Foliões que moraram dentro do Carnaval tatuam trio elétrico na pele

Os amigos viveram durante seis dias na Casa Skol, no circuito Dodô/Barra-Ondina


Tribuna da Bahia, Salvador
26/02/2020 01:15 | Atualizado há 13 dias, 4 horas e 43 minutos

   
Foto: Gabriel Magalhães / Divulgação

A primeira vez de Lincoln Medeiros, 26, no Carnaval de Salvador será inesquecível. Ele e os amigos Anderson Lira, Guto Maracajá e Ricardo Fercondini encontraram uma forma perfeita para eternizar a experiência. Após seis dias morando na Casa Skol, montada em um trio elétrico, o grupo marcou o braço com uma tatuagem que simboliza a moradia.

“Esse foi o meu carnaval. Nós passamos dias incríveis aqui. Amanhã com certeza a gente vai embora morrendo de saudade e chorando de alegria. Realmente aqui é o melhor Carnaval do mundo”, garantiu o natalense Lincoln. O jovem participou da promoção #MorarNoCarnaval, nas redes sociais da cerveja Skol e realizou o sonho de viver dentro do circuito Barra-Ondina, um dos principais locais para curtir a festa em Salvador.

Casa Skol

Pela primeira vez no Carnaval de Salvador, a Skol recebeu quatro amigos para terem uma experiência de imersão dentro da festa. Localizada ao lado do Camarote Skol Puro Malte e montada dentro da estrutura de um trio elétrico, a Casa Skol possui quartos, sala, cozinha, banheiro e varanda direcionada para a avenida. Durante os seis dias, os convidados aproveitaram a energia única da festa em Salvador, acompanhados de muita Skol Puro Malte, a cerveja leve que fez os meninos voarem no Carnaval.

Compartilhe       

 





 

Notícias Relacionadas