Rui Costa aciona PGE para adotar medidas contra Kannário: 'É inaceitável o desrespeito'

Procuradoria Geral do Estado considerou o fato "gravíssimo"


Tribuna da Bahia, Salvador
25/02/2020 13:54 | Atualizado há 4 dias, 22 horas e 51 minutos

   
Foto: Romildo de Jesus / Tribuna da Bahia

O governador da Bahia, Rui Costa (PT) acionou a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para que o órgão adote as medidas legais após as acusações do cantor Igor Kannário contra a Polícia Militar (PM).

A PGE vai entrar com uma representação junto ao Ministério Público da Bahia para que adote, no âmbito de sua competência, ações que entender cabíveis em relação às declarações do cantor ontem (24), no circuito Osmar (Campo Grande).

Em nota, o governo afirmou que "o também deputado federal agrediu e provocou publicamente a Polícia Militar da Bahia durante desfile em trio sem cordas patrocinado pela Prefeitura de Salvador".

A Procuradoria Geral do Estado considerou o fato "gravíssimo", por atentar contra a ordem pública, no uso de um trio elétrico patrocinado pelo erário municipal. O órgão estadual também estuda a adoção de outras medidas em relação ao caso.

“É inaceitável o ato público de desrespeito e agressão contra a Polícia Militar da Bahia registrado ontem no Campo Grande. Acionei a Procuradoria Geral para que o Estado formalize uma representação junto ao Ministério Público da Bahia a respeito deste fato. Medidas cabíveis que estiverem no âmbito do MP precisam ser tomadas em respeito à PM e em defesa da honra de pais e mães de família que fazem parte da corporação”, afirmou o governador, em publicação no Twitter.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas