora uma parte da queda dessa produção tenha começado a ser suprida nas minas da Vale no Pará, esse processo não avança de um dia para o outro", disse Penido.

Se houve queda na produção de minério de ferro, por outro lado, houve aumento de 3,5% nos agregados de construção civil e de 17,4% no manganês. Esses índices contribuíram com o crescimento do faturamento do setor. Mas o desempenho das empresas também foi favorecido pela variação do preço do minério de ferro. Segundo Penido, a flutuação foi influenciada pela tragédia de Brumadinho. O valor médio da tonelada em 2018 no mercado internacional foi de US$ 69. Em 2019, ele saltou para US$ 93. Assim, apesar da queda na produção, as empresas faturaram mais.

"A partir do momento que houve a tragédia, houve um questionamento sobre a capacidade do setor para atender a demanda de minério de ferro apresentada pelo mercado de aço. E quando há incerteza, naturalmente os preços sobem. Logo após a tragédia, os preços subiram substancialmente chegando a valores até acima de US$ 100", lembrou Penido.

Para 2020, no entanto, ele prevê uma queda do preço, devido em parte à contínua acomodação do mercado em relação à tragédia, mas também influenciada pela redução de consumo da China. Segundo Penido, o fato de muitas barragens ainda estarem com as operações suspensas no Brasil não fará com que o valor se mantenha elevado. "Ainda temos minas paralisadas, mas a demanda já está suprida. Se houver uma retomada de consumo, o preço pode eventualmente subir. Mas essa não é a expectativa de hoje", disse o diretor-presidente do Ibram.

"É bom lembrar que o Brasil não é o único produtor de minério. O Brasil já demonstra sua capacidade de recuperação de produção. Mas se não tivesse essa capacidade, os concorrentes australianos, por exemplo, começariam a suprir as demandas. Existem capacidades instaladas em diversos países produtores. Nem sempre os países produtores estão operando a plena carga. Depende da demanda. Então, em janeiro de 2019, quando saiu da oferta 50 milhões de toneladas, não havia dúvida que o preço ia explodir. Mas o mercado se acomoda. A capacidade ociosa instalada passa a funcionar e a demanda começa a ser saciada. E aos poucos os preços tendem a cair", acrescentou.

A capacidade do setor de superar os prejuízos econômicos absorvidos após a tragédia de Brumadinho já havia sido indicada pelos balanços da Vale. Após apresentar saldos negativos nos dois primeiros trimestre, a mineradora compensou todas as perdas no terceiro trimestre ao registrar lucro líquido de R$6,5 bilhões. O balanço financeiro do quarto trimestre está previsto para ser divulgado no dia 20 deste mês.

No final do ano passado, a Vale anunciou que distribuirá R$ 7,25 bilhões aos seus acionistas, a título de Juros sobre Capital Próprio (JCP). O repasse desse montante dos investidores não tem data para ocorrer já que a política de remuneração da mineradora está suspensa por tempo indeterminado. Mas o valor divulgado gerou descontentamento entre os atingidos da tragédia, que organizaram manifestação para lembrar que os investimentos na reparação dos danos são inferiores. Segundo dados da Vale divulgados no final do mês passado, até o momento foram gastos R$ 2,8 bilhões com indenizações, doações e auxílios-emergenciais. Considerando outras medidas de reparação e despesas decorrentes da tragédia, já teriam sido desembolsados R$6 bilhões.

Exportações

O balanço do Ibram mostra ainda que a elevação do preço do minério de ferro no mercado internacional permitiu que as exportações, mesmo em volume inferior a 2018, tenham rendido mais em 2019. O setor mineral brasileiro registrou no ano passado uma alta de 9,73% no valor obtido com a exportação do produto. Em 2018, os negócios com países estrangeiros renderam US$ 20,21 bilhões. Já no ano passado foram US$ 22,18 bilhões. Em volume, no entanto, a exportação caiu 12,6% de 2018 para 2019.

O Brasil é o segundo maior exportador global de minério de ferro. Também ocupa a segunda posição no ranking de reservas. Debaixo do solo brasileiro há pelo menos 29 bilhões de toneladas. Esse número tende à crescer na medida que forem realizadas pesquisas em áreas ainda não estudadas. As maiores reservas atualmente estão nos estados de Minas Gerais e do Pará.

O Ibram também apresentou dados de exportação envolvendo outros minerais. O Brasil registrou alta de 27,73% nos valores obtidos com exportação de ouro e de 18,92% com manganês. Por outro lado, houve queda de 14,64% com o cobre. Em volume, o maior aumento foi registrado no manganês. Em 2018, foram 2,61 milhões de toneladas. Com uma alta de 45%, 2019 fechou com 3,79 milhões de toneladas. De outro lado, o volume de exportação de bauxita caiu 16,1%. Ao todo, as exportações minerais renderam US$ 32,5 bilhões em 2019. Trata-se de um crescimento de 8,49% na comparação com 2018.

Investimentos

O balanço mostra ainda que uma previsão de aumento dos investimentos do setor mineral brasileiro para os próximos cinco anos. Entre 2020 e 2024, o Ibram estima que serão aplicados US$ 32,5 bilhões. No período anterior, de 2019 a 2023, a estimativa é de 27,5 bilhões. Entre 2018 e 2022, previsa-se um investimento de US$19,5 bilhões.

"Isso demonstra uma forte recuperação do setor. A pesquisa mineral deve dar um salto a partir de 2020, revertendo uma queda que nós tivemos nos anos anteriores", afirmou Penido.

Segundo o Ibram, há um aumento do número de projetos divulgados pelas mineradoras, o que sinaliza uma confiança dos investidores brasileiros e estrangeiros de que haverá segurança jurídica para o avanço de empreendimentos de médio e de longo prazo.

Penido disse ainda que cerca de R$ 2,3 bilhões de investimentos adicionais deverão ser destinados para a segurança de barragens de rejeitos e para o descomissionamento e descaracterização de estruturas. Após a tragédia de Brumadinho, foi sancionada pelo governador mineiro Romeu Zema a Lei Estadual 23.291/2019, que instituiu a Política Estadual de Segurança de Barragens. Ela estabelece prazos para que o empreendedor responsável por barragem alteada a montante promova a descaracterização. Em âmbito nacional, a ANM editou uma resolução com determinação similar.

Outro dado reunido no balanço do Ibram revela um aumento expressivo de arrecadação da Compensação Financeira pela Exploração de Recursos Minerais (CFEM), tributo conhecido como o royalty do minério. Saiu de R$1,8 bilhão em 2017, passou para R$3 bilhões em 2018 e alcançou R$4,5 bilhões em 2019. A alta é influenciada pela Lei Federal 13.540/2017, que modificou a base de cálculo da CFEM. O tributo é distribuído entre as unidades federação e os municípios onde a atividade minerária ocorre e entre órgãos administrativos da União.

Compartilhe       

 




Notícias Relacionadas

ECONOMIA | 29/05/2020 13:39 - Há 1 dia, 11 horas e 12 minutos
Em dia de tombo do PIB, Guedes pede 'solidariedade' para retomada rápida da economia
IBGE divulgou nesta sexta (29) que PIB encolheu 1,5% no primeiro trimestre, devido aos efeitos iniciais da pandemia. Ministro disse que é 'cretino' quem ataca governo ao invés de ajudar

ECONOMIA | 27/05/2020 14:18 - Há 3 dias, 10 horas e 33 minutos
Compras com cartões crescem 14,1% no primeiro trimestre, diz Abecs
revisão é que setor de meios eletrônicos feche ano com saldo positivo

ECONOMIA | 27/05/2020 14:10 - Há 3 dias, 10 horas e 40 minutos
Artigo: É como se estivéssemos no mundo das sombras dele próprio
Por: Gerson Brasil

ECONOMIA | 26/05/2020 06:30 - Há 4 dias, 18 horas e 21 minutos
Petrobras prevê vender fatia na Braskem até início de 2021
De saída: para vender sua parte, Petrobras espera que Braskem migre para o Novo Mercado da Bolsa

ECONOMIA | 21/05/2020 06:30 - Há 9 dias, 18 horas e 21 minutos
Dificuldade de acesso a crédito emergencial piora cenário para empresas
O Sebrae aponta que cerca de 80% dos pequenos negócios não conseguiram nenhum tipo de crédito com os bancos


ECONOMIA | 19/05/2020 10:10 - Há 11 dias, 14 horas e 40 minutos
Para empresários, 'pandemia política' no Brasil atrasa retomada da economia
Sem ministro definido e um plano para enfrentamento da pandemia, surgem dúvidas sobre o ritmo da retomada da economia e quando investir

ECONOMIA | 18/05/2020 06:30 - Há 12 dias, 18 horas e 21 minutos
'Quem me conhece sabe que eu sou duro na queda', diz Guedes
Apesar dos sinais de que passa por um processo de "fritura", Guedes não parece convencido de que chegou a hora de deixar o governo

ECONOMIA | 15/05/2020 09:30 - Há 15 dias, 15 horas e 21 minutos
Caixa diz que 2ª parcela do auxílio emergencial sai na semana que vem
Anúncio foi feito durante transmissão ao vivo, ao lado do presidente Jair Bolsonaro. Banco passou duas semanas sem liberar parcela de R$ 600 a famílias mais afetadas pela pandem

Mais sobre

ECONOMIA | 14/05/2020 13:39 - Há 16 dias, 11 horas e 11 minutos
''Vai faltar dinheiro para pagar o servidor público'', diz Bolsonaro
O presidente ainda se dirigiu aos líderes estaduais pedindo que repensem as atitudes de enfrentamento ao vírus

ECONOMIA | 14/05/2020 09:30 - Há 16 dias, 15 horas e 21 minutos
Governo vê tombo recorde de 4,7% para PIB este ano e retorno a nível pré-crise só em 2022
Nas contas da Secretaria de Política Econômica, a recomposição para valores pré-crise, de dezembro de 2019, virá somente em 2022

ECONOMIA | 12/05/2020 12:38 - Há 18 dias, 12 horas e 12 minutos
Auxílio emergencial poderá durar mais que três meses, diz secretário
Benefício poderá ser mantido ou desmontado gradualmente

ECONOMIA | 10/05/2020 06:50 - Há 20 dias, 18 horas e 1 minuto
Guedes defende preocupação de Bolsonaro com a economia
O ministro disse que o Brasil é como um pássaro que vai precisar de duas asas para voltar a voar depois da crise: a asa da saúde e a asa da economia

ECONOMIA | 10/05/2020 06:50 - Há 20 dias, 18 horas e 1 minuto
Mega-Sena, concurso 2.260: ninguém acerta e prêmio acumula em R$ 90 milhões
Veja as dezenas sorteadas: 12 - 14 - 34 - 35 - 37 - 47

ECONOMIA | 05/05/2020 14:14 - Há 25 dias, 10 horas e 37 minutos
Benefício de preservação de emprego pode ser visto na carteira digital
Instrumento foi criado para reduzir efeitos da covid-19 na economia

ECONOMIA | 02/05/2020 06:50 - Há 28 dias, 18 horas e 1 minuto
Calendário da 2ª parcela do auxílio emergencial sai na próxima semana
A informação é do presidente da Caixa, Pedro Guimarães

ECONOMIA | 02/05/2020 06:50 - Há 28 dias, 18 horas e 1 minuto
Caixa: total de cadastros para auxílio emergencial de R$ 600 chega a 96,9 milhões
De acordo com o presidente da Caixa, 80% dos beneficiários foram até a agência sacar e apenas 20% fizeram transferência ou pagamentos digitais

ECONOMIA | 02/05/2020 06:50 - Há 28 dias, 18 horas e 1 minuto
Indústria de transformação é a que mais sofre com a pandemia
“É a indústria de transformação sim, a que mais sofre com o coronavírus. O setor industrial, assim como toda a economia, será afetado de uma forma geral pela pandemia", diz o presidente da FIEB Ricardo Alban

ECONOMIA | 30/04/2020 14:06 - Há 10 horas e 44 minutos
Guedes: corte de salários deve atingir 5 milhões de pessoas nesta quinta
A medida permitiu a alteração das regras trabalhistas por três meses, durante a pandemia de Covid-19

ECONOMIA | 29/04/2020 14:19 - Há 1 dia, 10 horas e 32 minutos
Ajuda a estados e municípios será de R$ 130 bilhões, diz Guedes
O ministro disse que esse dinheiro "não pode virar aumento de salário"

ECONOMIA | 27/04/2020 15:20 - Há 3 dias, 9 horas e 31 minutos
''Servidor não pode ficar em casa com a geladeira cheia, enquanto milhões perdem o emprego'', diz Guedes
Ministro da Economia voltou a defender o congelamento salarial do funcionalismo nesta segunda-feira

ECONOMIA | 22/04/2020 11:22 - Há 8 dias, 13 horas e 29 minutos
Receita: arrecadação de R$ 109,7 bilhões em março é a menor desde 2010
Queda é de 3,32%, informa a Receita Federal

ECONOMIA | 15/04/2020 17:01 - Há 15 dias, 7 horas e 50 minutos
Confiança do empresário industrial tem queda sem precedentes, revela CNI
O recuo, conforme a entidade, "traduz o cenário atual de forte contração na atividade e elevada incerteza em razão da pandemia da covid-19"

ECONOMIA | 14/04/2020 13:58 - Há 16 dias, 10 horas e 52 minutos
Covid-19: governo cria grupo para coordenar recuperação econômica
Grupo de trabalho terá duração de 90 dias

ECONOMIA | 14/04/2020 13:53 - Há 16 dias, 10 horas e 58 minutos
Especialista em Direito Previdenciário responde perguntas frequentes sobre o auxílio emergencial
A professora Anna Carla Fracalossi da Faculdade Baiana de Direito e Gestão responde 15 perguntas mais frequentes para ajudar o usuário a conhecer todos os seus direitos sobre esse pagamento

ECONOMIA | 13/04/2020 09:50 - Há 17 dias, 15 horas e 1 minuto
Receita regulariza 11 milhões de CPFs com pendências eleitorais
Ter CPF regular é pré-requisito para receber auxílio emergencial

ECONOMIA | 12/04/2020 11:20 - Há 18 dias, 13 horas e 31 minutos
Guedes oferece R$ 40 bi para barrar pauta ‘bomba’
O governo vai encaminhar aos líderes dos partidos da Câmara e do Senado uma proposta de acordo para transferir até R$ 40 bilhões de recursos diretos para Estados e municípios enfrentarem a covid-19

ECONOMIA | 11/04/2020 07:00 - Há 19 dias, 17 horas e 51 minutos
Coronavírus pode levar 500 milhões de pessoas para a pobreza
Alerta é da Oxfam, entidade da sociedade civil que atua em 90 países

ECONOMIA | 10/04/2020 11:00 - Há 20 dias, 13 horas e 51 minutos
Em março, IBGE estima crescimento de 5% da produção de grãos na Bahia para 2020
As informações, divulgadas ontem (9), foram sistematizadas e analisadas pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan)

ECONOMIA | 09/04/2020 13:48 - Há 21 dias, 11 horas e 3 minutos
Receita regulariza CPFs com pendências para pagamento de auxílio
Serão regularizadas pendências eleitorais

ECONOMIA | 08/04/2020 14:33 - Há 22 dias, 10 horas e 18 minutos
Campos Neto: BC está preparado para fazer atuação maior no câmbio
"Há uma política para evitar excessos e alinhar o câmbio", afirma

ECONOMIA | 08/04/2020 09:53 - Há 22 dias, 14 horas e 58 minutos
Governo publica MP que autoriza novos saques do FGTS a partir de junho
Saques de até R$ 1.045 de contas ativas e inativas ocorrerão entre 15 de junho e 31 de dezembro. Medida tem validade imediata, mas precisa de aprovação do Congresso

ECONOMIA | 07/04/2020 13:11 - Há 23 dias, 11 horas e 39 minutos
É hora de tomar risco e fazer coisas para dinheiro chegar na ponta, diz Mansueto
O secretário participou de uma live organizada pelos jornais O Globo e Valor Econômico, da qual participam também a empresária do Magazine Luiza e a economista e consultora Zeina Latif

ECONOMIA | 07/04/2020 13:08 - Há 23 dias, 11 horas e 43 minutos
Pagamento de R$ 600 a trabalhadores informais deve começar na quinta-feira, diz governo
Primeiros a receber deverão ser os que estão no Cadastro Único, não recebem Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal. Quem não está inscrito precisa fazer isso via aplicativo de celular ou site

ECONOMIA | 07/04/2020 06:30 - Há 23 dias, 18 horas e 21 minutos
Braskem registra Ebitda de R$ 5,9 bilhões e geração líquida de caixa de R$ 3 bi em 2019
A Braskem mostrou resiliência diante do ciclo de baixa no cenário petroquímico global e fechou o ano de 2019 com Ebitda recorrente de R$ 5,9 bilhões

ECONOMIA | 06/04/2020 15:00 - Há 24 dias, 9 horas e 51 minutos
Crédito para folha de pagamento já está disponível nos bancos
Programa foi regulamentado hoje (6) pelo Conselho Monetário Nacional

ECONOMIA | 06/04/2020 06:30 - Há 24 dias, 18 horas e 21 minutos
Guedes reconhece que dinheiro está empoçado nos bancos e sinaliza mais medidas
Em videoconferência na tarde do sábado, 4, com representantes do setor de varejo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, admitiu que os recursos estão "empoçados no sistema financeiro"

ECONOMIA | 06/04/2020 06:30 - Há 24 dias, 18 horas e 21 minutos
Paulo Guedes afirma que governo "mudou eixo da economia"
Orçamento destinado à assistência social superou verbas de ministérios

ECONOMIA | 30/03/2020 14:52 - Há 9 horas e 59 minutos
Contribuintes já entregaram mais de 8,1 milhões de declarações do IRPF
De acordo com a Receita Federal, o prazo final é 30 de abril